RedeGN - Espaço do Leitor

Outros Destaques

Política

Espaço do Leitor

Artigo: Tarcísio encantou-se?

Foto: Em pé: Tarcísio, Lael e Baixinho (Adelson). Sentados: Didigo, Cicinho, Alcides e Vavá.

Era o tempo da jovem guarda... do iê-iê-iê. Eu era menino e Tarcísio já tocava no Conjunto musical “Os Geniais” – que marcou época em Ouricuri. Ele foi o nosso primeiro contato com a figura e a mística do artista que lança moda e descortina as sensações de novas tendências...

Juazeiro: Leitora denuncia falta de água no Parque Residencial

Geraldo José moro na avenida Engenheiro Manoel Borges, bairro Parque Residencial em Juazeiro, o qual se encontra sem abastecimento de água suficiente, apenas na torneira de baixo. Estamos nessa situação há dois meses, comprando água mineral ou pedindo a alguém.

Em outras ocasiões ja ficamos até 7 dias sem uma gota de água pra nada. Já entrei em contato com o Saae diversas vezes, mas nada foi resolvido, apenas me disseram que nada pode ser feito pois a pressão da água nessa área é fraca e que precisaria ampliar a rede, porém essa situação é frequente é tanto que alguns moradores tiveram que instalar bomba para puxar água para caixa...

Artigo: A Constituição Federal é contra a privatização do setor nuclear

O nuclear está em alta no atual governo brasileiro, desde que o almirante Bento Junior se tornou ministro de Minas e Energia, apoiado por um "lobby" persistente e decidido, e que tem setores militares como "sócio" majoritário.

Enquanto no mundo o número de reatores nucleares em operação diminui, segundo o Relatório Anual da Indústria Nuclear no Mundo (2020), o país planeja investir centenas de bilhões de reais na expansão das usinas nucleares, conhecidas como "chaleiras atômicas".  Mesmo declarado "país falido", sem recursos, diante de investimentos grandiosos e prioritários para uma necessária recuperação econômica e sanitária, os nucleopatas insistem, sorrateiramente, em gastar "nosso rico dinheirinho" para atender unicamente seus interesses econômicos particulares...

Artigo: Queremos trabalhar! Setor de bares e restaurantes luta pela retomada de empregos com segurança

O setor de bares e restaurantes foi duramente penalizado durante a pandemia, e desde então vem travando uma grande luta para a sobrevivência de seus negócios.

No artigo abaixo, o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de São Paulo e região, Rubens Fernandes da Silva, comenta sobre as estratégias adotadas pelo setor e suas reivindicações...

Artigo - Covid: Mortes de norte a sul, leste a oeste!

Por mais que haja empenho de boa parte da população em aceitar a complexidade do momento, a realidade se torna cada vez mais difícil de ser absorvida. E um dos fatores mais preponderantes e que contribui negativamente para que não se alcance uma mais razoável compreensão dessa gravidade, é a enorme diversidade conceitual sobre o Vírus COVID-19 e seus muitos protocolos em circulação nos diversos órgãos de imprensa, tanto por posições assumidas pelos seus editores, como por manifestações médicas divergentes por parte de muitos profissionais da área. Ora, é evidente que esses conflitos criam enorme angústia e desesperança!

Outro fator que afeta fundamentalmente o sentimento de confiança e crença de que tudo isso vai passar, esbarra na chocante falta de prioridades objetivas no combate ao COVID-19, desde o início...

Artigo: Luís Alberto Dourado passou pelas nossas vidas e pela vida do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco como um cometa

É  isso mesmo. Luís Alberto Dourado passou pelas nossas vidas e pela vida do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco como um cometa. Veio rápido, irradiando uma luz de muito brilho e um calor humano intenso. Além de ter deixado, agora, um rastro comprido de muita saudade.

Nosso embaixador de Morro do Chapéu e sua voz trovejante farão muita falta em todas as nossas reuniões, do interior da Bahia até os mais distantes rincões das terras e das águas franciscanas. Não veremos mais aquela figura de grande porte, inundando de ideias, de propostas, de temáticas nossos encontros, do café coletivo da manhã até às madrugadas quentes em que as polêmicas da gestão hídrica porventura venham dominar nossas pautas plenárias...

Fonte: CBHSF

Artigo: Vacinas de Vento

A mídia noticiou recentemente casos das chamadas “vacinas de vento” ocorrendo no País e envolvendo a vacinação de pessoas idosas, grupo que mais morre na pandemia. O Conselho Federal de Enfermagem recebeu 12 denúncias sendo seis em São Paulo, três no Rio de Janeiro, duas em Goiás e uma em Alagoas.

As “vacinas de vento” constituem uma simulação de vacinação sendo que a seringa não contém o imunizante, na verdade está vazia, contendo apenas ar. Assim, a pessoa idosa não recebeu a vacina embora tenha sido picada e tenha acreditado ter sido imunizada. Após denúncia, a Polícia e o Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro iniciaram investigações. Os profissionais envolvidos foram afastados de suas funções e os idosos envolvidos foram devidamente vacinados posteriormente, segundo informado pelas autoridades de saúde...

José Sarney: o homem e a palavra

A qualidade da obra de José Sarney é atestada entre outras medalhas pelo seu ingresso nas Academias de Letras do Maranhão e do Brasil e pela receptividade às múltiplas edições dos seus livros aqui e no exterior que o distinguem como festejado autor literário.

Do mesmo modo, sua trajetória destacada em três fases do percurso da nação faz dele um tipo raro de ator político que em grande medida foi também “autor”, várias vezes decisivo, do roteiro dos acontecimentos desses tempos, ajudando a escrever páginas marcantes da história do país...

Artigo: Quando começa, de verdade, uma gestão pública? 

É muito cedo para emitir opinião ou fazer uma avaliação de uma gestão com apenas 60 dias do seu início. Ledo engano. Os detentores de cargos eletivos no Executivo ou no Legislativo, seja em nível nacional, estadual e municipal são passíveis de críticas, sejam elas construtivas ou não, desde o primeiro dia de mandato, sim. O comportamento do executor e do legislador já pode ser observado desde o 'arriar das malas', ou seja, no momento em que se oficializa a função. 

Como diz o ditado popular, 'é preciso mostrar para que veio logo no começo, pois amanhã pode ser muito tarde'. É compreensível as dificuldades encontradas pelos novos representantes, principalmente para os prefeitos de primeira viagem. Conhecer a máquina, o seu funcionamento e aprender a conduzi-la podem levar dias e até meses, mas não justifica insistir no discurso de que encontrou apenas bagunça e os 'cofres' vazios. Assim como outras desculpas, proferidas desde quando a terra era quadrada, condicionar determinadas dificuldades ao passado é repetir e se igualar àquele ou aquilo que considera falho. ..

Artigo - Os pilares da vida urbana no pós-pandemia

*Por Paulo Hansted

 Na indústria das smart cities, conceito urbano que tem sido utilizado com frequência nos últimos anos para diretrizes urbanas focadas em sustentabilidade e funcionalidade, há um ramo focado na interatividade nos grandes centros urbanos. Cidades interativas que propõe uma relação ainda mais próxima com a sua população. Enquanto o conceito smart cities diz respeito à tecnologia aplicada à infraestrutura (trânsito, energia, construções mais sustentáveis, segurança, entre outros), as cidades interativas focam na relação das pessoas com o espaço urbano, colocando o ser humano em primeiro lugar...

Artigo - Prós e contras da autonomia do Banco Central

Surgiu um grande debate nos últimos dias por conta da votação sobre a autonomia do Banco Central. Essa autonomia já vem sendo pensada há algum tempo, mas agora foi votada. A ideia central, segundo defensores, é “blindar” o BACEN de ser capturado pelos interesses governamentais.

Além disso, para os defensores, essa autonomia é fundamental para melhorar o investimento externo e a percepção do que é feito dentro do Brasil, pois, pode ajudar a controlar a inflação. Entretanto, esse argumento pode ser questionável já que, independente se o BACEN tiver uma atuação mais ou menos conservadora, não significa necessariamente que não irá prejudicar os trabalhadores, as políticas de emprego e renda e crédito mais acessível.  Isso ocorre uma vez que, o que é bom para o mercado financeiro, não necessariamente será bom para o restante da população...

Artigo: Juazeiro não aprende com erros na pandemia

É notório e perceptível o crescimento dos casos de covid-19 aqui na região após o afrouxamento das medidas sanitárias neste segundo ano de pandemia, volta e meia ficamos sabendo de alguma pessoa próxima ao nosso ciclo que veio a falecer por causa da doença, esse é um sinal de alerta mais uma vez, estamos com a média de mortes acima de 1.000 pessoas por dia no Brasil e hoje com uma capacidade de leitos beirando aos 80% e aumentando na região.

Existem vários fatores sociais, econômicos e culturais do nosso povo para que esses casos voltem aos valores do ano passado e com um agravante que é a nova variante que circula hoje no estado da Bahia, o que se ver são ônibus superlotados, bares desrespeitando a lotação máxima, lotéricas sem distanciamento, supermercados com lotações inadequados, pequenos estabelecimentos de bairros com zero medidas de prevenção, o que estamos fazendo de errado mais uma vez? TUDO...

Leitor chama à atenção dos deputados votados em Juazeiro: Emendas para a Travessia Urbana só até primeiro de março

Termina em 01 de março o prazo para inclusão de emendas ao orçamento da União, portanto, caso a nova administração de Juazeiro queira ver concluída a travessia urbana da cidade, está na hora de procurar os deputados federais que têm votos em Juazeiro (os juazeirenses teimam em não saber eleger os seus), para providenciar, URGENTEMENTE, a inclusão de nova emenda para dotação de verbas para a conclusão dessa tão importante obra para nossa cidade.

Em contato com a Ouvidoria do DNIT, em Brasília, fui informado de que o órgão não tem previsão para a execução da obra, em função da ausência de emenda e designação de verba para a mesma...

Leitor questiona serviço de requalificação da Avenida Adolfo Viana. Prefeitura responde

Leitor questiona serviço de requalificação da Avenida Adolfo Viana. Confira:

Eu venho aqui para que o SAAE ou a SESP possa nos explicar sobre o serviço de requalificação da Avenida Adolfo Viana. Eu vi que na reforma das calçadas estão colocando as saídas dos canos para fora, ou seja, para a rua. Não deveriam estar ligando na rede? Certo ou errado?..

Moradora pede recuperação da iluminação no bairro Jardim Flórida

A comerciante Vandeiza enviou um vídeo à redação da RedeGN denunciando a escuridão na rua Floriano Peixoto, conhecida como rua 08, bairro Jardim Flórida, que coloca a população em risco por conta dos assaltos.

Proprietária do Hot Dog House, Vandeiza explica que fica impossibilitada de trabalhar no período noturno dada a escuridão. Ela pediu com urgência providências por parte do Departamento de Iluminação da Secretaria de Serviços Públicos...

Artigo - Por operação conjunta das forças policiais na descida da ponte em Juazeiro

Frente ao decreto do governo da Bahia que instituiu TOQUE DE RECOLHER na grande maioria das cidades baianas, incluindo Juazeiro, devido ao alastramento do número de casos de COVID 19, venho, sugerir às autoridades policiais (Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Polícia Rodoviária Federal), e à municipalidade, assim como ao Ministério Público Estadual (que possa dialogar com as demais instituições citadas), que realizem operação conjunta, fechando a primeira rampa de descida da ponte Presidente Dutra, vindo de Petrolina para Juazeiro, e realizem operação a partir das 22 horas, logo na descida da segunda rampa, nas imediações do posto de gasolina e supermercado, para fiscalizar os motoristas que possam estar dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, já que as cidades são vizinhas e os moradores de Juazeiro podem tranquilamente ir para bares e outros lugares de possível aglomeração e transmitirem o vírus para seus familiares e outras pessoas em seus trabalhos e sociedade em geral.

Além da questão da fiscalização dos motoristas sob efeito do álcool (que seria uma forma de detectar que o motorista e demais passageiros dos veículos não estejam retornando do trabalho ou de outras situações que justifiquem suas saídas de casa em horário posterior às 22 horas ou na madrugada), sugiro DECRETO MUNICIPAL, para dar sustentabilidade legal a estas operações policiais, tornando também a ação em BARREIRA SANITÁRIA, providenciada pelo município...

Foto Guarda Municipal da PMJ

Artigo – Não é hora de brincadeira, excelência!

Depois do deleite favorecido pelos encantos do Luar do Sertão, crônica da última semana, volto a circular pelos tortuosos meandros do mundo político, cujo comportamento de muitos dos seus principais agentes está revestido de inverdades e hipocrisias, que maculam a confiança e a credibilidade que deveriam repassar ao povo brasileiro. Mas, diante desse espectro dominante de tal mundo, uma postura de repúdio tem de ser concreta e efetiva, principalmente se buscarmos inspiração no belíssimo pensamento do Rev. Martin Luther King, in memoriam: “O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons”. Essa é, realmente, a preocupação de todos nós!

É profunda a reflexão que a frase sugere, visto que não deve preocupar, jamais, o grito dos opositores de fato e que foram derrotados nas urnas – não significa dizer que são todos “maus” –, porque, divergir e se opor no campo político, são características inerentes ao processo democrático. O que surpreende e inquieta é “o silêncio dos bons”, que se empolgam e se influenciam por uma mídia de redes sociais voltada à construção de uma falsa imagem de “mito”, vindo a padecer de uma cegueira onde excessos e omissões não são considerados...

Artigo - Periferia, geometria, geografia e Juazeiro da Bahia.

Eu tenho certeza que quando você viu essa imagem a primeira coisa que pensou foi: É um círculo.

De fato, essa é a definição geral da imagem, mas existem vários conceitos e termos que se aplicam sobre o círculo, entre eles o nome que se dá para esta linha preta, periferia...

Juazeiro pelo poeta e professor Edi Santana

Com objetivo de valorizar a cidade em que reside a leitora Helena encaminhou à redação da RedeGN um vídeo onde o poeta e professor Edi Santana faz um reconhecimento e valorização a vários e ilustres juazeirenses.

O blog entrou em contato com o autor professor Edi Santana, um dos parceiros e colunista deste noticioso, que automaticamente autorizou a veiculação do poema “Juazeiro”. Confira o vídeo:..

Artigo: Arma não é brinquedo

Nunca fui um entusiasta e provavelmente jamais serei da liberação de armas para a população, porque tenho em mente que as mesmas são instrumentos de força para as forças de segurança. Apenas isso, e somente isso.

As armas são instrumentos para matar, e quem as adquire naturalmente sabe que elas serão utilizadas algum dia, pois elas não são simples brinquedos ou peças de decoração de casas chiques...

Espaço Leitor