RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 945 registros para a palavra: pesquisa

Univasf lança III Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão

De 18 a 21 de outubro a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) realiza no campus Juazeiro, a terceira Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (III Scientex). O evento promovido conjuntamente pelas pró-reitorias de Ensino; de Integração, e de Pesquisa e Pós-graduação agrega a V Mostra de Integração, que expõe neste ano 45 trabalhos; a V Jornada de Iniciação Científica, reunindo 182 projetos de pesquisa, e o I Seminário de Assistência Estudantil, que faz a sua estreia na Scientex com debates acerca do tema, orientados através de Grupos de Trabalho, mesa redonda, conferência e palestra. A conferência será proferida pelo assistente social e professor da UFPB, Marcelo Sitcovsky, sobre o tema ‘Assistência social ou assistencialismo’ que acontece no dia 18, às 19h, no auditório principal do Complexo Multieventos. No dia seguinte, o psicólogo clínico, Irajá D'almeida Lins Neto fala sobre ‘Identidade e Diversidade’.

No dia 19, às 19h, o auditório principal do Complexo Multieventos também será palco para a palestra ‘Efetivação da indissociabilidade nas práticas acadêmicas e a curricularização das ações de pesquisa e extensão’, proferida pelo pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da UFPE, professor Anísio Brasileiro de Freitas Dourado. Outras atividades que compõem a III Scientex são o I Encontro das Ligas Acadêmicas da Univasf, a I Mostra Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) e a Reunião do Fórum Baiano de Pró-reitorias de Extensão. O evento engloba ainda ações promovidas pelos colegiados acadêmicos em conjunto com a Pró-reitoria de Ensino (Proen), com a realização de minicursos e oficinas. A programação completa está disponível no endereço www.scientex.univasf.edu.br.

De acordo com o Serviço de Apoio Pedagógico (SAP/Proen), as vagas para oficinas e minicursos já foram preenchidas antes do encerramento do prazo de inscrições, estando aberta a participação nas demais atividades que serão promovidas e que não necessitam de inscrição prévia. Considerado um dos principais eventos acadêmicos da Univasf, a Scientex vem se consolidando junto aos seus públicos. Para o professor Jackson Guedes, da Comissão Organizadora, o evento tem contribuído para enriquecer a formação dos estudantes. “É uma oportunidade de discussão nas diversas áreas do conhecimento. Chamo a atenção também para as apresentações dos trabalhos científicos, pois as pesquisas que são desenvolvidas na Univasf hoje têm reconhecimento nacional e os resultados mais importantes estarão sendo apresentados”, disse o professor. “É importante valorizar e prestigiar os trabalhos que são desenvolvidos na nossa instituição”, destacou Jackson Guedes. ..

Pesquisa da CNT/Sensus aponta empate técnico entre Dilma e Serra

Pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transportes) aponta empate técnico entre a candidata do PT, Dilma Rousseff, e o tucano José Serra, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (14). A petista obteve 46,8% das intenções, contra 42,7% de Serra. Como a margem de erro é 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, o resultado aponta empate técnico entre os dois candidatos. Votos brancos e nulos somaram 4%, e o percentual entre os que não responderam e os que não sabem 6,6%.

Considerando os votos válidos (que excluem nulos e brancos), Dilma tem 52,3% contra 47,7% de Serra. A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de outubro, e entrevistou 2.000 eleitores em 24 Estados, com sorteio aleatório de 136 municípios. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 35.560/270 no dia 8 de outubro. Na pesquisa espontânea, na qual os candidatos não são identificados para os entrevistados, Dilma aparece com 44,5% e Serra com 40,4%. Os demais nomes citados pontuaram 0,3%. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda foi citado com 0,3%. Os votos brancos e nulos registraram 4% e os que não sabem e não responderam totalizam 10,6%...

Pesquisa do Datafolha aponta Dilma sete pontos acima de Serra

A primeira pesquisa de intenções de voto realizada durante o segundo turno da campanha presidencial mostra a candidata do PT, Dilma Rousseff, com vantagem de sete pontos porcentuais sobre o seu adversário na disputa, José Serra (PSDB). O mais recente levantamento realizado pelo Datafolha, a ser divulgado pelo jornal "Folha de S. Paulo" deste domingo, mostra a petista com 48% das intenções de voto, enquanto o tucano figura com 41%.

A última mostra do instituto, divulgada no dia 2, apontava Dilma com 52% e Serra com 40% em um cenário de segundo turno. A pesquisa foi encomendada pela Rede Globo e pela Folha de S. Paulo. O porcentual de votos brancos e nulos somou 4% e o dos eleitores que não sabem ou não responderam em quem vão votar ficou em 7%. A pesquisa Datafolha foi realizada no dia 8 de outubro e ouviu 3.265 eleitores em 201 cidades. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo número 35.114/2010...

Votos de Marina vão migrar para Serra, segundo pesquisa

Segundo a coluna Radar, da revista Veja, uma pesquisa nacional encomendada pelo Bradesco, que foi concluída nesta quinta-feira (7) diz que que 47% dos eleitores da candidata verde Marina Silva (PV) migraram para o candidato do PSDB José Serra. A petista Dilma Rousseff (22%) está com 22% dos votos da terceira colocada na eleição presidencial. No geral, a petista venceria com 55% dos votos e o tucano 45%. ..

“Há uma onda pró-Armando”, avalia coordenador de pesquisa do Diario

 

A exemplo das pesquisas Datafolha e Ibope divulgadas na noite de ontem, o levantamento realizado pelo instituto Diario Data Associados que circula neste domingo eleitoral, no Diario de Pernambuco, consolida os candidatos ao Senado pela Frente Popular, Humberto Costa (PT), com 39%dos votos válidos, e Armando Monteiro (PTB), com 32%, como os favoritos na disputa. 

O coordenador da pesquisa do Diario, Adriano Cerqueira, ressalta no jornal que há uma onda pró-Armando, verificada a partir da evolução da candidatura do petebista desde o início da campanha. Na primeira pesquisa publicada pelo Diario, dia 16 de agosto, por exemplo, Armando apareceu com 16% das intenções de voto, ainda em terceiro lugar. No levantamento divulgado em 19 de setembro, o candidato já ocupa o segundo lugar, com 32%, uma evolução de 16 pontos percentuais. Hoje, ele tem 32% dos votos válidos e o terceiro colocado, Marco Maciel (DEM), 20%. ..

Pesquisa aponta Khoury como melhor representante para Juazeiro

Segundo pesquisa do Site Rádio Juazeiro Web, realizada nos dez últimos dias, que teve a coordenação do radialista Adalberto Cadidé Mariano, Jorge Khoury é, na opinião dos internautas, o político que melhor representa Juazeiro. Na pesquisa, que contabilizou uma amostragem de 622 pessoas, Khoury lidera em primeira posição com 21,30% da credibilidade dos eleitores. A fonte é WWW.radiojuazeiroweb.com.br ..

Ministério Público pede impugnação de Collor por suposta fraude em pesquisa

O MPE (Ministério Público Eleitoral) pediu nesta terça-feira (28) a cassação do registro da candidatura de Fernando Collor de Mello (PTB) ao governo do Estado de Alagoas, sob alegação da prática de “abuso de poder econômico” e “utilização indevida de meios de comunicação social consistente na realização de pesquisa eleitoral fraudulenta”. A ação pede ainda a inelegibilidade do senador pelo prazo de oito anos.

A pesquisa foi feita pelo Gape (Gazeta Pesquisa) e divulgada pelo jornal "Gazeta de Alagoas", ambos da OAM (Organização Arnon de Mello), de propriedade da família Collor. Para o MPE, houve fraude na escolha da representação dos eleitores entrevistados, a fim de beneficiar o ex-presidente da República. A ação é resultado das investigações de um inquérito civil público, instaurado para analisar a disparidade entre os resultados das pesquisas do Gape e do Ibope, divulgadas no dia 24 de agosto...

CENSO: 79% JÁ RESPONDERAM A PESQUISA

Desde o dia 1º de agosto que 190 mil pesquisadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estão nas ruas para que brasileiros respondam o questionário do Censo 2010. Desde então já foram 56,6 milhões de domicílios visitados, o que resulta em 79% da população nacional, ou cerca de 151,4 milhões de pessoas.  Até o dia 31 de outubro, data de encerramento das pesquisas, os recenseadores ainda vão visitar 58 milhões de domicílios nos 5.565 mil municípios brasileiros. ..

Heraldo Rocha: Pesquisa não é ultrassonografia

“Pesquisa eleitoral não é ultrassonografia”, afirma o deputado estadual Heraldo Rocha (DEM). Médico com especialização em pediatria, o líder da oposição na Assembléia Legislativa observa que, com o advento da ultrassonografia tornou-se possível antecipar o sexo do bebê antes do parto, mas as pesquisas não conseguem revelar com antecedência os resultados das urnas.

“Embora tenha muita gente querendo cantar vitória antes da hora, o fato é que são freqüentes os erros nas pesquisas eleitorais. Afinal, qual delas indicou com antecedência a vitória de Jaques Wagner no primeiro turno em 2006 e a presença de João Henrique no segundo turno do pleito municipal em 2008?”, indaga o deputado democrata.  ..

Ibope diz que Geddel cresceu, mas ele duvida e questiona: "você ainda acredita em pesquisas?"

Essa é a pergunta que o candidato ao Governo da Bahia pelo PMDB, Geddel Vieira Lima, faz aos eleitores baianos. "Desde as últimas eleições para governador que não dá para acreditar em pesquisas". E é esta a afirmação contida na propaganda eleitoral exibida no guia eleitoral do ex-aliado de Dilma Rousseff (PT) , certamente, um tiro no pé do postulante, já que neste sábado (25), o instituto Ibope indica que seu adversário Paulo Souto (DEM) caiu nas pesquisas de intenção de voto, empatando com ele, que cresceu e chegou a 15% da preferência do eleitorado.  Ou não. Afinal, há que se considerar que, se por um lado o Ibope aponta que o ex-ministro empatou com o democrata carlista, por outro também indica que o governador e candidato à reeleição, Jaques Wagner (PT), aumentou a vantagem em relação a eles e tem 52% das intenções de voto. Luiz Bassuma (PV) aparece com 2% e Carlos Nascimento (PSTU) com 1%. Pelos números Geddel, realmente, ainda tem motivos de sobra para duvidar das pesquisas eleitorais. ..

Marina sobe e Dilma cai, segundo pesquisa do Datafolha

“Começou a derrota da arrogância de quem achava que o jogo já estava ganho antes mesmo de terminar”, afiirmou o deputado federal e líder da bancada do Partido Verde na Câmara, Edson Duarte,  comentando sobre a última pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada nesta quarta-feira (22) pelo Jornal Nacional, da Rede Globo.

A enquete aponta queda nos índices da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, que viu sua vantagem para o rival do PSDB, José Serra, cair de 24 para 21 pontos. Já a candidata do Partido Verde na disputa, Marina Silva, subiu de 11% para 13%. Uma mudança de 5 pontos percentuais em uma semana...

Dilma: "Geddel está mal nas pesquisas, meu apoio é a Jaques Wagner"

A candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff, em entrevista coletiva no final da tarde desta terça-feira (21), no Farol da Barra, em Salvador, descartou qualquer apoio a outro candidato que não seja o governador Jaques Wagner, que concorre à reeleição. "Neste momento eu tenho apoio claro a Jaques Wagner", afirmou a candidata. Ante a insistência dos jornalistas quanto ao outro candidato de sua base, Dilma declarou: "Geddel está mal nas pesquisas, eu apoio claramente Jaques", esclarecendo inclusive que a disputa agora é entre os dois concorrentes melhor posicionados nos levantamentos de intenção de votos.

Dilma Rousseff veio a Salvador para a gravação de uma cena do seu último programa eleitoral, ambientada no Farol da Barra. E falou do que fará na Bahia, à frente do governo federal. "Meu principal compromisso na Bahia é com a ferrovia Oeste-Leste", declarou, acrescentando que, em um primeiro momento, será construído o trecho Ilhéus/Barreiras, estendendo depois até Tocantins, onde se integrará com a ferrovia Norte-Sul.

No setor de infraestrutura, Dilma disse que vai concluir a Ferrovia Transnordestina, visando ao desenvolvimento da região. Falou ainda que vai investir no setor de construção naval, "aproveitando a vocação do Nordeste para a construção de estaleiros", concluiu. Do farol da Barra, antes de embarcar de volta a Brasília, ela visitou o Palácio de Ondina, onde se encontrou com a primeira dama Fátima Mendonça e o governador Jaques Wagner. ..

Nova pesquisa confirma virada de Armando Monteiro

Sondagem realizada pelo instituto Diario Data Associados, publicada na edição deste domingo (19) do Diario de Pernambuco, mostra que Armando Monteiro (PTB) está com 32% das intenções de voto, enquanto Marco Maciel (DEM) tem 25%. Em relação a última rodada do instituto, divulgada dia 15 de agosto, Armando cresceu 16 pontos percentuais (tinha 16%) e Maciel caiu 9 pontos (tinha 34%). O candidato do PT da Frente Popular, Humberto Costa, está em primeiro, com 45%. 

No link abaixo, veja os números para o governo estadual, que mostram o crescimento da candidatura de Eduardo Campos ..

DILMA FAVORECEU FIRMA DE PESQUISA, DIZ TCE

De acordo com auditorias do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS), feitas na gestão de Dilma Rousseff (PT) na Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande do Sul e na Federação de Economia e Estatística, entre 1991 e 2002, houve favorecimento a uma empresa gaúcha que hoje recebe R$ 5 milhões. Em 1992, os auditores constataram que a fundação presidida por Dilma favoreceu a Meta Instituto de Pesquisas, segundo eles criada seis meses antes para vencer um contrato de R$ 1,8 milhão (valor corrigido). A empresa gaúcha foi a única a participar da concorrência devido à complexidade e falta de publicidade do edital. Segundo a auditoria, a negociação entre a empresa e o órgão do governo foi sigilosa e nem sequer constou em ata os termos negociados: "Conclui-se que as irregularidades cometidas no decorrer do procedimento licitatório vieram a favorecer a empresa Meta", diz o parecer.  Em 2008, a Meta venceu uma concorrência de R$ 5 milhões da Secretaria de Comunicação da Presidência para fazer pesquisa sobre os programas sociais do governo. Acionado por uma concorrente, o Tribunal de Contas da União chegou a suspender o contrato, liberado em 2009. A suspeita foi de direcionamento do edital. Informações da Folha. ..

Pesquisa do IBGE desmente resultados do Água para Todos

 

O candidato ao governo estadual pela coligação “A Bahia Merece Mais”, Paulo Souto, anuncia mais uma farsa do governo estadual, revelada pela Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar (PNAD), realizada pelo IBGE. Depois do Topa, a pesquisa do IBGE desmente também outro programa símbolo da administração Jaques Wagner: o Água para Todos.

Com base na pesquisa oficial, Paulo Souto mostra a verdade sobre o Água para Todos. “O governo faz propaganda, dizendo que o programa beneficiou com o abastecimento de água 2,5 milhões de pessoas, mas o IBGE novamente apresenta um resultado bem inferior ao da propaganda governamental. Segundo o IBGE, apenas 700 mil baianos, menos de um terço do divulgado, foram beneficiados pelo Água para Todos”, diz, prometendo acionar a Justiça contra a contumaz propaganda enganosa do governo...

Tem mais gente votando no interior do que na capital, segundo pesquisa

De acordo com dados do cadastro eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições que serão realizadas no próximo daia 03 de outubro, houve uma considerável migração do eleitorado das capitais para o interior do país.

O número de eleitores nas capitais teve uma redução de 31.026.275 para 30.566.956 apurados este ano. Já no interior houve um acréscimo de  99.445.801 para 105.037.085 eleitores.

Dados do IBGE direcionam um crescimento da população do país, saindo de 189.612.814 habitantes, nas eleições de 2008 para 193.252.604 pessoas em 2010. O instituto ainda diz que esse aumento registrado corresponde ao avanço populacional nos 5.567 municípios brasileiros...

EDSON DUARTE ACREDITA NA INFORMAÇÃO PARA CRESCER NAS PESQUISAS

 

O candidato a senador da Bahia pelo PV Edson Duarte depois de intensa maratona no feriadão por várias regiões do Estado, concedeu entrevista ao programa “De olho nas eleições” da Rádio Juazeiro, oportunidade em que externou as dificuldades que vem enfrentando para alavancar nas pesquisas de opinião pública.

Edson explicou que a eleição para o Senado é extremamente diferente de todas as outras que disputou para vereador, deputado estadual e para a Câmara Federal, mas nem por isso menos importante. “A recepção tem sido tão boa nos municípios que tenho visitado, mesmo naqueles em que os prefeitos são de correntes políticas contrárias, que às vezes me surpreendo por que ainda não pontuei um pouco mais nas pesquisas eleitorais”...

Pesquisa do IBGE desmascara TOPA

“A última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo IBGE, acaba de revelar a verdade sobre o TOPA, um dos principais programas do governo Jaques Wagner”, afirmou o candidato ao governo estadual pela coligação “A Bahia Merece Mais” (DEM/PSDB), Paulo Souto, em Paulo Afonso, onde fez carreata ao lado dos postulantes ao Senado Federal Aleluia e José Ronaldo, na tarde desta quarta-feira (08/09). Centenas de carros e motos seguiram a chapa democrata pelas ruas da cidade. 

Segundo Souto, bem diferente dos resultados divulgados pela propaganda do governo, de que o TOPA alfabetizou mais de 500 mil pessoas no estado entre 2007 e 2009, a pesquisa do IBGE informa que, no mesmo período, apenas 86 mil baianos foram alfabetizados na Bahia. “Será que o atual governo vai continuar insistindo na mentira mesmo depois dessa pesquisa feita por um órgão do governo federal?”, indaga Souto. O candidato democrata enfatiza a necessidade de se saber a verdade sobre o que realmente está acontecendo na Bahia nos últimos tempos. “A descoberta da mentira do TOPA pela pesquisa do IBGE é mais uma prova de que esse governo se sustenta em bases podres. A mentira se repetindo incessantemente na tentativa de virar verdade”...

PESQUISAS INDICAM UM SENADO FAVORÁVEL A DILMA

Caso eleita, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, não enfrentará o mesmo problema que teve seu antecessor, o presidente Lula, em conseguir a maioria no Senado Federal. Está em formação uma onda governista, mas não petista, na eleição para o Senado. Nas 54 vagas em disputa, a maioria dos favoritos está alinhada à Dilma em detrimento do seu concorrente direto, José Serra (PSDB). Segundo pesquisas disponíveis, há 66 candidatos em primeiro e segundo lugar na corrida pelas 54 cadeiras de senador. O Senado tem 81 cadeiras, mas 27 senadores têm ainda mandato até 2015. Entre os 66 favoritos, 42 se declaram pró-Dilma e só 22 apoiam Serra. Quando se consideram apenas os candidatos que estão em primeiro lugar, Dilma tem 20 nomes a seu favor. Serra conta com 6. Apesar da ampla adesão à petista, seu partido não deve fazer uma bancada muito maior em relação à atual. O PT tem no momento oito cadeiras no Senado. Em tese, pode ir a 16. Mas a direção partidária espera chegar a 12. Informações da Folha. ..

Edson Duarte diz que pesquisa para o Senado o estimula

“Longe de desanimar, os resultados mostram que há um grande espaço aberto para o crescimento da nossa candidatura”. O comentário é do deputado federal Edson Duarte, candidato a senador da Bahia pelo Partido Verde, acerca da pesquisa A Tarde/Vox Populi sobre a Eleição para o Senado divulgada no final de semana. Segundo o líder da bancada federal do PV, o fato da enquete apontar que 76% dos eleitores baianos estão indecisos com relação ao segundo voto para o Senado e 71% não sabem em quem vão votar para senador na pesquisa espontânea, mostra uma indefinição muito grande com relação ao pleito.

“A eleição está em aberto. E temos certeza que nosso nome é visto muito favoravelmente por parcela significativa do eleitorado, tanto à esquerda quanto à direita, no que se refere ao segundo voto. Daí, vamos redobrar nossos esforços junto à militância e prefeitos aliados para conquistar o voto dos indecisos”, comentou Duarte. Ele disse esperar conquistar o eleitorado com as propostas inovadoras do PV nas áreas de Clima e Meio Ambiente, Governança Sustentável, Segurança Humana, Educação Integral, Melhoria de Condições de Vida, Combate à Desertificação entre outros. ..