RedeGN - Escola estadual desaba em Itamotinga por falta de cuidados do governo, denuncia leitor

Escola estadual desaba em Itamotinga por falta de cuidados do governo, denuncia leitor

Em amail encaminhado à redação da redeGN, o leitor Thomas Almeida, denunciou o abandono de um prédio escolar de responabilidade do Governo do estado, em Itamotinga, que, em função da falta de cuidados, desdabou no ultimo final de semana: " a indagação que fica é: Qual o motivo  que o governo do estado não investe nas  comunidades do interior?", escreveu.

Confira a nota:

"Um prédio no distrito de Itamotinga que foi  abandonado pelo governo do estado da Bahia, acabou desmoronando nessa noite de sábado (16/10/2021), a defesa Civil já foi comunicada. Esse local que durante décadas funcionou a escola do distrito, foi esquecido, desativado, trazendo perdas irreparáveis para a educação  dos moradores da  comunidade.

Atualmente, o ensino médio estadual funciona no prédio emprestado pelo município. Prédio esse que meses atrás eu relatei aqui no rede GN sobre a sua real situação.

O colégio Lomanto Júnior- Extensão, localizado no distrito de Itamotinga, não oferece qualidade para os alunos, devido a falta de estrutura. Deixando bem claro que o corpo de professores e direção não tem culpa disso. A  situação precária que o mesmo se encontra, causa evasão dos alunos, não traz rendimento  e nem motivação para aqueles que estão na luta do ensino médio, fase importante para o  futuro dos que sonham com o ensino superior.

Naquela carta aberta questionei o motivo do governador anunciar que  Juazeiro receberia  mais de 200 milhões do governo do estado para investir na educação, sendo que essa verba não seria destinada para nenhuma escola do interior do município.
Essa semana o governador anunciou mais 300 milhões para investir na educação  estadual de Salvador.

E a indagação que fica é: Qual o motivo  que o governo do estado não investe nas  comunidades do interior?

Exemplo claro é esse aqui em Itamotinga, por qual  motivo não aproveitam esse espaço abandonado que é do próprio estado, realizam uma revitalização e devolvem o ensino medio para lá, entregando um colégio maior, digno, que vai promover um ensino de mais qualidade, motivando os alunos sonharem com dias melhores e investirem em seu futuro, futuro esse que depende de uma boa educação.

Encerro esse desabafo,  afirmando que o interior segue esquecido, após aquela carta aberta, funcionários do estado fizeram uma vistoria no atual colégio, tiraram fotos, mas o erro foi não olhar para o prédio ao lado, o que foi desativado e hoje desmoronou, nele se encontra uma pauta importante, a revitalização. Só assim os Itamotinguenses receberiam de volta a esperança de uma educação de qualidade, como nas décadas passadas" finalizou.

Na imagem destaque para a escola antes e situação atual.