RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 16 registros para a palavra: tsunami

Brasil não corre risco de tsunami causado por vulcão, dizem especialistas

Se você viu a palavra "tsunami" associada a Brasil nas redes sociais e, logicamente, ficou preocupado, pode se tranquilizar. São remotas as chances, segundo especialistas ouvidos pela reportagem, de que a erupção de um vulcão nas ilhas Canárias cause uma onda gigante na costa brasileira.

A atividade sísmica associada ao vulcão Cumbre Vieja, na ilha La Palma, nas ilhas Canárias, que pertencem à Espanha, gerou um alerta local para a possibilidade de erupção...

Erupção em vulcão na África acende alerta para risco de tsunami na Bahia; entenda

O nível de alerta para a possibilidade de um vulcão entrar em erupção e causar um tsunami que afetaria o Brasil, a Bahia e outras localidades foi elevado por autoridades espanholas. De acordo com reportagem do portal Uol, caso entre em erupção, o vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, na costa do continente africano poderia provocar um tsunami que atingiria todas as Américas, com maior impacto sobre os litorais das regiões Norte e Nordeste.

A informação da elevação de nível do vulcão foi dada pelo portal MetSul Meteorologia e confirmada pela reportagem...

Artigo – Uma gafe e um tsunami político

Foram tão significativos e relevantes os principais fatos políticos da semana, que não me contive em fazer uma breve reflexão sobre ambos. E pela ordem sequencial das fotos da ilustração, o leitor já identifica no primeiro quadro acima, a imagem que bem caracteriza a falsidade de uma política governamental de combate ao coronavírus.

A comitiva oficial composta de 10 membros, representando três Ministérios - num avião da FAB -, está aí alinhada para a foto oficial, antes de decolar para Israel, com a finalidade de lá discutir o intercâmbio de tecnologias ligadas ao combate da pandemia, incluindo o spray nasal israelense EXO-CD24. O contraponto é terem saído do Brasil sem máscara, e lá chegando, todos já estavam enquadrados dentro dos protocolos rígidos dos países desenvolvidos. Aqui, comportamento desigual, anormal e desprezível!..

Bolsonaro: 'temos alguns problemas; talvez tenhamos tsunami na semana que vem'

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 10, que seu governo enfrenta alguns problemas devido à forma como ele escolheu governar, sem permitir que sejam feitas indicações políticas para a composição da estrutura de seu governo. Ele disse, ainda, que poderá enfrentar "um tsunami na semana que vem", mas não explicou o que poderia ser. O presidente participou do evento "Nação Caixa" nesta manhã, em Brasília, e falou brevemente a gestores da Caixa Econômica Federal. "A imagem distorcida da Caixa era em função disso. Cada partido tinha uma presidência, uma vice-presidência. Não tinha como dar certo. Escolhi nossos ministros por critério técnico, todos têm liberdade para decidir", afirmou. 

O presidente contou que fez apenas duas indicações para o seu governo: o do secretário da Pesca, Jorge Seif Junior, e "um jovenzinho" para a Apex. "Se por ventura eu indicar alguém, falei para os ministros, eles têm poder de veto. O que eu quero deles, na ponta da linha, é produtividade. Tem que atender o fim a quem se destina a instituição. E assim estamos governando. Alguns problemas? Sim, talvez tenha um tsunami na semana que vem. Mas a gente vence esse obstáculo com toda certeza. Somos humanos, alguns erram, uns erros são imperdoáveis, outros não", comentou...

“Ninguém nos diz se estamos fora de perigo”: o tsunami que ninguém detectou

Assim que terminou o serviço do jantar, Aja Asmaja, um dos garçons do Hotel Condominium Carita Beach, decidiu sair para fumar um cigarro em uma das varandas do complexo, um edifício de cinco andares com vista invejável do estreito de Sonda. A noite estava clara e a lua iluminava o mar. Uma pequena onda atingiu a escada em que ele estava sentado e molhou sua sandália, o que o levou a desviar a vista do celular para o horizonte. "Então eu vi ao longe a maior onda que já tinha visto se aproximando do hotel... Comecei a gritar como um louco: tsunami, tsunami!, e todos os clientes e funcionários do hotel subiram até o último andar". Cinco minutos depois, aquela onda atingiu o prédio, um dos maiores da praia de Carita (Indonésia), e deixou todo o piso térreo em pedaços.

As equipes de resgate vasculharam este hotel apenas uma vez porque ninguém morreu ali, graças em grande parte ao aviso de Asmaja, de 34 anos. Mas ele mesmo reconhece que sua sorte foi apenas isso: sorte. Ninguém nesta costa oeste da ilha indonésia de Java tinha ideia de que a cerca de 50 quilômetros de distância a atividade vulcânica do Anak Krakatoa iria desencadear um tsunami que causaria a morte, até o momento, de 429 pessoas. Cerca de 1.400 ficaram feridas e outras 154 continuam desaparecidas...

Indonésia diz que número de vítimas do tsunami subirá

O número de mortos pelo tsunami ocorrido na noite de sábado (22) na Indonésia subiu para 429, com 1.459 feridos, informou a Agência Nacional de Gestão de Desastres na madrugada desta terça-feira (25). Contudo, de acordo com o órgão, o número de vítimas poderá ser ainda maior já que as buscas ainda continuam em localidades que não receberam assistência. "O número de vítimas e de feridos continuará aumentando", afirmou o chefe da agência, Sutopo Purwo Nugroho, que também informou que 128 pessoas estão desaparecidas. A contagem do domingo (23) registrava 222 mortos. 

Centenas de edifícios foram danificados pela onda gigante, que atingiu praias do sul da ilha de Sumatra e do extremo oeste de Java às 21h30 (12h30 de Brasília) de sábado. O tsunami foi provocado pela erupção do vulcão que é considerado o "filho" do lendário Krakatoa, o Anak Krakatoa, segundo Nugroho. As equipes de emergência mantêm os trabalhos para procurar sobreviventes entre os escombros. Os especialistas advertem para o risco de novas ondas em consequência da atividade vulcânica. ..

Tsunami deixa pelo menos 168 mortos e quase 750 feridos na Indonésia

Um tsunami matou pelo menos 168 pessoas, feriu mais de 745 e deixou 30 pessoas desaparecidas no Estreito de Sunda, na Indonésia, neste sábado (22), de acordo com autoridades locais. Foram atingidas praias no sul da Ilha de Sumatra e na parte ocidental da Ilha de Java por volta das 21h30 (12h30 em Brasília). Deslizamentos de terra subaquáticos após a erupção do vulcão Krakatoa são apontados como possível causa. Em comunicado, Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da agência nacional de gestão de desastres, informou que dezenas de construções foram afetadas pelas ondas gigantes. Segundo ele, dezenas de edifícios sofreram danos e foram sentidos tremores leves após a chegada das ondas.

Nugroho acrescentou ainda que a lua cheia teria potencializado o fenômeno. Ele considerou raro o tsunami ter sido provocado por erupção, e não por um terremoto. Como a atividade sísmica foi leve, não foi emitido um alerta. A agência aponta deslizamentos de terra subaquáticos após a erupção do vulcão Anak Krakatoa como possível causa do tsunami. No Twitter, Nugroho postou um vídeo que mostra o impacto na região, com ruas alagadas e carros danificados – o tsunami chegou horas depois da erupção. Na mensagem, ele alertou que a contagem de vítimas deve aumentar. As mortes foram registradas em três regiões: Pandeglang, Lampung do Sul e Serang. A área é frequentada por turistas...

Forte terremoto atinge a Indonésia; há alerta de tsunami

Um forte terremoto atingiu a costa norte da ilha de Lombok, na Indonésia, neste domingo (5). De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor foi de magnitude 7 na escala Richter e ocorreu a 10,5 km de profundidade e a 2km de Loloan. Segundo a Reuters, a agência meteorológica da Indonésia emitiu alerta de tsunami. Até o momento, não há registros sobre vítimas ou estragos.

Vale lembrar que no sábado retrasado, dia 28 de julho, o mesmo local foi atingido por um terremoto de magnitude 6,4. Ao menos 16 pessoas morreram. Por conta de sua localização, no "Anel de Fogo do Oceano Pacífico, a Indonésia é propensa a terremotos. Em dezembro de 2004, um terremoto de magnitude 9,1 na costa de Sumatra provocou um tsunami que matou 230 mil pessoas em vários países...

Terremoto de 8.2 atinge Alasca e gera alerta de tsunami

Um terremoto de 8.2 graus na escala Richter atingiu o Alasca, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (23), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). O movimento gerou um alerta de tsunami para toda a costa. 

De acordo com o G1, o epicentro foi registrado a 256 km ao sul de Chianiak e possui 10 km de profundidade. As regiões afetadas pelo alerta de tsunami abrangem partes do Alasca, da Califórnia e a Baía de São Francisco, além do Canadá...

Terremoto de intensidade 6,1 atinge o Japão e desperta medo de tsunami

Um terremoto de magnitude 6.1 na escala Ritcher, de acordo com informações do Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos (USGS), despertou a costa do Japão nesta quarta-feira (20). Quando o fenômeno foi sentido em Kamaishi, cidade localizada na região de Sanriku, era 0h37 desta quinta-feira (21), no país - 13h37 na hora de Brasília.
 
Sanriku fica a Noroeste da ilha de Honshu e a cerca de 321 km de Fukushima. Kamaishi é um região que foi devastada por um terremoto de magnitude 9.0, seguido de tsunami. O tremor teve profundidade de 10 km, segundo o The Mirror. Ainda não há informações sobre feridos ou danos materiais. ..

ARTIGO – TSUNAMI À BRASILEIRA!

Sempre que uma tragédia ocorre pelo mundo, fruto de uma manifestação rebelde da natureza através dos terremotos, vulcões, furacões e tsunamis, os quais são portadores de destruição de cidades, dor e morte a milhares de pessoas, naturalmente que o sentimento de humanidade e solidariedade inerente à formação do brasileiro está sempre presente e se expressa de todas as formas. Mas, em paralelo à consternação geral, um outro espírito surge do íntimo de cada um revelando orgulho e felicidade, pelo fato de que “graças a Deus no Brasil não acontece isso”!

É verdade que até os dias atuais o Brasil tem sido um território de certa forma privilegiado, porque não há registros de catástrofes de grande dimensão, embora de vez em quando ondas mais fortes e violentas, além de chuvas de grande intensidade, tem trazido consequências e prejuízos em certas regiões brasileiras. Obviamente sem qualquer semelhança aos terremotos e tsunamis que nos últimos tempos atingiram a Ásia, Indonésia, Japão e a América do Norte (Nova Orleans, Luisiana-EUA)...

Tsunami Azul: Coligação "A Vez do Povo", de Pedro Oliveira, promove encontro histórico em Curaçá

Curaçá viveu, na noite do último sábado (17), um momento histórico na sua política. A coligação "A Vez do Povo", do candidato a prefeito Pedro Oliveira (PSC), realizou o primeiro "grande encontro" que envolveu a Sede e o Interior do Município. Um verdadeiro "Tsunami Azul" invadiu as principais ruas da cidade, mobilizando milhares de pessoas que acompanharam o "galope", como foi apelidado as "caminhadas do 20", até a Avenida Dr. Euvaldo Aquino, local onde aconteceu o comício, de frente ao Comitê Central. O evento contou com as presenças do candidato a vice-prefeito, Murilo Bomfim (PRB); de todos os candidatos ao cargo de vereador que apoiam Pedro Oliveira; do atual vice-prefeito de Curaçá, Rogério Bahia (PSDB); do prefeito de Juazeiro/BA, Isaac Carvalho (PCdoB); e do prefeito interino de Abaré/BA, Cícero Marinheiro (PMDB). O ex-vereador Anselmo Vital (PCdoB), o médico Djama José de Brito e diversos apoiadores também participaram do encontro...

Tsunami deixa ao menos 5 mortos nas Ilhas Salomão

Pelo menos cinco pessoas - quatro idosos e uma criança - morreram nesta quarta-feira por conta do tsunami que foi originado após um terremoto de 8 graus na escala Richter e destruiu várias aldeias nas Ilhas Salomão, no Pacífico Sul. O forte sismo foi registrado à 0h12 local (23h12 de Brasília), a cinco quilômetros de profundidade no mar na província de Santa Cruz, no sudeste das Ilhas Salomão, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

O tsunami, com ondas de 90 centímetros, destruiu três aldeias próximas a Lata, a capital provincial, que foi a área mais atingida pela catástrofe natural. O diretor do setor de enfermaria do hospital de Lata, Augustine Bilve, confirmou os cinco mortos à emissora neozelandesa 'TVNZ' e acrescentou que o centro médico está atendendo vários feridos. A mesma rede de televisão indicou que algumas informações indicam que há um número indeterminado de desaparecidos e que os serviços médicos locais se encontram na região para ajudar as vítimas...

Medeiros diz que o Loteamento Eldorado no Lomanto Junior parece que passou um tsunami

O vereador José Carlos Medeiros enviou nota ao blog informando em mais uma visita feita nos dias 02 e 03 de abril, diagnosticou, que, além dos vários problemas, os moradores do Lomanto Junior ainda esperam algum tipo de serviço ou obra do atual prefeito, porque o que já existe no bairro são realizações de administrações anteriores.

E, verificando que nem tudo são flores no bairro Lomanto Junior, o vereador Medeiros pôde constatar novamente o total abandono em que se encontra o Loteamento Eldorado, também parte do bairro. Conforme os moradores, “ali mais parece que passou um tsunami”. As ruas estão intrafegáveis, cheias de buracos, lama, lixo e muito mato. A área não dispõe de calçamento e a rede de iluminação não se ajusta às reais necessidades do loteamento. Além disso, há presença de focos de larvas do Aedes aegypti, conhecido como Mosquito da Dengue, em diversas partes do local, além da existência de denso matagal que põe em risco a segurança dos moradores...

Terremoto e tsunami já mataram mais de 500 no Japão, diz polícia

A Polícia do Japão elevou neste sábado (12) para 503 o número de mortos após o terremoto de magnitude 8,9 que abalou a coista nordeste do país na véspera, gerando um devastador tsunami, que varreu partes da costa da ilha de Honshu. Também há 704 desaparecidos e 1.040 feridos. Mais de 5 milhões de residência continuavam sem energia, e mais de um milhão, sem água potável. O número de vítimas, porém, ainda não é definitivo e pode, de acordo com estimativa do próprio governo, superar os mil mortos. O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, informou que 50 mil militares se dedicarão aos trabalhos de resgate nas províncias afetadas do nordeste do país.

Homem observa neste sábado (12) estragos provocados pelo tsunami em  Minami Souma, na província de Fukushima  (Foto: Reuters)
..

TSUNAMI PODE 'VARRER' ILHAS DO PACíFICO

Um forte terremoto, seguido de um tsunami, abalou o Japão na madrugada de hoje num dos maiores tremores dos últimos 140 anos. Com 8,9 graus na escala Richter, o terremoto na costa do País, em águas rasas (aproximadamente 24m), formando um tsunami com ondas de 10 metros de altura que invadiram cidades. Não se tem ainda um levantamento dos mortos. O Japão está paralisado com a tragédia, que pode repetir a que aconteceu nos países asiáticos e, segundo se informa, a Tailândia está entre os países que poderão sofrer maior impacto.

A Federação Internacional da Cruz Vermelha alerta para a possibilidade de grande desastres com o tsunami gerado pelo grande terremoto ocorrido nesta sexta-feira (11) na costa do Japão. Segundo o órgão, a onda poder "varrer" as ilhas do Pacífico. "Nossa grande preocupação é a região da Ásia e do Pacífico, onde países em desenvolvimento são muito mais vulnerários a esse tipo de desastre inesperado. O tsunami é uma grande ameaça", disse o porta-voz Paul Commeally em Genebra. "No momento, ele é maior que algumas ilhas e pode atingi-las em cheio", disse. As Filipinas ordenaram a retirada de milhares de cidadãos na costa oriental do terço norte do país pelo risco de um tsunami gerado no Japão atingir a região. Nova Zelândia, Taiwan e a ilha de Guam também emitiram alertas. Informações do G1...