RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 156 registros para a palavra: jair bolsonaro

Paulo Câmara subscreve Carta do Consórcio Nordeste repudiando a perseguição a gestores e invasão a hospitais

 

CARTA DOS GOVERNADORES DO NORDESTE..

Presidente Jair Bolsonaro marca presença numa manifestação em Brasília

Este domingo, dia 24, o presidente Jair Messias Bolsonaro marcou presença numa manifestação, a favor do governo, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Apesar de ter chegado ao local com máscara, Bolsonaro optou por retirá-la enquanto passava pela população, chegando mesmo a pegar em crianças ao colo, tal como é visível no vídeo que o chefe de Estado compartilhou no Facebook.

À imagem do presidente do Brasil, também outras pessoas no local se encontravam sem máscara. Atitude que contraria as orientações das autoridades de saúde do país...

Tá na Mídia: O vale tudo por seguidores nas redes sociais empobrece cada vez mais a política de conteúdo

A busca por audiência nas redes sociais tem provocado um vale tudo, onde o que menos vale é o conteúdo das mensagens.  Para alcançar o topo de clicks nas redes sociais, políticos tem se utilizado de todas as ferramentas e possibilidades para se sobressair na guerra por audiência, desprezando conteúdo ou ações propositivas em favor da sociedade.

Frases do tipo: “Repasse sem pena”, Espalhe essa mensagem urgente” e até aquela que diz “Nem precisa ler, repasse sem dó”, vão empobrecendo a discussão e manipulando eleitores e fabricando currais digitais...

Urgente: Governo federal libera uso da Cloroquina em casos menos graves, mas ressalva riscos do uso  

Em que pese estudos internacionais não encontraram eficácia no uso da cloroquina, o governo federal divulgou a pouco o protocolo para uso do medicamento no SUS inclusive para casos mais leves, mudando a indicação que recomendava somente para casos mais graves.

A mudança no protocolo era um desejo do presidente Jair Bolsonaro, defensor da cloroquina no tratamento da doença causada pelo novo coronavírus...

Em novo inquérito Polícia federal mantém versão do primeiro: Adélio foi o mentor e o executor do atentado 

A Polícia Federal concluíu, num segundo inquérito, que não houve mandantes para o ataque a faca contra o presidente Jair Bolsonaro, durante a eleição presidencial.

O ataque a faca contra Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora (MG), segundo a nova apuração, não tem mandante e foi feito por iniciativa do próprio Adélio Bispo de Oliveira, que foi autuado em flagrante e permanece preso num manicômio...

Bate e assopra: depois de atacar Maia, pela manhã, Bolsonaro tem encontro amistoso com o presidente da Câmara, à tarde

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu nesta tarde (14), no Palácio do Planalto, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), num encontro amistoso para tratarde assuntos relacionados à crise.

O encontro aconteceu depois que Bolsonaro, em uma videoconferência, com empresários, teceu críticas à condução de medidas provisórias pelo presidente da Câmara...

Lewandowski determinou que devem ser tornados públicos os exames feitos pelo presidente para testagem da Covid-19

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski determinou nesta quarta-feira (13) que devem ser tornados públicos os exames feitos pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para testagem da Covid-19.

Segundo o colunista Fausto Macedo, do Estadão, a decisão foi expedida após ação impetrada pelo jornal. “Determino a juntada aos autos eletrônicos de todos os laudos e documentos entregues pela União em meu Gabinete, aos quais se dará ampla publicidade”, decidiu Lewandowski...

Bolsonaro defendeu em reunião troca na Polícia Federal para evitar que familiares e aliados fossem "prejudicados"


Foto: Divulgação/ Marcos Corrêa/PR

 No vídeo da reunião do conselho de ministros do último dia 22 de abril, exibido nesta terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro defendeu trocas no comando da Polícia Federal do Rio para evitar que familiares e amigos seus fossem "prejudicados" por investigações em curso.

Segundo o relato de três fontes que assistiram ao vídeo, Bolsonaro disse que gostaria de substituir o superintendente da Polícia Federal do Rio de Janeiro e que demitiria até mesmo o então ministro da Justiça Sergio Moro caso não pudesse fazer isso. Ao deixar o cargo, Moro acusou o presidente de interferir politicamente na PF...

Bate cabeça: renomeado pela manhã para Funarte, Dante Mantovani é demitido no final da tarde

O maestro Dante Mantovani foi nomeado na manhã de hoje (5) como presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), em portaria assinada pelo Ministro ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto. 

A publicação no Diario Oficial da União repercutiu muito, já que o indicado, que havia comparado o rock ao satanismo, havia sido demitido em março deste ano do mesmo cargo, quando a atriz Regina Duarte assumiu a Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, optando pela indicação de Marcos Teixeira Campos,  um servidor de carreira da Funarte, para o lugar de Mantavani...

Entidades repudiam ataques à imprensa, no dia da liberdade de Imprensa!

No dia da liberdade de Imprensa, entidades reagiram aos ataques sofridos pela imprensa, que cobria atos antidemocráticos realizados em Brasília, neste domingo (3), que contaram com a presença do Presidente Jair Bolsonaro. 

Aglomerados em frente ao Palácio do Planalto, contrariando todas as recomendações dos organismos de saúde, inclusive do próprio Ministério, comandado agora por Nelson Teich, os manifestantes gritavam palavras de ordem pelo fim do distanciamento social, contra o Congresso Nacional, o STF e atacaram jornalistas de diversos veículos que cobriam o evento. ..

Eduardo Bolsonaro: 'Moro não era ministro, era espião'

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) classificou o ex-ministro da Justiça Sergio Moro como um “espião” em mensagem publicada no Twitter neste domingo (3).

O filho do presidente Jair Bolsonaro ironizou o depoimento, que se estendeu por mais de oito horas, prestado por Moro na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba neste sábado (2)...

"E daí a relação de amizade?", diz Bolsonaro sobre indicação à Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender, na manhã desta quinta-feira (30/4), a nomeação do delegado Alexandre Ramagem para a direção-geral da Polícia Federal, impedida por uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moares. “É uma pessoa competente. E daí a relação de amizade?”, questionou.

A decisão do ministro, tomada na quarta-feira (29/4), atendeu a um pedido apresentado pelo PDT. Em liminar, Moraes justificou falando sobre princípios de impessoalidade. “(...) o exame da legalidade, moralidade e impessoalidade, além do aspecto formal, compreende também a análise dos fatos levados em conta pelo Presidente da República ao realizar determinada nomeação”, traz o ministro na decisão...

Procurador Geral pede ao STF abertura de inquérito para investigar Jair Bolsonaro

O procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou, ao Supremo Tribunal Federal (STF) abertura de inquérito para investigar as declarações do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, que descreveu supostos crimes cometidos pelo presidente Jair Bolsonaro.

O documento foi enviado na tarde desta sexta-feira (24), ao Supremo, após Moro afirmar que Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal para acessar inquéritos sigilosos que correm na corporação. Além disso, de acordo com Moro, o presidente teme inquéritos que correm na suprema corte...

Presidente Jair Bolsonaro faz pronunciamento e nega acusações de Sérgio Moro. Assista o pronunciamento

O presidente Jair Bolsonaro faz pronunciamento neste momento no qual deve se defender das acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro durante pedido de demissão.

Por meio das redes sociais, Bolsonaro disse que "restabelecerá a verdade": "Hoje às 17h, em coletiva, restabelecerei a verdade sobre a demissão a pedido do Sr. Valeixo, bem como do Sr. Sergio Moro", escreveu...

Moro deixa ministério e faz revelações bombásticas contra interesses de Bolsonaro na Polícia Federal.

O Ministro Sérgio Moro, em entrevista coletiva que continua acontecendo nesta manhã de sexta-feira (24) confirmou sua saida do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Depois de fazer um resumo da sua atuação como juiz e elencar alguns casos importantes que julgou, incluindo, o de ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Moro comunicou o afastamento do cargo de Ministro do governo Jair Bolsonaro...

Bolsonaro acredita que há plano de Maia, Doria e STF contra ele, diz coluna

Foto: Marcos Corrêa/PR

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem dito a parlamentares que recebeu um dossiê com informações de inteligência, revelando que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e um setor do Supremo Tribunal Federal (STF) estariam tramando um plano para dar um golpe e tirá-lo do governo. Com base nessa tese, ele deu início a conversas com líderes de partidos...

Urgente: Mandetta é exonerado e não comanda mais o Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi exonerado da função de Ministro de Saúde. Ele foi chamado ao Palácio do Planalto na tarde desta quinta-feira (16) para se reunir com o presidente Jair Bolsonaro.

Mandetta chegou ao Palácio por volta das 15h45 no carro oficial do ministério. O agora ex ministro Mandetta informou a demissão pelas redes sociais...

Lula concede entrevista no rádio elogia governadores do Nordeste e diz que Brasil não merecia ter o presidente Jair Bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu entrevista na manhã desta quinta-feira-feira (16), a Rádio Metropole de Salvador, com retransmissão da Tropical Sat Fm, em Juazeiro, Bahia, e disse que apesar de democraticamente eleito, o Brasil não merecia ter um presidente como Jair Bolsonaro.

Lula também elogiou os governadores do Nordeste e ações para combater a proliferação do coronavírus. Na entrevista, Lula,  apontou que o atual Ministro Luiz Mandetta, "é conservador que só agora vestiu o colete do Sistema Único de Saúde" e entrincheirou Bolsonaro e juntos eram opositores ferrenho do Mais Médicos. Lula ainda destacou que as políticas de saúde estão em risco devido a orientação do atual governo que privilegia a iniciativa privada. "Armas, agrotóxicos e mudanças no trânsito, que ninguém mais fala e que colocam ainda mais vidas em risco"...

Bolsonaro fala em "resolver questão da Saúde para tocar o barco"

Os rumores de uma provável demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ganham cada vez mais força dentro do governo federal e nesta quarta-feira (15/4), o presidente Jair Bolsonaro admitiu a apoiadores que está fazendo a sua parte para dar um fim ao mal-estar gerado pelas divergências entre ele e Mandetta.

De acordo com o presidente, o “problema da Saúde” será resolvido e o país poderá “tocar o barco”. "Pessoal, estou fazendo a minha parte. Resolveremos a questão da Saúde no Brasil para tocar o barco", comentou o mandatário brasileiro nesta manhã, na saída do Palácio da Alvorada...

Secretário Wanderson de Oliveira, do Ministério da Saúde, pede demissão

Em meio às incertezas sobre a permanência do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Wanderson de Oliveira, pediu demissão na manhã desta quarta-feira, 15. A informação foi confirmada pelo Ministério.

Homem de confiança de Mandetta, ele era o responsável direto por desenhar as medidas de combate à pandemia de coronavírus e participava diariamente das coletivas de imprensa no Palácio do Planalto. Nas últimas semanas, vinha se queixando a colegas sobre o discurso do presidente Jair Bolsonaro contrário ao isolamento social mais amplo...