RedeGN - Rio São Francisco: Comportas do reservatório de Três Marias serão abertas a partir desta quarta-feira (12)

Rio São Francisco: Comportas do reservatório de Três Marias serão abertas a partir desta quarta-feira (12)

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou que a partir desta quarta-feira (12) iniciará a abertura das comportas da Usina Hidrelétrica de Três Marias. O processo será feito gradativamente. 

De acordo com a Cemig, a medida foi alinhada junto ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). 

A companhia também informou que a medida foi tomada porque Minas Gerais vem recebendo volumes significativos de chuva neste início de janeiro. “A ocorrência deste evento ao longo dos dias que seguiram ocasionou elevados volumes de chuva na maior parte da faixa central do estado. Na bacia do rio São Francisco foram observadas vazões elevadas em diversos rios afluentes, como o rio Pará, rio Paraopeba e rio das Velhas, ocorrendo inundações generalizadas em vários municípios”, explicou. 

A abertura deve ocorrer da seguinte maneira: Quarta-feira: abertura das comportas com 500 m³/s às 8h, totalizando 1.350 m³/s de defluência. Quinta-feira: ampliação do vertimento para 850 m³/s às 8h, totalizando 1.700 m³/s de defluência. Sexta-feira: ampliação do vertimento para 1.400 m³/s às 8h, totalizando 2.250 m³/s de defluência.

A Cemig esclareceu que a abertura das comportas, que não ocorria desde 2020, é uma medida que tem como objetivo controlar a subida do reservatório. A empresa disse ainda que “segue monitorando a condição de operação do reservatório e novas ampliações podem ser necessárias, conforme as afluências verificadas no reservatório nos próximos dias."

A companhia detalhou que foi preciso fazer a retirada de pessoas que vivem nas ilhas do Rio São Francisco em Pirapora, no Norte de Minas. 

“A Cemig permanece em contato com o IEPHA e SAAE de Pirapora, com o objetivo de atualizar as informações sobre a condição do rio São Francisco no município, de forma a avaliar eventuais impactos para a reforma do Vapor Benjamin Guimarães. Para o patamar de vazões que será liberado pela UHE Três Marias, é previsto que não ocorram impactos a este patrimônio histórico da região".

Ainda segundo a nota divulgada, a abertura das comportas pode provocar inundações nos municípios de São Romão, São Francisco e Januária.

Por fim, a Cemig destaca que o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) emite informes sobre o monitoramento do rio, os dados podem ser consultados pela internet.

Redação redeGN com informações Cemig jornal Estado de Minas Foto reprodução