RedeGN - “Criminalização da Cultura da Espada na Bahia” será debatida em audiência na Alba, nesta quinta (4)

“Criminalização da Cultura da Espada na Bahia” será debatida em audiência na Alba, nesta quinta (4)

Uma tradição no São João de municípios como Senhor do Bonfim, Cruz das Almas e Cachoeira, a Guerra de Espadas será o tema de uma audiência pública nesta quinta-feira (4), a partir das 14h, na Assembleia Legislativa da Bahia. Entre os objetivos do evento, está o debate sobre a sua regulamentação e a importância dessa cultura para as cidades envolvidas.

Proponente da audiência “Criminalização da Cultura da Espada no Estado da Bahia”, o deputado estadual Jacó (PT) estará presente na mesa de abertura ao lado do antropólogo Rodrigo Gomes Wanderley, dos professores Jânio Roque e Filipe Cezarinho, do presidente da Associação dos Espadeiros de Senhor do Bonfim, Darlan Valverde, e da espadeira Rosângela Silva.

Também convidados representantes do MP, PM, SESAB, juristas, o prefeito de Senhor do Bonfim, Laércio Júnior, e o vereador Pedro Melo, de Cruz das Almas.

No requerimento enviado à Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviços Públicos da Alba para a realização da audiência, Jacó explica que a discussão sobre a criminalização da cultura da espada é um tema relevante em virtude de ser esta uma atividade desenvolvida durante muito tempo e vir sendo tratada de forma judicializada, sem a devida escuta dos setores envolvidos.

“Nossa tradição não é crime e precisa ser preservada”, defende o espadeiro Darlan Valverde. Ele espera que a audiência avance no sentido de esclarecer sociedade e poder público de que a espada manipulada nas festas juninas não é material explosivo, mas sim artefato pirotécnico. “Queremos padronizar e regulamentar, como aconteceu com as vaquejadas”, completa.

A audiência “Criminalização da Cultura da Espada no Estado da Bahia” será realizada às 14h desta quinta-feira (4), de maneira híbrida. Interessados em participar poderão acessar a sala pelo aplicativo Zoom. Haverá também transmissão pela rede de canais da TV Alba.

Acesso Político