RedeGN - Vereadores batem boca durante sessão na Câmara de Petrolina: "O senhor não está fazendo papel de líder"

Vereadores batem boca durante sessão na Câmara de Petrolina: "O senhor não está fazendo papel de líder"

A sessão desta terça-feira (10) da Câmara de Vereadores de Petrolina-PE foi marcada por um bate boca entre os vereadores Capitão Alencar (Patriota) e Ronaldo Silva (DEM), membros da bancada de situação. O clima entre os dois vereadores vem esquentando desde quando Alencar propôs, em maio deste ano, a criação da Comissão Permanente de Segurança Pública, Trânsito e Mobilidade, o que desagradou Silva.

Na época da votação, houve uma orientação do líder da bancada governista para reprovar a matéria. “Vou pedir à bancada que esse projeto de resolução do Capitão Alencar, pedi que ele retirasse essa matéria, porque se cada categoria que tiver em Petrolina a gente tiver uma comissão, as comissões permanentes vão se esvaziar. A gente tem a de Comissão e Justiça, para ver se tem constitucionalidade ou não e abrange tudo isso“, argumentou Ronaldo Silva. Ainda assim, o Projeto de Resolução nº 004/2021 foi aprovado por 13 a 5.

Passados alguns meses, o líder da bancada governista solicitou o cancelamento da Comissão, presidida por Alencar, que mês passado deixou a mesa diretora da Câmara de Petrolina. Durante a sessão plenária desta terça, Alencar acusou o democrata de ser “líder de si mesmo”, apontando que o mesmo, além de tentar reverter as matérias para benefício próprio, vem tentando derrubar suas proposições.

“Primeiramente eu quero dizer que Vossa Excelência já pode pedir música no Fantástico. O senhor já perdeu a UVP para mim, já pediu a rejeição do projeto sobre a criação da Comissão de Segurança Pública, perdeu aqui nesse plenário, perdeu, e agora o senhor queria a presidência, o senhor não queria ir para a Comissão de Segurança não, e aqui eu trago a público, o senhor disse que queria a presidência”, disse Alencar. 

Ronaldo rebateu dizendo que o patriota não estava querendo ser liderado pelo grupo do prefeito Miguel Coelho e que, inclusive, o mesmo estava conversando com a bancada de situação da Casa Plínio Amorim, hoje em minoria. Alencar retrucou alegando que faltou humildade de Ronaldo Silva e desmentiu que pretende se tornar oposição a atual gestão.

“O senhor não está fazendo papel de líder. Respeito demais o prefeito Miguel Coelho e tenho atendido aos pedidos do nosso prefeito. Mas, quando Vossa Excelência puxa ‘sardinha’ para si mesmo, o senhor não está sendo líder de uma equipe. Está sendo líder de si mesmo”, concluiu.

O bate boca se estendeu e o presidente Aero Cruz (MDB), tentando apazigar a situação, pediu que os vereadores resolvessem essas questões internamente.

Da Redação RedeGN