RedeGN - Bolsonaro fala em "resolver questão da Saúde para tocar o barco"

Bolsonaro fala em "resolver questão da Saúde para tocar o barco"

Os rumores de uma provável demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ganham cada vez mais força dentro do governo federal e nesta quarta-feira (15/4), o presidente Jair Bolsonaro admitiu a apoiadores que está fazendo a sua parte para dar um fim ao mal-estar gerado pelas divergências entre ele e Mandetta.

De acordo com o presidente, o “problema da Saúde” será resolvido e o país poderá “tocar o barco”. "Pessoal, estou fazendo a minha parte. Resolveremos a questão da Saúde no Brasil para tocar o barco", comentou o mandatário brasileiro nesta manhã, na saída do Palácio da Alvorada.

Desde que o país passou a registrar ocorrências de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, no fim de fevereiro, Bolsonaro e Mandetta entraram em conflito pela necessidade de isolamento social e fechamento de comércios como medida de prevenção contra o micro-organismo. Enquanto o ministro da Saúde sempre pregou que pessoas de todas as idades deveriam respeitar as quarentenas impostas por alguns estados e municípios, o presidente rebateu que apenas idosos deveriam permanecer confinados.

Desde então, Bolsonaro tornou pública a sua insatisfação com Mandetta. Chegou a dizer que “faltava humildade” ao ministro e que ele deveria “ouvir mais o presidente da República”. Por outro lado, Mandetta também desabafou. No último domingo (12/4), em entrevista ao Fantástico, disse que esperava uma “fala unificada” do Executivo federal e reclamou que o brasileiro “não sabe se escuta o ministro ou o presidente” no enfrentamento à crise.

Foto: Reprodução TV