RedeGN - Imprimir Matéria

Prefeitura de Petrolina e COMPESA realizam limpeza e manutenção nas ‘bocas de lobo’

06 de May / 2015 às 17h00 | Informativos

A secretaria de infraestrutura e meio ambiente do município -  SEIMA esteve durante todo o dia avaliando as "bocas de lobos" e "lagoas de estabilização" dos bairros Morada Nova e Chafariz. Tendo em vista o contrato firmado entre as instituições e entre outras atribuições compete a COMPESA planejar e implementar a manutenção de distribuição de água e coleta de esgoto, e avisar ao município as localidades onde precisar remover calçamento para que o mesmo possa ser restituído.  

O atendimento ao público para os casos de entupimento se faz rigorosamente pelo 0800-0810-185 da COMPESA que consta em toda conta de água, e relatar o fato, porém, e apesar de alguns bairros não entrarem no espaço de atuação da rota habitual da empresa, todas as terças-feiras a COMPESA desloca um caminhão para prestar serviços à cidade e sempre atende outras demandas solicitadas, essa foi uma forma que a Prefeitura encontrou de prestar uma assistência maior e constante a população.

Para Orlando Amorim, Coordenador Regional do São Francisco da Companhia Pernambucana de Saneamento - "entendemos as necessidades mais aqui na cidade de Lagoa Grande, existe uma equipe junto ao posto da COMPESA, um moto ronda semanalmente para vistoriar as condições de esgoto e para receber os pedidos emergenciais da população que por acaso não conseguir por telefone. E posteriormente em parceria com a Prefeitura de Lagoa Grande vamos abrir um posto de atendimento em Vermelhos para que a população dessa região também possa ser melhor atendida".

A conscientização da população é importante reforça Orlando Amorim – "pois, se tem encontrado muitos artefatos nas chamadas "bocas de lobo", desde de garrafas pet a produtos de higiene pessoal como: absorvente e até cabeças de bode, animais mortos... que todos sabem que não se destroem no meio ambiente e tudo isso entope os encanamentos e prejudica demais. Ao chegar as chuvas a própria população passa a ser vítima de sua própria falta de cuidados".

Asscom

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.