RedeGN - Imprimir Matéria

PERITOS SIMULAM FUGA DE MÃE DE FILHO DE BRUNO, goleiro do Flamengo

29 de Jun / 2010 às 19h00 | Política

Durou oito horas o trabalho da polícia no sítio do goleiro Bruno, no condomínio Turmalina, em Contagem, Minas Gerais, nesta segunda-feira (28). O local é, supostamente, onde Eliza Silva Samudio, 25, teria sido espancada e morta há três semanas. Dentro da casa, foram encontradas fraldas de bebê - que seriam de Bruninho, filho do jogador com Eliza, roupas femininas e passagens aéreas. Policiais da Divisão de Homicídios de Contagem e bombeiros fizeram buscas no terreno e nos arredores. Peritos simularam uma possível fuga da vítima, que está desaparecida há três semanas. Uma das linhas de atuação aponta que Eliza teria começado a ser espancada dentro da casa e tentado pular a janela para escapar dos autores do crime. Os peritos esperaram escurecer para usar um composto químico, popularmente chamado de luminol, que em contato com sangue, reage e libera uma luz esverdeada. A reação química revela, por exemplo, gotículas de sangue, imperceptíveis a olho nu. A polícia não informou se encontrou as marcas de sangue. Informações do Extra e G1.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.