RedeGN - Imprimir Matéria

PIZZARIA PLÍNIO AMORIM: Pizza em dois sabores na Câmara de Petrolina

26 de Aug / 2013 às 22h54 | Política

A sessão desta terça-feira (27) na Câmara de Vereadores de Petrolina deve ser bem movimentada, após o presidente da casa Plínio Amorim, vereador Osório Siqueira, anunciar o arquivamento de duas CPI’s, que prometiam apurar supostos desvios de recursos públicos na realização do São João, gestão Júlio Lóssio, e na construção do Hospital de Traumas, gestão dos prefeitos à época, Fernando Bezerra Coelho, atual Ministro da Integração Nacional e Odacy Amorim, hoje deputado estadual.

Em declaração concedida ao Diário de Pernambuco, Osório Siqueira alegou que um parecer jurídico da assessoria da Câmara motivou o arquivamento: “Eu pedi um parecer jurídico da Casa para saber da viabilidade das investigações. Eu recebi a resposta negativa e comuniquei aos líderes das bancadas. As CPIs não tinham fundamento, não tínhamos provas. A gente não pode levar as discussões da política pelo coração, e sim, pela razão”, disse o presidente do legislativo.

Nos bastidores políticos o entendimento é outro: a astúcia da situação, liderada por Júlio Lóssio, com a criação da CPI do Traumas, foi o tempero ideal para suavizar o sabor apimentado que a oposição prometia servir na CPI do São João.

Para minimizar os efeitos negativos da decisão, o presidente Osório Siqueira anunciou que vai “indicar aos parlamentares a nomeação de até dois membros da Câmara para o acompanhamento dos inquéritos já instaurados pelo Ministério Público de Pernambuco, Tribunal de Contas do Estado, Controladoria Geral da União (CGU) e pela Polícia Federal.”

Na sessão desta terça-feira (27) os vereadores, de lado a lado, devem justificar à população se “digeriram” bem a decisão do presidente Osório.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.