RedeGN - Imprimir Matéria

Câmara de Petrolina vota hoje (02) redução dos salários de Prefeito, vice e secretários

02 de Apr / 2013 às 06h30 | Política

 

Na sessão ordinária desta terça-feira (02), o plenário da Casa Plínio Amorim vai avaliar e votar projeto da Mesa Diretora que reduz os salários do prefeito Julio Lossio, do vice-prefeito Guilherme Coelho e dos secretários municipais.

Em projeto aprovado recentemente 13 votos a dois pela Câmara de Vereadores o novo salário do prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), foi fixado em R$ 17,5 mil, retroativo a 1° de janeiro. Já o vice-prefeito Guilherme Coelho (DEM) recebe R$ 14 mil, enquanto os secretários municipais ganham R$ 11 mil. No quadriênio passado, os valores eram de R$ 11 mil, R$ 9 mil e R$ 6 mil, respectivamente.

Se a Lei nº 2.532, de 25/02/2013, for alterada o subsídio mensal, em parcela única, do prefeito do município de Petrolina, a partir de 1º de janeiro de 2013, será de R$ 15.000,00 (quinze mil reais). O vice-prefeito terá direito a subsídio mensal em parcela única, de R$ 12.000,00 (doze mil reais). Os secretários municipais terão direito a subsídio mensal em parcela única, de R$ 8.000,00 (oito mil reais).

Na justificativa, o projeto informa que esta medida tem como finalidade obedecer a solicitação do chefe do Poder Executivo por meio do Ofício nº 059/2013, que diante da insistente queda das receitas municipais, decorrente de fatores alheios a vontade do Poder Executivo, em que as transferências constitucionais caíram, torna-se imperioso não só evitar novas despesas, mas reduzir as existentes.

Com isso, os agentes políticos de Petrolina passam a ter vencimentos consideravelmente menores que os de Juazeiro. O prefeito reeleito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB)  recebe R$ 20.420,00 reais. Em Juazeiro, os secretários municipais recebem mensalmente os salários de R$ 9.600 reais e o Vice-prefeito Francisco Oliveira, recebe um salário de R$ 15.000,00 reais.

Confira o projeto na íntegra aqui.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.