RedeGN - Imprimir Matéria

PT Bahia agenda Encontros Territoriais para discutir atualização programática e Eleições 2022 em Juazeiro e mais 10 municípios

09 de Jan / 2022 às 10h00 | Política

O Partido dos Trabalhadores da Bahia dará início no dia 15 janeiro de 2022 a uma série de encontros em todos os territórios de identidade do estado para discutir a renovação e atualização programática do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas (NEPP), os informes da articulação eleitoral construídos no GTA (Grupo de Trabalho de Acompanhamento/ Articulação) e a agenda da Nova Primavera para formação de educadores, educadoras e militantes, além do calendário do PT Solidário, campanha de arrecadação de alimentos para as cidades atingidas pelas chuvas.

Serão realizados, no total, 11 Encontros Territoriais, começando pela Região Metropolitana de Salvador, em Lauro de Freitas, no dia 15. Os encontros reunirão representantes de todos os territórios nas cidades de Alagoinhas, Conceição do Coité, Feira de Santana, Juazeiro, Senhor do Bonfim, Ibotirama, Seabra, Vitória da Conquista, Amargosa, Itamarajú e Itabuna até o dia 20 de fevereiro e devem reunir, em cada um desses territórios, dirigentes partidários, deputados, deputadas, prefeitos, prefeitas, vices e vereadores.

O presidente do PT Bahia, Éden Valadares, afirmou que os encontros estão sendo organizados desde o final do ano passado, quando começaram a ser mobilizados os membros do Partido e da militância para discutir e apresentar as novas propostas do PT. “Vamos debater os novos saltos que a Bahia pode dar e vamos falar também sobre os grandes avanços que tivemos nas gestões de Jaques Wagner e Rui Costa. Nesses quase 16 anos, o estado experimentou uma nova forma de fazer política, com muito diálogo e democracia, além das grandes obras, da inclusão social e melhoria da qualidade de vida do povo”, disse Éden, que destacou também a importância de mobilizar a militância na campanha de solidariedade para os municípios afetados pelas enchentes.

A vice-presidenta do PT Bahia e coordenadora do NEPP, Luciana Mandelli, afirmou que a expectativa é organizar a militância para o enfrentamento teórico e político, estabelecendo as demandas para as diretrizes do programa de governo e realizar ações de desenvolvimento para renovação programática.

“O NEPP tem avaliado a condição da qualidade de vida da classe trabalhadora. Temos identificado o impacto dos cortes que o Governo Federal promoveu nas políticas públicas em todas as áreas, sobretudo também temos avaliado o avanço que os governos do PT trouxeram para a Bahia e as perspectivas de um Estado que invista nas prioridades sociais, como saúde e educação, que promova o desenvolvimento econômico, amplie direitos e a qualidade de vida das pessoas. Os governos do PT modernizaram o Estado e trouxeram a Bahia para o século XXI. Há muita estrada pela frente e nós temos projeto de futuro para conversar com o povo. É o que faremos”.

Enviado pela Ascom PT Bahia

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.