RedeGN - Imprimir Matéria

Entrada de Bolsonaro no PL pode gerar debandada de deputados e prefeitos

12 de Nov / 2021 às 11h30 | Política

A entrada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no PL pode gerar uma debandada de deputados e prefeitos hoje filiados ao partido. O cálculo feito pelo segmento descontente da legenda com a entrada do presidente é de que pelo menos cinco deputados federais e dez prefeitos deixarão a sigla.

A maior parte deles é das regiões Norte e Nordeste. Para evitar um maior número de defecções, a direção nacional da legenda decidiu liberar o apoio dos diretórios estaduais na disputa presidencial de 2022.

Um dos descontentes com a entrada do presidente é o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM). Ele, no entanto, ainda não decidiu se deixará a sigla com os demais deputados federais.

Apesar das defecções, a filiação do presidente deve aumentar a bancada federal do PL, que hoje tem 43 parlamentares, com a entrada de 20 deputados federais aliados ao Palácio do Planalto.

Além deles, devem se filiar à legenda os três filhos mais velhos do presidente: o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

O acordo de filiação do presidente também inclui a prerrogativa de Bolsonaro escolher candidatos a governador e senador pela legenda na disputa eleitoral do ano que vem.

CNN / foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.