RedeGN - Imprimir Matéria

Acusado de homofobia, central Maurício Souza é demitido por clube de Minas

27 de Oct / 2021 às 16h42 | Esporte

O central Maurício Souza foi demitido do Minas Tênis Clube, após a repercussão, nos últimos dias, das postagens de teor homofóbico. O jogador estava afastado das atividades do clube e também foi multado. A demissão aconteceu nesta quarta-feira (27).

As ações aconteceram após pressão dos patrocinadores para que o Minas tomasse “medidas cabíveis” em relação às postagens do central. Na noite de terça-feira, o atleta utilizou uma rede social diferente para fazer uma retratação pública.

O clube belo-horizontino usou a conta própria para dar mais visibilidade à mensagem e considerava que, a retratação pública, pedida, tinha sido realizada. Contudo, houve insatisfação de uma das patrocinadoras.

Nesta quarta-feira, o jogador postou um vídeo em sua rede social. O atleta pediu desculpas “a quem se sentiu ofendido” e disse que “seguirá defendendo o que acredita”. Mas o vídeo incomodou não só as patrocinadoras, como também o clube. Logo após ter sido postado pelo atleta, o clube confirmou o fim do vínculo com o atleta, que iria até o final da atual temporada.

A situação também repercutiu de maneira negativa com os próprios colegas de equipe do central. O técnico da seleção brasileira de vôlei, Renan Dal Zotto, lamentou a polêmica. “É inadmissível este tipo de conduta do Maurício e eu sou radicalmente contra qualquer tipo de preconceito, homofobia, racismo. Em se tratando de seleção brasileira, não tem espaço para profissionais homofóbicos. Acima de tudo preciso ter um time e não posso ter este tipo de polêmica no grupo”, disse. *com informações do GE

Da Redação RedeGN / foto: reprodução

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.