RedeGN - Imprimir Matéria

Em seu primeiro livro, autora conta histórias reais de  trabalhadoras da limpeza urbana de Petrolina e Juazeiro

03 de Oct / 2021 às 14h00 | Variadas

"Margaridas" é como são chamadas as trabalhadoras da limpeza urbana desde os anos 1970, aqui no Brasil. As vidas, histórias, os sonhos, as alegrias e tristezas de oito mulheres que estão inseridas nessa profissão, nas cidades de Petrolina e Juazeiro, no Sertão do São Francisco, estão no livro-reportagem "Os Caminhos das Margaridas", da autora petrolinense e Jornalista em Multimeios, Gislaine Milca.

A obra é fruto do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)  de Gislaine Milca. A escritora se formou em 2019 pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Juazeiro. Foi indo para as aulas, de ônibus, barquinha, de carro ou a pé, durante os cerca de cinco anos de graduação, que ela começou a perceber as mulheres que fazem a limpeza das ruas das duas cidades.

"Comecei a produzir o pré-projeto em 2017. Estava convicta do que queria. No primeiro semestre de 2018, comecei a escrever o projeto definitivo e ao mesmo tempo passei a conversar com as trabalhadoras. Conquistei a confiança delas, que aceitaram participar da pesquisa, e passei a acompanhar o dia de cada uma, desde a saída de casa até as horas em que estavam trabalhando varrendo as ruas", recorda Gislaine.

O passado, o presente e os anseios pelo futuro de oito mulheres, antes "invisíveis", se transformam em histórias da vida real no livro "O Caminho das Margaridas". E como toda e qualquer história real, a obra traz partes boas, como os laços de amizade e  o empoderamento feminino; e as ruins, como os sonhos interrompidos, o preconceito, a desvalorização e as dificuldades.  

A obra está disponível em pré-venda através deste link: 

https://bit.ly/caminhodasmargaridas.

 

Bia Braga/ASCOM

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.