RedeGN - Imprimir Matéria

Presidente Bolsonaro recebe resultado negativo de exame para Covid e deve deixar o isolamento. Expectativa é visita à Bahia

26 de Sep / 2021 às 15h45 | Coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro recebeu neste domingo (26) resultado negativo de exame para Covid e deve deixar o isolamento. Ele estava em quarentena desde terça-feira, por orientação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), após o ministro Marcelo Queiroga (Saúde) ter confirmado infecção.

O resultado do exame foi confirmado por um auxiliar do presidente. O Planalto ainda não se manifestou.

Bolsonaro não tem agenda oficial neste domingo. O resultado do exame libera Bolsonaro para participar de uma série de eventos durante esta semana para celebrar os mil dias de sua gestão.

O governo planeja enviar ministros para eventos em todas as regiões do Brasil. A ideia é tentar reverter a queda de popularidade do presidente.

Queiroga recebeu exame confirmando a Covid na terça-feira (21). Ele acompanhou a comitiva de Bolsonaro em Nova York para participar da Assembleia-Geral da ONU.

O ministro da Saúde continua em quarentena nos Estados Unidos. Bolsonaro desembarcou no Brasil na terça-feira (22). Estava isolado desde a volta.

Todo o grupo que esteve nos Estados Unidos foi colocado em isolamento, por recomendação da Anvisa.

A agência recomendou que Bolsonaro fizesse exame cerca de cinco dias após o último contato com Queiroga. Com resultado negativo, Bolsonaro poderia deixar o isolamento.

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) recebeu diagnóstico da Covid na sexta-feira (24). Ele também acompanhou a comitiva do presidente em Nova York. Além de Queiroga e Eduardo, um funcionário do cerimonial do Planalto que esteve nos Estados Unidos para preparar a viagem do presidente também se infectou.

Membros da comitiva de Bolsonaro não usaram máscaras e fizeram aglomerações em alguns momentos da viagem aos Estados Unidos, aumentando as chances de contaminação. Mesmo depois de saber da infecção de Queiroga, o presidente cumprimentou apoiadores.

Confira possível agenda do presidente Bolsonaro:

Dia 27 – Cerimônia no Palácio do Planalto, quando o governo completa quase três anos de gestão.

» Dia 28 – O ministro das Comunicações Fábio Faria inaugura, em Mossoró (RN), a conexão via satélite que entregará internet banda larga gratuita, por meio do programa Wi-Fi Brasil. Durante o evento, Bolsonaro fará participação ao vivo, mas em videochamada. Neste dia, a expectativa é de que o presidente viaje a Teixeira de Freitas (BA), onde deverá entregar 10 km de asfalto. Na sequência, segue para Teotônio Vilela (AL), onde participará de outro evento.

» Dia 29 – Previsão é de que Bolsonaro desembarque em Boa Vista (RR), onde assinará o contrato de concessão dos aeroportos do Bloco Norte.

» Dia 30 – Presidente deverá estar em Belo Horizonte, onde visitará uma estação de metrô acompanhado do ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

» Dia 1º de outubro – No último dia da celebração dos 1.000 dias, previsão é de que Bolsonaro se divida em duas agendas: em Anápolis (GO), onde estará para a assinatura do contrato de concessões de BRs; e Maringá (PR), para solenidade de inauguração das obras de ampliação da área operacional do aeroporto local.

Folha Press Foto Ilustrativa

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.