RedeGN - Imprimir Matéria

Moradores dos bairros Nova Esperança, Piranga II, Mairi, Solares e Residencial São Francisco pedem socorro

26 de Aug / 2021 às 07h09 | Espaço do Leitor

Ao Senhor Secretário de infraestruturada Prefeitura de Juazeiro/BAe aos responsáveis pela Construtora J Nunes, a população dos bairros de Nova Esperança, Piranga II, Mairi, Solares e Residencial São Francisco pedem socorro, pois a pista que segue do Kidé até o bairro do Residencial São Francisco e Instituto Federal vem sendo depredada há algum tempo e nada está sendo feito para que os danos sejam revertidos.

Há três anos a prefeitura de Juazeiro/BA trabalhou nessa pista e a deixou bem pavimentada com cascalho,de maneira que carros, motos e outros meios de transporte de pequeno e médio porte viessem a trafegar normalmente por ela, nem mesmo as chuvas atrapalhavam o fluxo, pois não formavam grandes poças e nem atoleiros.

No ano de 2018 a Construtora J Nunes iniciou a obra para levantamento das casas do Residencial Novo Horizonte, fazendo-se necessária a circulação de carros grandes e máquinas para queela fosse realizada, e nesse meio tempo houve uma grande deterioração da estrada a ponto de fazer com que a prefeitura fosse lá novamente, no ano de 2020, e refizesse toda a pavimentação. E estava tudo correndo muito bematé que agora, em 2021, a mesma construtora partiu para o processo de saneamento do seu empreendimento.

Ocorre que este processo está sendo feito da seguinte maneira: eles fazem perfurações enormesao longo da pista para colocar as tubulações do saneamento e depois tapam as aberturassem colocar o cascalho e sem prensar o local adequadamente, colocando meramente terra por cima, ou seja, apenas “maquiando”, de maneira que supostamente aparenta estar bem finalizado, mas quando vem a água leva boa parte do barro, fazendo sulcos tão grandes quanto as perfurações iniciais e formando lama por toda parte. E o pior é que tudo isso vem acontecendo justamente em um período de estiagem, fazendo com que os cidadãos temam as próximas chuvas, que podem colaborar para danificar gravemente a estrada citada, promovendo um transtorno de difícil reparação a todos, que já vêm sofrendo no decorrer dos anos em razão da mesma empreitada.

Conclusão é que os moradores e pequenos comerciantes dos bairros locais estão aflitos e temerosos, com receio das próximas estações, pois não desejam reviver os transtornos que passaram entre 2018 e 2020.

A situação é grave e urgente, o reparo precisa ser feito!

É necessário frisarainda que todos sabem da importância do saneamento básico do Residencial Novo Horizonte e que aquele é indispensável para que este esteja plenamente habitável, devendo ser concluído; mas a construtora precisa tornar-se responsável não só com a sua construção, mas também em manter a pista, que é de todos que moram ali, nas mesmas condições em que eles a encontraram antes de sua intervenção, ou seja, com uma pavimentação adequada e semelhante ao que a prefeitura fez!

José Carlos Torres e demais moradores

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.