RedeGN - Imprimir Matéria

Criada a ong “Além do Arco-íris”, primeira para público LGBTQIAP+ de Juazeiro

23 de Jul / 2021 às 15h30 | Variadas

“Além do Arco-íris” é o nome da primeira obg voltada ao público LGBTQIAP+ da cidade de Juazeiro-BA, lançada na noite desta quinta-feira (22). O objetivo da ong é apoiar e desenvolver ações para a defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida das pessoas LGBTQIAP+ e do meio ambiente, através das atividades de educação profissional, especial e ambiental,além de sugerir, promover, colaborar, coordenar ou executar ações e projetos visando proteger o público LGBTQIAP+ de agressões LGBTfobicas, quer sejam física, moral, psicológica, etc.

A ideia da ong surgiu há pouco mais de um mês, a partir de casos de LGBTfobia, que, segundo o presidente eleito, Edvaldo Franciolli, também um dos idealizadores da ONG, “na maioria das vezes dentro da própria família que ao descobrir a sexualidade dos filhos e filhas, ao invés de acolhê-los, os expulsam de suas casas fazendo com que os mesmos busquem a sobrevivência a qualquer preço”.O presidente ressaltou ainda que a ONG não se envolverá em questões religiosas, político-partidárias, ou em quaisquer outras que não se coadunem com seus objetivos institucionais.

Logo após a aprovação do Estatuto da ONG, foi feita a votação da diretoria executiva e dos membros dos conselhos Fiscal e Consultivo. Segundo a “Além do Arco-íris”, para a composição da ONG, a diretoria da Diversidade da SEDES/PMJ, ofereceu todo o apoio logístico. A composição ficou da seguinte forma:

Diretoria Executiva

Presidente: Edvaldo de Souza (Franciolli);
Vice-Presidente: Eva Suene Rodrigues B. do Carmo
Diretor Financeiro: Jamisson Clécio Carvalho Silva
Secretária: Rosy Kátia Souza Gonçalves (Kátia Gonçalves)

Conselho Fiscal:

Andrey Anthonny Carneiro Rios Matias Cruz
Luna Sophia Santos de Carvalho
Mykaella Bezerra

Conselho Consultivo:

Aliel Roberto Carvalho da Silva
Fabrízio Alex Fatel da Silva (Fabrizio Fatel)
Geraldo Pontes
Marcos Antônio dos Santos (Marcos Velasch)
Nilton Miranda Souza (Nilton Miranda)

Diretor Jurídico:

Márcio K. Ribeiro dos Santos Brito

São deveres da ong:

II-Executar serviços de radiodifusão sonora, com finalidade educativa, artística, cultural e informativa;
III-Respeitar os valores éticos e sociais, em benefício do desenvolvimento geral da comunidade LGBTQIAP+ mediante concessão, permissão ou autorização de uso de imagem e som nas mídias sociais de divulgação;
IV- Promover a assistência social às minorias e excluídos, desenvolvimento econômico e combate à pobreza;
V- Promover gratuitamente a educação e a saúde incluindo prevenção DST/AIDS e consumo de drogas;
VI- Preservar, defender e conservar o meio ambiente e promover o desenvolvimento sustentável;
VII- Incentivar o voluntariado, buscar estágios e a inclusão do LGBTQIAP+ no mercado de trabalho;
VIII-Promover os  direitos do LGBTQIAP+ com apoio de assessoria jurídica gratuita combatendo todo o tipo de discriminação sexual, social e racial.
IX- Acolher o LGBTQIAP+ que tenha sido excluído do meio familiar com discriminação;
X- Promover a ética, a paz, a cidadania, os direitos humanos, a democracia e outros valores universais;

Da Redação RedeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.