RedeGN - Imprimir Matéria

Artistas baianos levantam questões sociais no livro 'Preto É Rei'

21 de Jul / 2021 às 22h30 | Variadas

Fotografias, colagens e ilustrações compõem o livro 'Preto É Rei: a poesia da dinastia preta', sendo todas obras criadas por artistas negros baianos. A publicação fica disponível nas versões impressa, audiobook e virtual.

O lançamento será realizado no dia 24/07, quando o público pode acompanhar um bate-papo online entre os artistas participantes. A transmissão será às 19h, no canal da Confraria 27 no YouTube (https://abre.ai/youtubeconfraria).

O projeto 'Preto É Rei' visa dar visibilidade e destaque aos artistas negros da Bahia. "Todas as obras presentes nesse trabalho carregam no cerne da sua materialidade discursos e narrativas que buscam potencializar a luta diária pela equidade racial. A maioria das pessoas pretas acumulam mais de um marcador social. As mulheres, os LGBTQIA+, os pais e filhos de santos negros sofrem diariamente violência por suas identidades e esses estigmas também são retratados nas obras", explica Rafael Sisant, artista que assina o livro.

No livro, o leitor acompanha obras que discutem questões raciais, de gênero, discussões sobre as matrizes africanas e a fé. "O projeto Preto é Rei traz consigo fatores riquíssimos, seja para os artistas, para a equipe de produção, como também para as pessoas que vão ter acesso ao material", afirma a artista Emilly Sisnando, representante do Vale do Jiquiriçá pela cidade de Medrado-BA. 

As obras trazem discursos de diversas partes da Bahia, um estado com 81,1% da população sendo negra, entre pretos e pardos (IBGE, 2018). "A Bahia é o lugar com a maior diáspora Africana no Brasil, por isso é muito importante nós artistas pretos resgatarmos nossa cultura, falar de negritude e expressar arte", comenta a artista Keila Gondim de Salvador-BA .

A publicação é realizada pela Confraria 27. Todos os detalhes podem ser acessados nas redes sociais da equipe: Instagram (@confraria_27) e Facebook.com/confrariadanca27. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Ascom Virabólica

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.