RedeGN - Imprimir Matéria

Fernando Bezerra diz que Renan quer transformar caso Covaxin em 'escândalo nacional'

30 de Jun / 2021 às 07h30 | Política

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID foi palco de mais um embate nesta terça-feira (29/06). Os senadores Renan Calheiros (MDB-AL), relator da comissão, e Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo no Senado, discutiram durante a sessão. 

As rusgas ocorreram em meio ao depoimento do deputado estadual Fausto Jr (MDB-AM), relator da CPI da Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas no ano passado.

A discussão começou após o caso Covaxin ser citado no debate. Na semana passada, os irmãos Miranda foram responsáveis por denúncias de superfaturamento nas negociações da vacina indiana, produzida pelo laboratório Bharat Biotech.

"Vossa excelência quer que a sua verdade seja absoluta", disse Bezerra para Renan. "Precisa ter humildade", pontuou o governista.

"São dados" , respondeu Calheiros.

"Fake News", afirmou Marcos Rogério (DEM-RO) para o presidente da CPI.

Bezerra ainda disse que Renan sabe que a narrativa do deputado Luis Miranda (DEM-DF) “não é verdadeira”. Para ele, o relator quer transformar a história em “escândalo nacional".

"Vossa excelência é um dos homens mais inteligentes que já passou por aqui, mas preciso pedir para que o senhor deixe suas ideologias de lado", disse o líder do governo. Na última sexta-feira (25/06), Miranda e o irmão, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, denunciaram à CPI supostas irregularidades na compra da vacina.

No depoimento, eles disseram ter avisado Bolsonaro há três meses sobre as suspeitas e sobre uma "pressão atípica" para acelerar a importação. Na conversa, Bolsonaro teria citado o deputado federal Ricardo Barros (Progressistas-PR), líder do governo na Câmara, como o parlamentar que queria fazer "rolo" na Pasta.

Jornal Estado de Minas

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.