RedeGN - Imprimir Matéria

Incubadora do Semiárido é aprovada em edital para implementação e certificação do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos   

26 de May / 2021 às 22h30 | Variadas

Em 2021, a Incubadora do Semiárido (ISA), vinculada à Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Propip) do IF Sertão-PE, completa dez anos.

Durante esse tempo, pelo menos 48 empresas foram incubadas, com a promoção da cultura empreendedora e o incentivo ao surgimento de empresas de base tecnológica ou social na região.

A coroação de tantas conquistas alcançadas ao longo de sua primeira década foi publicada na última segunda-feira (24), quando a ISA se tornou uma das sete incubadoras contempladas na chamada pública para a implantação e certificação do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne).    

Promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco (Sebrae-PE), o edital destina R$ 200 mil para as incubadoras aprovadas repartirem. A aprovação amplia duas expectativas: por um lado, a difusão das ações da Incubadora, com o desenvolvimento dos perfis empreendedores dos discentes e o fomento a mais negócios de sucesso no sertão pernambucano; e, por outro, a articulação das ações de fomento à cultura empreendedora entre todos os atores do ecossistema das cidades que têm campus do Instituto, como Petrolina, Salgueiro, Ouricuri, Floresta, Santa Maria da Boa Vista e Serra Talhada.  

"Além disso, almeja-se que os processos de funcionamento da Incubadora sejam melhores definidos para que o trabalho possa ocorrer de forma mais dinâmica e assertiva", complementa a coordenadora de Inovação do IF Sertão-PE, Sarah Tarsila Santos. A implementação e a certificação do Cerne vai ser elaborada ao longo dos 12 meses de projeto. "Após essa validação, espera-se que os processos sejam melhores definidos, organizados e que a Incubadora possa trabalhar de forma mais dinâmica, de modo a proporcionar um ambiente mais favorável para o desenvolvimento de negócios de sucesso", avalia ela.    

A Incubadora do Semiárido comemora essa conquista com vistas a um futuro de melhorias nos processos de gestão, direcionado ao alcance mais efetivo no desenvolvimento de negócios de base tecnológica e/ou social que sejam abraçados pela ISA. "Esperamos que o Cerne possa trazer mais negócios para a Incubadora, mas principalmente que a ISA encontre outras formas de atrair os discentes, despertando o lado empreendedor de cada um deles", finaliza Sarah Tarsila.    

Ascom Ifsertao

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.