RedeGN - Imprimir Matéria

Datafolha aponta Lula forte no Nordeste e empate técnico entre evangélicos. Veja outros dados

13 de May / 2021 às 20h32 | Política

A primeira pesquisa eleitoral realizada pelo Datafolha, desde que o ex-presidente Lula recuperou seus direitos políticos, apontou para uma vitória do petista com 41% das intenções de votos, contra 23% do presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro num cenário de primeiro turno.

Neste cenário estimulado, Sérgio Moro obteve 7%; Ciro Gomes, 6%; Luciano Huck, 4%; João Dória, 3%, Mandetta, 2%  e 9% foram distribuídos entre brancos, nulos e nenhum.

Confira outros dados apontadops pela Pesquisa: 

  • No Nordeste Lula lidera com 56% das intenções de votos.
  • Bolsonaro tem sua maior aceitação no Sul, Centro-Oeste/Norte, com 28%.
  • Nos eleitores de menor renda e escolaridade Lula tem 51% das intenções de votos, 47% na faixa de renda de até dois salários mínimos e apenas 18% na faixa de quem tem renda maior do que dez salários mínimos.
  • 36% dos entrevistados que declararam estar vivendo normalmente pretendem votar em Bolsonaro, contra 33% de Lula.
  • Na faixa dos que afirmam está cumprindo regras de distanciamento social Lula tem 58% de apoio e 8% manifestaram opção por Bolsonaro.
  • Entre os homens Bolsonaro tem 29% de aceitação.
  • Entre os evangélicos empate técnico entre Lula e Bolsonaro, com 35% das intenções de voto para o petista, contra 34% de Jair Bolsonaro.
  • Num eventual segundo turno Lula ganharia de Bolsonaro por 55% contra 32%.
  • No cenário de rejeição, quando o eleitorado afirma que não votaria de jeito nenhum, Bolsonaro lidera com 54%, seguido por Lula, com 36%; Dória, 30%, Huck, 29%; Moro com 26% e Ciro Gomes, 24 %.

O levantamento do Datafolha foi realizado entre em 11 e 12 de maio em 146 cidades e entrevistou 2.071 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Da redação redeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.