RedeGN - Imprimir Matéria

Polícia Civil aponta uma linha de investigação para crime no Ceasa de Juazeiro. Saiba mais

13 de Apr / 2021 às 20h25 | Policial

Conforme noticiado pela redeGN, no início da tarde desta terça-feira (13) a Polícia Civil de Juazeiro havia confirmado a morte de dois homens, no interior de um estabelecimento comercial no Ceasa de Juazeiro e realizava procedimentos investigatórios e periciais para elucidar os motivos do crime e nome das vítimas.

No início desta noite a redeGN confirmou com uma autoridade policial que as vítimas foram identificadas como José Ulysses Rocha Filho, de 74 anos, comerciante, conhecido popularmente como Zé Ulisses, e Cristiano Coelho da Silva, de 53 anos, também comerciante e presidente da Associação dos Permissionários do Entreposto.

As investigações preliminares, de acordo com as informações da Polícia Civil, apontam para um crime seguido de suicídio, já que havia apenas uma arma no local, mas ainda devem ser feitas outras diligências, oitivas e finalização do trabalho da perícia para confirmar essa versão: “Durante a perícia foi encontrado um revólver calibre 38. Que estava em cima do birô. Próximo ao corpo do Cristiano”, relataram.

A possibilidade de uma terceira pessoa no ambiente do crime, segundo fontes policiais, foi descartada pelas testemunhas ouvidas nesta tarde.

Logo após tomar conhecimento do crime oitivas já foram iniciadas e novas diligencias devem ser feitas nos próximos dias para tentar esclarecer as motivações e como se deram as mortes.

De acordo com funcionários da loja onde ocorreu o incidente, ouvidos pela polícia, havia uma relação de amizade entre os dois e não há uma motivação aparente que possa justificar a tragédia.

A redeGN obteve fotos que ilustram a linha de investigação da Polícia Civil, na cena do crime, mas optou por não divulgar, em respeito aos leitores e a dor de familiares e amigos das vítimas.

Da redação redeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.