RedeGN - Imprimir Matéria

Prefeito Paulo Bomfim vai continuar na política mesmo com revés nas eleições deste ano em Juazeiro

23 de Dec / 2020 às 17h00 | Variadas

Em sua primeira entrevista após o resultado do pleito de 15 de novembro o prefeito de Juazeiro Paulo Bomfim (PT) participou na manhã desta quarta-feira (23) do RJ Notícias da Rádio Juazeiro.

Na oportunidade ele falou sobre o resultado das eleições deste ano, processo de transição com a equipe da prefeita eleita Suzana Ramos, coronavírus, política e andamento das obras. Veja os principais momentos da entrevista:

ELEIÇÕES

Sobre o resultado das eleições cuja vitória histórica de Suzana Ramos foi com mais de 31 mil votos de diferença, Paulo Bomfim atribuiu ao desgaste do projeto político que governou o município por 12 anos. “O povo optou por mudança por que estava cansado do projeto que administrou Juazeiro por 12 anos, mas é inegável o progresso que este projeto trouxe para a cidade” expressou.

TRANSIÇÃO

“Todos os documentos solicitados pela equipe da prefeita eleita foram e estão sendo disponibilizados. Nossa intenção é fazer a transição sem nenhum tipo de problema para cidade que tanto adoramos” pontuou o gestor.

CORONAVÍRUS

“Não interrompemos nenhuma ação no combate ao Covid-19 em Juazeiro, muito pelo contrário mantivemos o Hospital de Campanha, todos os leitos de UTI em parceria com o governo do Estado e o aumento dos casos se deve em grande parte a segunda onda que está ocorrendo em toda Bahia” continuou Paulo Bomfim.

OBRAS

“Muita gente pensou que em razão do resultado da eleição a gestão ia parar, pelo contrário, estamos entregando novas obras e aquelas que estão em andamento e não foi possível terminar como a Avenida Adolfo Viana, Canal do Alto da Aliança, Parque da Cidade, Parque Fluvial estamos deixando o dinheiro em caixa para sua conclusão” explicou o prefeito.

POLÍTICA

“Vamos continuar na política sim! Inicialmente vamos observar a performance da gestão Suzana Ramos a quem desejamos boa sorte, mas é intenção nossa continuar na política e o futuro só Deus pode revelar. Estou preparado para votar e ser votado no nosso grupo” acrescentou Bomfim.

O Chefe do Executivo Juazeirense concluiu informando que está tendo dificuldades para quitar salários do mês de dezembro porque a justiça bloqueou R$ 8 milhões de reais, valor da venda da folha de pagamento à Caixa Econômica Federal. “Foi um ato politiqueiro porque tudo foi feito dentro da legalidade” concluiu Paulo Bomfim.

Da redação Foto Geraldo José

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.