RedeGN - Cesol em Monte Santo beneficia empreendimentos da economia solidária em 23 municípios

Cesol em Monte Santo beneficia empreendimentos da economia solidária em 23 municípios

Geleias e compotas de umbu, maracujá do mato e acerola, doce de leite, polpa de frutas e artefatos para cozinha feitos de barro. Expostos e comercializados no Centro Público de Economia Solidária (Cesol), em Monte Santo, no nordeste baiano, esses itens são uma pequena amostra da produção dos empreendimentos solidários que serão apoiados pelo equipamento, inaugurado no sábado (5), pelo Governo do Estado, Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no municípío. 

O novo equipamento, onde foram investidos R$ 3,2 milhões, atenderá empreendimentos de 23 municípios dos Territórios de Identidade Piemonte Norte do Itapicuru e Piemonte da Diamantina, além de Cansanção, Itiúba e o próprio Monte Santo. A unidade ficará sob a responsabilidade operacional da Associação Regional dos Grupos Solidários de Geração de Renda (Aresol), organização social selecionada por meio do Edital 03/2013. Ao longo de dois anos serão beneficiados 128 empreendimentos solidários.

Presente na inauguração, o secretário do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, que representou o governador Rui Costa nas atividades em Monte Santo, destacou a prioridade do Governo do Estado ao segmento da economia solidária. “Este equipamento é um dos 10 novos Cesol’s que serão entregues até o final do ano, espalhados em por toda Bahia”. Estão previstas também a implantação de outros Centros Serrinha (nordeste), Teixeira de Freitas (extremo sul), Irecê (centro norte), Barreiras (oeste), Paulo Afonso (Vale do São Francisco), Gandu (sul), Vitória da Conquista (sudoeste) e Praia do Forte (RMS). 

O Cesol de Monte Santo tem um espaço para comercialização dos produtos, e a função de articular oportunidades na geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na Economia Solidária. Na estrutura de atendimento, tem uma equipe de profissionais com as especialidades mais diversas para acompanhar os empreendimentos oferecendo, diretamente ou por meio da articulação com outros parceiros, os alicerces teórico e prático que permitam o fortalecimento dos grupos da Economia Solidária. Participaram ainda da solenidade de inauguração o prefeito de Monte Santo, Jorge José de Andrade, o superintendente de Economia Solidária da Setre, Milton Barbosa, e outras autoridades. O secretário Álvaro Gomes aproveitou a ocasião para visitar a Escola Agrícola do Sertão, na zona rural de Monte Santo, que atende 400 jovens de 28 municípios da região.

Nova sinalização de trânsito 

O município de Monte Santo e o distrito de Pedra Vermelha também passaram a contar, no sábado, com um novo sistema de sinalização de trânsito. As obras foram executadas pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) e tiveram investimento R$ 366 mil, com a instalação de 766 placas de regulamentação, de advertência e educativas, além de dispositivos de controle de tráfego. “A orientação do Governo do Estado é sinalizar todos os municípios baianos, para racionalizar o trânsito, controlar o fluxo de veículos e a velocidade nas vias, com o objetivo de preservar vidas", disse o diretor-geral do Detran, Maurício Bacelar. O agricultor José Andrade Silva, 51 anos, comemorou a sinalização .“Nos deslocamos de moto para transportar as nossas mercadorias, e muita gente não sabia como chegar às cidades vizinhas, porque não existiam placas indicando o caminho. Era tudo muito confuso. Com a nova sinalização, não desperdiçamos gasolina nem perdemos tempo”. Para o prefeito José de Andrade, com a ação, "mais de 55 mil habitantes do do município terão um trânsito seguro e organizado".

Secom Bahia Foto: Marcelo Reis/SETRE