RedeGN - Sem energia, Ilha do Rodeadouro fica vazia e comerciantes contabilizam prejuizos

Sem energia, Ilha do Rodeadouro fica vazia e comerciantes contabilizam prejuizos

Quem visitou a Ilha do Rodeadouro na manhã deste sábado deve ter se surpreendido com a calmaria e a falta de banhistas no balneário. Em que pese o calor que continua fazendo na região, poucos se deslocaram para o ponto turístico, que está sem energia elétrica desde quinta-feira (18), em virtude de problemas na rede de distribuição da CELPE, na Ilha do Massangano. A Ilha do Massangano, onde vivem muitas famílias e que oferece atrativo turístico,  também está sem energia.

Além dos prejuizos com a perda de carnes, legumes e outros ingredientes que precisam estar numa temperatura adequada, comerciantes do Rodeadouro e Massanganio já contabilizam prejuizos consideráveis nas suas vendas de final de semana.

A energia do Rodedaouro, que se situa no lado baiano, é fornecida pela CELPE em virtude de um acordo celebrado entre as prefituras de Juazeiro e Petrolina a cerca de 20 anos. As dificuldades técnicas e os custos para levar energia para o balneário pelo lado baiano, proporcionaram o acordo e a CELPE é responsável pela distribuição e cobrança da energia fornecida ao local.

Em que pese a apelo das comunidades, informações dão conta de que até a manhã de hoje equipes da CELPE ainda não tinha ido ao local da interrupção para tentar solucionar o problema. Pelo menos 15 homens, entre barraqueiros e moradores das Ilhas do Massangano e Rodedaouro, estariam no local tentando uma solução.

A equipedo blog visitou a Ilha do Rodeadouro  na manhã deste sábado e constatou o esvazimento do local. A indagação no local é quase sempre a mesma: E os prejuizos, quem vai assumir?

Fotos: Rodeadouro e Massangano