RedeGN - ENCONTRANDO-ME COM ARMANDO

ENCONTRANDO-ME COM ARMANDO

AS COISAS QUE EU VI, OUVI E VIVI.

MAGOM – Contabilista, Administrador de Empresa e membro do Lions.

ENCONTRANDO-ME COM ARMANDO

“O acaso nos dá parentes, mas a escolha nos dá amigos”.

Concordo plenamente, que amigo vem da escolha. No entanto, acho que o acaso, em raras exceções, faz amigo, traz amizade. Foi o que aconteceu há alguns anos, num encontro, por acaso, com um cidadão chamado Armando Soares. Fui com uma comitiva do Lions ao Banco do Brasil, solicitar daquela instituição financeira uma parceria para montarmos, na Casa do Menor, uma Estação Digital. Naquele ano o Presidente do Lions era Mário Spínola. Uma funcionária, amiga nossa, apresentou-nos ao novo gerente geral. No contato inicial, todos da comitiva, já tinham boas referências daquele novo gerente, daquele gerente novo. Se não estou enganado, três meses depois do contado, o Lions instalava na Casa do Menor a 1ª Estação Digital da região. E como foi bom para aquela casa!

Daquele encontro, surgiu uma empatia, que da minha parte diria amizade. Passei a acompanhá-lo nas suas atitudes, não só como gerente de Banco, mas também como cidadão, como pai de família, como esposo, como pessoa envolvida nas causas comunitárias, das entidades de classe, das ONGS, dos clubes de serviço, Igreja católica etc. Passei a ser seu admirador. Tenho conhecimento e sou testemunha de várias ações coletivas e comunitárias, que beneficiaram crianças, adultos, deficientes etc.

No dia 12 de janeiro de 2013 (sábado), passando pela Papelaria Officium, com Elismário, deparei-me com o Sr. Armando Soares, que há muito não nos víamos.  Cumprimentamo-nos e ao mesmo tempo apresentei-lhe meu filho. Foi aquela festa. – O que faz aqui? Perguntei-lhe. – Estou dando consultoria! Demonstrei-lhe satisfação do reencontro e quis marcar um momento para aprofundar-nos a conversa, mas disse-me que após o encontro estava viajando.

Nossa admiração pelo companheiro Armando Soares surgiu do conhecimento de sua maneira destemida, firme, corajosa, entusiasmada, ética, cordial, honesta, franca e recheada de sensibilidade pelas causas sociais. Ainda e especialmente pelo profissional que tem demonstrado ser, principalmente na área que abraçou: bancária.

Meu abraço cordial e amigo, desejando-lhe sucesso na sua profissão e nos seus novos empreendimentos.