RedeGN - Copa Libertadores Final entre Flamengo e Palmeiras movimenta comércio de Juazeiro e Petrolina

Copa Libertadores Final entre Flamengo e Palmeiras movimenta comércio de Juazeiro e Petrolina

O jogo final da Libertadores 2021, entre Palmeiras e Flamengo, neste sábado, dia 27 de novembro em Montevidéu, no Uruguai, no estádio Centenário será palco da decisão da competição. E, quem levar o título da Libertadores, receberá uma premiação que ultrapassa os 120 milhões de reais.

Este jogo também movimenta a economia local. As ruas de Juazeiro e Petrolina estão repletas de cores verdes, vermelho e preto espalhadas nas calçadas. O jogo provoca sentimentos e os comerciantes usam da criatividade para expor produtos, exemplos, vendas com camisas e bandeiras do Palmeiras e Flamengo que disputam a final da Copa Libertadores de Futebol, neste sábado, às 17hs.

Detalhe: em Petrolina, um dos clubes que fazem parte da história esportiva amadora tem mais de 70 anos. O Palmeiras Esporte Clube, localizado no bairro Atrás da Banca, Centro da cidade, completou 71 anos de fundação.

Tudo isto é motivo de motivação dos torcedores. O atual presidente da Embaixada FLA-Juazeiro, jornalista, poeta e escritor Luiz Hélio, avaliou que "jogo do Flamengo é sempre uma grande festa". O período de Pandemia restringe muito a aglomeração, mas dentro das normas exigidas, vai ter pontos de encontros em Petrolina e Juazeiro. "O clima é de Copa do Mundo de Futebol. A seleção rubro negra busca a Glória eterna e o Flamengo move massas e junto vem os ganhos da economia local". O Palmeiras é uma grande equipe mas o Flamengo é uma Nação", ressalta Luiz Hélio.

A avaliação de Luiz Hélio é compartilhada pelo micro empresário Diego. "Desde a semana passada o movimento vem crescendo e a procura pelas bandeiras e cores do Flamengo é realmente bem maior que a do Palmeiras. O torcedor do Flamengo é mais vibrante e tem garantido maior números de vendas das bandeiras"".

Vale lembrar que o campeão da Copa Libertadores garante vaga no Mundial de Clubes do Catar. O representante europeu no torneio será o Chelsea, da Inglaterra. 
 

Redação redeGN Texto e Fotos Ney Vital