RedeGN - Com votação prevista para esta quarta-feira no Senado, Sindsemp vai à Brasília em defesa do piso de Enfermagem

Com votação prevista para esta quarta-feira no Senado, Sindsemp vai à Brasília em defesa do piso de Enfermagem

Nesta quarta-feira (24), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina (Sindsemp) encaminhou à Brasília, duas servidoras da saúde para acompanhar de perto, a votação, no Senado Federal, do Projeto de Lei 2.564, que institui o piso salarial da enfermagem e a carga horária de 30h. A votação deve acontecer ainda hoje.

Estão em Brasília, a técnica em enfermagem e diretora de assuntos extraordinários do Sindsemp, Luciedna Batista e a enfermeira e delegada da saúde, Ruth Viviane Novaes.

A proposta - construída em conjunto com a categoria - e que será votada hoje, traz, para os enfermeiros, piso de R$ 4.750,00; para os técnicos de enfermagem, 70% deste piso, ou seja, R$ 3.325,00; e para os auxiliares de enfermagem, 50% deste piso, ou seja, R$ 2.375,00.

"Seguimos na luta pelas nossas categorias, em defesa dos nossos direitos e o piso salarial da enfermagem é uma luta que estamos defendendo há muito tempo. A  carga horária de 30 horas é uma forma de reconhecer o cansaço que essa profissão produz nos servidores que lidam com vidas e é justo que cada um e cada uma tenha condições dignas de trabalho", destacou Ruth Viviane.

"A presença do Sindsemp no Congresso nesse momento de votação do projeto de lei é uma forma de fortalecimento sindical como voz da categoria e nessa luta para conseguirmos avançar nas nossas conquistas. Servidores e servidoras da enfermagem em Petrolina, saibam que aqui em Brasília eles têm a nossa voz por eles," ressaltou Luciedna Batista

Da Redação RedeGN