RedeGN - Assembleia Legislativa da Bahia aprova alterações propostas pelo Executivo para a "Lei Anticalote"

Assembleia Legislativa da Bahia aprova alterações propostas pelo Executivo para a "Lei Anticalote"

Em sessão mista (presencial e remota) na tarde desta quarta-feira (27), o presidente em exercício da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Paulo Rangel (PT), comandou a aprovação do Projeto de Lei nº 24.316/2021, de autoria do Poder Executivo, alterando a "Lei Anticalote".

Relatado pela deputada Maria Del Carmem (PT), autora da Lei, o PL foi aprovado com os votos das bancadas do governo e da oposição. O deputado Hilton Coelho (PSOL) se absteve.

"Foi uma sessão que transcorreu de forma bastante tranquila, onde aprovamos o Projeto com apenas uma abstenção. Isso demonstra a maturidade dos deputados da Assembleia, tanto da situação como da oposição, que têm votado projetos importantes para melhorar a vida da população baiana", observou o presidente Paulo Rangel.

O PL modifica a Lei nº 12.949/2014 ("Lei Anticalote"), que instituiu mecanismo dispondo sobre provisões para encargos trabalhistas a serem pagos pelos Poderes Públicos do Estado às empresas terceirizadas. Segundo o líder do governo, deputado Rosemberg Pinto (PT), a aprovação possibilita a antecipação do Fundo da "Lei Anticalote" para as empresas contratadas e pode vir a beneficiar cerca de 150 mil servidores terceirizados. *com informações ds ALBA

Da Redação RedeGN