RedeGN - Secretário diz que “dívida da Educação” é grande e por isso volta do ensino presencial é importante  

Secretário diz que “dívida da Educação” é grande e por isso volta do ensino presencial é importante  

O secretário de Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues, não tirou o crédito do movimento da APLB Sindicato contrária a volta as aulas 100% presenciais nas unidades escolares baianas, mas alegou que a “dívida está alta” e 100% dos professores já tomaram a segunda dose da vacina contra o coronavírus. 

“O papel do sindicato é esse. Eu entendo. Mais eu entendo que já temos 100% dos professores com segunda dose. Tem estudante de ensino médio já com primeira dose. Estamos com a dívida grande da Educação baiana e não podemos abrir mão de poder voltar as aulas com zelo e cuidado”, disse ao BNews na manhã. Desta quarta-feira (20). 

A adesão no Estado não bateu a casa dos 90%, mas o secretário afirmou que já esperava esse patamar. “Sabíamos que esse retorno não seria de vez. Tem muita gente ainda com receio. Estamos dialogando com os prefeitos para resolver a questão do transporte escolar. Então existe alguns desafios e estamos superando isso. Tá todo mundo respeitando tudo, as regras, estamos tendo todo cuidado”.

O retorno as aulas 100% presenciais no Estado começou na última segunda-feira (18) após determinação do governador Rui Costa (PT). 

Nesta quarta, Jerônimo e o governador em exercício Adolfo Menezes (PSD) visitaram o Colégio Estadual Roberto Santos, no Cabula. Essa unidade teve uma adesão superior a 90%. A expectativa é de que 900 mil estudantes baianos já retornaram plenamente às atividades.

BNews Foto Governo da Bahia