RedeGN - Oposição vai entrar com ação de improbidade contra Paulo Guedes e presidente do BC por offshores

Oposição vai entrar com ação de improbidade contra Paulo Guedes e presidente do BC por offshores

O líder da Oposição na Câmara, Alessandro Molon, decidiu apresentar no Ministério Público Federal, uma ação de improbidade contra o Ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, após revelações indicarem que os dois tem  contas em offshores em paraíso fiscais. Molon também quer a convocação de Guedes e Roberto campos Neto à Câmara para prestar esclarecimentos.

De acordo com Alessandro Molon, “É um escândalo, é gravíssimo. Viola frontalmente o artigo 5º do Código de Conduta da Alta Administração Federal e, portanto, deveria levar à demissão do Ministro. Nós, da Oposição, vamos propor a convocação do Ministro e do presidente do Banco Central para prestar esclarecimentos à Câmara dos Deputados e entrar com representação no Ministério Público Federal (1a instância) por improbidade administrativa contra ambos”, prometeu.

A investigação foi feita pelo Pandora Papers, Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos que reune 600 jornalistas, espalhados por 117 nações.maior investigação jornalística mundial sobre as offshores, e foi realizada a partir de 11,5 milhões de documentos relacionados a milhares de empresas abertas em paraísos fiscais, por poderosos de diferentes esferas.

Além dos ministros Paulo Guedes e Roberto Campos Neto, foram denunciados os empresários da Prevent Senior, da MRV Engenharia e da Riachuelo, 300 políticos e autoridades de mais de 90 países.

Com informações do Metrópole