RedeGN - Artigo: Sobre o aniversário de 143 anos de Juazeiro-Bahia

Artigo: Sobre o aniversário de 143 anos de Juazeiro-Bahia

Sobre o aniversário de 143 anos de Juazeiro-BA, tenho visto parabenizações ilustradas por imagens da orla, do rio, da ponte. Mas, desde 1996, quando cheguei e tomei essa cidade por minha, sempre fui mais da:

Linha do trem, das olarias, da Piranga velha, Castelo Branco, Malhada da Areia, Alto do Cruzeiro, Alto da Maravilha e do Alagadiço. Do futebol do Veneza, Olaria, Carranca, da 1° de maio, liga de Baé, do campo do Palmeiras (Piranga).

Do restaurante Maracanã em frente ao estádio Adauto Moraes, do Cafona, Casaråo, Cruzeiråo, da lanchonete de Zé do Caldo. Serra da Batateira, Carranca de Carnaiba. Da sanfona do Velho Macaxeira que ensinou Sérgio do Forró a tocar, de Amado e Seus Xeques Mates, dos Camenas com a Banda de Rock:The Snack Boys. 

Malhar o Judas, penitentes, procissões, festejos de São Cosme e Damião, corridas de argolinhas, e os tantos São Gonçalos.

Ainda falta muito um zilhão de coisas a citar, mas com o que aqui já foi dito, já posso me declarar: 
Te Amo Juazeiro da Bahia.

Demis Santana-professor, cantor e compositor, produtor cultural

Espaço Leitor