RedeGN - Ministério Público instaura inquérito para apurar novas irregularidades no IPJ denunciadas por Alex Tanuri

Ministério Público instaura inquérito para apurar novas irregularidades no IPJ denunciadas por Alex Tanuri

O Ministério Público da Bahia instaurou inquérito para apurar novas irregularidades no IPJ denunciadas pelo vereador Alex Tanuri. A prefeitura, segundo relatado, vem recolhendo valores menores do que os determinado pela legislação e causando prejuízos ao Instituto de Previdência de Juazeiro. 

Depois das versões veiculadas recentemente na imprensa pela gestor do IPJ, o Dr. Marcus Onildo, que atribuíam ao ex-gestor do município a responsabilidade pelo atraso e erros no recolhimento das contribuições devidas ao Instituto, Alex decidiu procurar o MP para que apurasse a responsabilidade pelos ilícitos e promovesse a responsabilização dos culpados.

“Sempre tivemos certeza de que a defesa do Diretor Presidente da autarquia previdenciária utiliza a mentira como método e atribui a terceiros a culpa pelas irregularidades cometidas pelo desgoverno capitaneado por Suzana Ramos, do qual também faz parte”, declarou Tanuri.

O Ministério Público já comunicou sobre a instauração de inquérito civil para apurar as irregularidades que vêm sendo cometidos pela prefeita contra os servidores municipais isto pode acarretar sanções que serão aplicadas aos responsáveis. “Como sempre soubemos, ao final, a verdade triunfará e as máscaras vão cair. O governo da incompetência e da falta de transparência vai ser exposto a população de Juazeiro. Boa vontade e bom coração não são suficientes para governar uma cidade deste porte”, acrescentou o vereador. 

Despacho

Ascom Alex Tanuri