RedeGN - Comissão de Saúde da Câmara de Petrolina apura causas da morte de Bebê em Hospital de Juazeiro

Comissão de Saúde da Câmara de Petrolina apura causas da morte de Bebê em Hospital de Juazeiro

Uma comissão de vereadores da Câmara de Petrolina visitou o Hospital Materno Infantil de Juazeiro, na última segunda-feira (12), buscando informações sobre a morte de uma criança durante parto realizado naquela unidade.

A comissão de Saúde, presidida pelo vereador César Durando, passou a ponte e os limites de Petrolina com uma missão: Obter esclarecimentos sobre a morte de um bebê cuja mãe, Sandriely Lorrane de Souza, que mora na cidade pernambucana, teve que fazer o parto em Juazeiro depois de passar pelo Hospital Dom Malan.

De acordo com denúncia encaminhada à Comissão de Saúde da Câmara de Petrolina, Sandriely Lorrane buscou atendimento no Hospital Dom Malan/IMIP, no último dia 07, chegou a ser internada, recebeu alta com diagnóstico de gravidez de baixo risco, foi transferida para Juazeiro e perdeu o bebê, que nasceu morto e com denúncias de possíveis ferimentos na cabeça.

No Hospital Materno Infantil a Comissão recebeu informações e esclarecimentos da direção que descartou qualquer tipo de procedimento errado na condição do parto, atribuindo a morte da criança a outros fatores, provavelmente de coração, já que o bebê perdeu batimentos cardíacos num determinado momento, foi feito o parto cesariano e se constatpou o óbito.

A diretora do Hospital, segundo relato de membros da Comissão, disse que informações sobre ferimentos e manchas de sangue na cabeça da criança, espalhados nas redes sociais não correspondiam à verdade: “Em relação ao que foi divulgado nas redes sociais, de que o bebê estava com manchas de sangue e ferimentos na cabeça, tal fato é falso, aquelas eram manchas de resto de parto”, relatou.

A Comissão de Saúde da Câmara de Petrolina deve apresentar relatório com todas as informações sobre esse caso em sessão virtual do legislativo petrolinense.

Da redação redeGN