RedeGN - Festival Cultural do Brasil em Viena será realizado entre junho a novembro de 2021

Festival Cultural do Brasil em Viena será realizado entre junho a novembro de 2021

Entre o mês de junho a novembro de 2021, será realizado o 9 Festival Cultural do Brasil em Viena, maior evento da cultura do Brasil na Áustria.  O Festival é organizado pela Sociedade Austro Brasileira de Educação e Cultura-Papagaio, fundada no ano de 2009 em Viena, pela brasileira Vanessa Noronha Tœlle. 

Detalhe: o arqueólogo e artesão Leonardo Farias Leal nascido em Floresta, Pernambuco, foormado em São Raimundo Nonato, Piauí, Leonardo mora em Juazeiro, Bahia, conhecido no mundo das artes como "Mané Gostoso Neto", autor de centenas de cordeis, entre eles, A moça que virou carranca, O romance do Nego d'agua,  O cari encantado ou a Serpente dourada, e que tem um trabalho desenvolvido em Juazeiro Bahia será um dos participantes.

Atualmente Leonardo mora em João Pessoa, Paraíba.

O evento acontece desde 2013 com a parceria do Weltmuseum Wien, museu de etnologia da Áustria. Mais de 700 artistas brasileiros já passaram pelo Festival que tem como objetivo a divulgação e internacionalização da Cultura do Brasil. 

Diversos estados brasileiros já foram representados no Festival que em 2014 foi premiado pelo edital IBRAM/IPHAN e passou a ser considerado Ponto de Memória do Brasil na Áustria. Em 2020, devido a Pandemia, o Festival passou por adaptações e inseriu atividades virtuais na programação cumprindo assim o seu objetivo com responsabilidade e seguindo todas as regras exigidas pelas autoridades locais. 

Agora em 2021, a organização do evento pensando criteriosamente em nos mantermos saudáveis e em prol da cultura e da arte vem com a 9. edição de forma híbrida com o tema "Os Brasis", apresentado um Brasil plural através da arte, da gastronomia, da dança, da música, da literatura, do cinema, do artesanato, das manifestações culturais onde todo público poderá ter acesso de forma gratuita a toda programação. 

Para a organização do evento, é muito importante que a cultura do Brasil neste momento seja democratizada e que os artistas encontrem espaços para divulgar seus trabalhos, se expressar, debater e trocar conhecimentos.

Redação redeGN