RedeGN - Reunião discute novos empreendimentos para Juazeiro

Reunião discute novos empreendimentos para Juazeiro

O prefeito Isaac Carvalho esteve ontem (25) em seu gabinete no Paço Municipal com a superintendente da Codevasf, Ana Angélica, empresários e secretários municipais para discutir projetos para o desenvolvimento da cidade. Entre os assuntos abordados estiveram a criação da Plataforma Logística do São Francisco e a transformação do Mercado do Produtor em um Centro Agroalimentar. 
 
Em uma apresentação sucinta, o secretário de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Neiva, expôs os benefícios que a plataforma trará para Juazeiro e toda a região do Vale do São Francisco, entre eles a integração de hidrovias, ferrovias e aeroporto. Segundo Neiva, Juazeiro é considerada um pólo de desenvolvimento por ser grande exportadora de frutas, produtora de biocombustivel, além de região produtora de vinhos, entre outros. Ainda de acordo com o secretário, a intenção da administração municipal é levar o projeto ao conhecimento do governo do estado para que posteriormente o mesmo seja colocado em prática. “É necessário pensar a cidade com tudo que está previsto para chegar”, completou.
 
Após uma breve exposição da evolução dos Ceasas pelo mundo e sua geração ao longo da história, foi abordada a reestruturação do Mercado do Produtor e sua transformação num Centro Agroalimentar. Para o prefeito Isaac Carvalho, é preciso criar uma nova concepção para a estrutura. “Não cabe mais reforma no entreposto comercial, é preciso que sejam feitas mudanças significativas, potencializando o centro”, afirmou o prefeito sendo completado pela superintendente da Codevasf, Ana Angélica. “Não é possível discutir desenvolvimento sem pensar em todos esses eixos de crescimento”, ressaltou. Para o empresário Auremilton Costa é importante trazer esses grandes investimentos para Juazeiro. “É interessante realizar essa reorganização e consequentemente atrair cada vez mais produtores para a cidade”, destacou.
 
Com a implantação do Centro Agroalimentar, o Mercado do Produtor de Juazeiro que hoje recebe 150 mil pessoas por mês, será o primeiro do mundo com características de meio de inclusão produtiva e social, produtor de desenvolvimento regional e de novas tecnologias.

Secom PMJ