RedeGN - História de superação no paratletismo, Conheça o petrolinense Lukinha

História de superação no paratletismo, Conheça o petrolinense Lukinha

Superação, dedicação e compromisso são apenas algumas qualidades usadas para descrever, o jovem Petrolinense Lucas Freire, o Lukinha Paratleta. Sempre foi apaixonado por esportes e está sempre buscando novos desafios, tanto que já vem conquistando alguns títulos.

A paralisia cerebral nunca foi empecilho para ele, que desde a adolescência pratica a musculação e atuava como goleiro no futsal, com disposição de sobra e sempre com muita dedicação a tudo que faz.

E nessa busca por novos desafios, o Paratleta intensificou seus treinos em uma nova modalidade, a Petra. Esporte criado na Dinamarca em 1989 que tem como veículo uma espécie de triciclo sem pedais, suporte para tronco, assento e guidão. Uma opção para inclusão de atletas com um quadro de paralisia cerebral mais severo. A chegada da modalidade ao Brasil foi em 2009 e no ano passado, foi incluída no calendário dos Circuitos Nacionais pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

A prática da Petra, além de muito divertida, só proporcionou benefícios para Lucas. Há poucos meses, ele se tornou medalhista, com ouro e prata, no Campeonato Paraolímpico Norte Nordeste 2020 que aconteceu na cidade Recife. “Só tenho a agradecer a todos que estiveram comigo nessa grande vitória. Aos meus patrocinadores e amigos, meu treinador, gratidão” escreveu uma publicação de agradecimentos.

No seu perfil do instagram @lukinhaparatleta, o atleta da APA Petrolina, exibe orgulhoso sua trajetória e conquistas. Por toda dedicação e superação o Lukinha já é um campeão antes mesmo de ser um medalhista. Um exemplo e grande representante do Vale do São Francisco. Parabéns Lukinha!

Portal Zap