RedeGN - Professor preocupado com a falta de isolamento social faz versos e cobra posição de prefeitos

Professor preocupado com a falta de isolamento social faz versos e cobra posição de prefeitos

"Hoje eu fiquei assombrado
Ao chegar a Petrolina
Porque vi em toda esquina
O povo tão descuidado
Tinha banco tão lotado
Tanto carro em movimento
Gente andando ao relento
Como num dia normal
Saí daquele local
Voltei pro isolamento".

Os versos são de autoria do professor e poeta Paulo Robério retratando a sua preocupação com a flexibilização do isolamento social que antes de forma rígida havia sido decretado pelos prefeitos da região do Vale do São Francisco e norte da Bahia.

Paulo postou mensagem dizendo que tem manifestado, em comentários no Facebook, a preocupação e até indignação com o "afrouxamento" das medidas de contenção do coronavírus em Juazeiro e em Petrolina.

"Num primeiro momento as normas foram rígidas, oportunas, corajosas e de firmeza. Passados alguns dias, já vemos muita coisa mudada. A movimentação social nessas cidades é intensa. Lojas comercias abertas aos montes; filas quilométricas em instituições bancárias, pessoas passeando desprovidas de máscaras e sem o menor temor da situação. Com essa onda de flexibilização ou afrouxamento mesmo, dá a entender à população que a pandemia está sendo controlada, erradicada até. Com isso o medo esvai-se e a sensação de "o perigo já passou", toma conta dos desinformados", escreveu Paulo Robério.

Ainda de acordo com Paulo, o ministro Mandetta falou na dificuldade que o governo brasileiro está tendo em adquirir Equipamentos de Proteção Individuais e 8000 respiradores junto a China. Os chineses estão comercializando esses produtos para diversos países, inclusive os Estados Unidos estão comprando tudo.

"O ministro foi enfático em relação a evitarmos ao máximo a circulação social, medida prioritária para não elevar o número de infectados. Com todo esse descuido que está ocorrendo, veremos os resultados nas próximas semanas. Quem estiver vivo verá",  disse Paulo Robério enfatizando em forma de poesia:

"Vamos todos fazermos a lição 
Cada qual recolhido no seu lar
Aproveitem o momento pra estudar
Pra ficar com o pai, mãe e irmão 
Preservar a saúde é opção 
Pra quem quer ter saúde de verdade 
Ninguém ande nas ruas da cidade
Tome essa atitude decisória 
É melhor a distância provisória 
Que a lembrança eterna da saudade"

Redação redeGN Foto Facebook