RedeGN - Artigo - Tragédia na Bahia mostra que a população não é prioridade