RedeGN - Anvisa cobra do Ministério da Saúde os dados que embasaram decisão de aplicar dose de reforço no país