RedeGN - Artigo: Um erro não justifica o outro