RedeGN - Espaço do Leitor

Outros Destaques

Política

Espaço do Leitor

ESPAÇO DO LEITOR: QUASE VIREI “DE-CUJUS”!

Superstição, agouro ou presságio, fato é que no dia 5 de agosto, às 5 horas da manhã, por pouco eu não passei a morar no canzuá-de-quimbe (casa dos mortos)!

Retornando do “cooper” matinal em direção à minha residência, banhado pelo conjunto de gotas de orvalho que insistia em cair e que ainda namoravam com o lusco-fusco alvorecente, bateu-me, de opino em meu cérebro, a abelhudice, despertando-me para o fato de que a Ponte Presidente Dutra, com seus “brincos” seria reinaugurada naquele mesmo dia, com o comparecimento da Presidenta da República, Dilma Roussef...

ESPAÇO DO LEITOR: PORQUE EM JUAZEIRO TEM QUE SER ASSIM?

Vista de Juazeiro da orla de Petrolina

O juazeirense parece mesmo desprezar o que é verdadeiramente seu, suas conquistas e o próprio brilho humano que era obviamente sua força tempos atrás. Hoje, Juazeiro é uma cidade grande e torta, de poucas alegrias e festas artificiais e bobas, uma cópia fajuta do que acontece em Salvador. O carnaval já foi lindo, acabou, São João também, Fenagri não envolve mais e a cultura ficou no passado...

ESPAÇO DO LEITOR: ELEITORA DIZ QUE O PT ESTÁ “USANDO” O GOVERNO ISAAC

Meu Caro Repórter,

Tinha prometido a mim mesmo não mais escrever para esse blog nem outro qualquer, nem me envolver mais em política, contudo sou brasileira (graças a Deus) e como tal, não fico calada e fora de política por muito tempo, dai porque estou retornando ao blog para o seguinte comentário, que me deixa irritada e deixaria muito mais se não repassasse para você e para o público. Vejamos então...

ESPAÇO DO LEITOR: VERGONHA! VERGONHA! VERGONHA!

Geraldo,

Esta “obra” deste desastroso governo que eu acreditando, como muitos juazeirenses ajudamos a construir, nos faz relembrar um velho adágio popular: “Descobrir um santo para cobrir outro”. Vergonhoso! Utilizar a areia da marginal do logradouro, fazer crateras em toda a sua extensão a fim de calçar a rua, certamente para economizar areia. E quando chover? É vergonhoso, ninguém agüenta mais estes irresponsáveis...

ESPAÇO DO LEITOR: CRÍTICAS À LEI 12.403/2011 (LEI DO DESENCARCERAMENTO)

O indivíduo, vivendo sozinho e em plena liberdade, percebeu que sua condição solitária o tornava vulnerável ante aos perigos da natureza. Por esse motivo, resolveu unir-se aos seus semelhantes e viver em sociedade, como forma de se tornar mais forte e de poder enfrentar os desafios naturais.

Para viver em sociedade, os indivíduos celebram um pacto, o de limitar seu espaço de liberdade para que os direitos de cada um fossem respeitados. Surge, aí, a responsabilidade como elemento de coesão social, onde aquele que viola o direito do outro é punido para garantir a permanência da organização social...

Imagem Ilustrativa Google

ESPAÇO DO LEITOR: HOMENAGEM PÓSTUMA

MARCELO ROBERTO HIPÓLITO SAMPAIO

+ 30/07/2011..

ESPAÇO DO LEITOR: O DESCASO DA PONTE II

Geraldo,

Este é um assunto por demais comentado, então chamo à atenção da classe política de Juazeiro. Não, hoje chamo atenção da região como um todo, prefeitos, vereadores das duas cidades, deputados e demais autoridades. Estive pessoalmente visitando as obras das rampas de acesso a ponte Presidente Dutra e a descida em Juazeiro à noite, meus amigos, é um perigo só...

ESPAÇO DO LEITOR: A DANÇA DO “PUDÊ”

Nesse artigo enviado ao Blog, o bacharelando em Direito pela Uneb, Ualleson Pereira da Fonseca demonstra todo seu descontentamento com a classe política de Juazeiro. Confira: 

É notório o fracasso de quem governa Juazeiro. Posso até parecer precipitado, mas, por aqui, infelizmente, essa afirmação caminha firme em direção à unanimidade. Porém, temos de ter a sensatez de que esta não será atingida por conta dos contratados que estão trabalhando no município que não se submeteram a concurso público, apesar da promessa de mudança. ..

ESPAÇO DO LEITOR: ATÉ QUANDO?

Leitor faz comparativos das receitas na gestão de Misael Aguilar e do atual prefeito Isaac Carvalho, e diz que a postura com os gastos públicos é semelhante. Confira: ..

ESPAÇO DO LEITOR: O EXERCÍCIO DA IMORALIDADE

Quando no curso dos acontecimentos humanos se torna necessário um povo dissolver laços políticos que o ligavam a outro, e assumir, entre os poderes da terra posição igual e separada, a que lhe dão direito as leis da natureza e as do Deus da natureza, o respeito digno às opiniões dos homens exige que se declarem as causas que os levam a essa separação. Consideramos estas verdades como evidentes por si mesmas, que todos os homens foram criados iguais, foram dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, que entre estes estão a vida, a liberdade e a busca da felicidade (John Hancock).

A fim de assegurar os sagrados direitos dos cidadãos como: Segurança, educação, saúde, cultura, lazer, dignidade garantindo, assim, a auto-estima e felicidade do povo, governos são instituídos entre os homens, derivando seus justos poderes do consentimento dos governados; que, sempre que qualquer forma de governo se torne destrutiva de tais fins, cabe ao povo o direito de alterá-lo ou aboli-lo e instituir novo governo, baseando-o em tais princípios e organizando-lhe os poderes pela forma que lhe pareça mais conveniente para realizar-lhe a segurança e a felicidade. ..

ESPAÇO DO LEITOR: A VINDA DO GOVERNADOR X MÃOS DADAS (Drummond)

Quais são os critérios para ser um bom político? Ter uma boa oratória ou ser filho do Rei? Correr atrás do governador seria também ser um bom político, ou ter um bom partido? Como assim partido? Quem ali tinha algum partido? Todos os políticos numa mesma direção.

Momentos de encontrarmos bons amigos e pousar para fotos juntos. Política. Extremamente sóbria e embriagada. Vi olhares oriundos de imperfeições, sujos como as mentes de muitos e importunos como o lixão. Pude cumprimentar autoridades, ter contatos com empresários, falar sobre a Feira seria mais interessante, já que o momento era pra isso, se não fosse o que eu ouvi perante o governador...

UTILIDADE PÚBLICA: POR QUE PASSARINHOS NÃO BICAM CARAMBOLA?

Isto é verdade. Pois infelizmente um conhecido nosso veio a falecer depois que comeu carambola. E ele não sabia e tinha um problema renal...

A Câmara de Vereadores da cidade de Jaú, no interior de São Paulo, aprovou por unanimidade um projeto do vereador José Mineiro de Camargo (PSB) que obriga estabelecimentos como lanchonetes, bares, restaurantes, hospitais e repartições públicas municipais a afixarem cartazes alertando para o risco do consumo da carambola e do suco da fruta...

ESPAÇO DO LEITOR: “RODEIO USA PLACA FEDERAL PARA SINALIZAR LOCALIZAÇÃO DO EVENTO”

Amigo Geraldo,

Estou enviando essas fotos que demonstram mais uma vez que membros do governo do município têm o poder de fazer o que bem entende na cidade, inclusive, desrespeitar as leis. Ou melhor, agindo com dois pesos e duas medidas...

ESPAÇO DO LEITOR: "Isaac desrespeita Lei da Transparência e comete ato de Improbidade Administrativa"

 
O leitor Fernando Júnior enviou email ao blog cobrando maior transparência da gestão do prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho. Confira:
 
É notória a necessidade de transparência das contas públicas. Com orígem no princípio constitucional da publicidade, este tema de relevante importância social vem recebendo maior destaque em leis recentes. Pela Lei Complementar 131/2009, a transparência será assegurada mediante “liberação ao pleno conhecimento e acompanhamento da sociedade, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira, em meios eletrônicos de acesso público”.
 
Desde sempre, a Prefeitura de Juazeiro não atualiza seu site em tempo real. Só a título de exemplo, na última terça-feira, dia 26/07, consta como última atualização no site http://transparencia.juazeiro.ba.gov.br/ os pagamentos realizados no dia 20/06, ou seja, mais de um mês defasado.
 
O mais grave vem agora. Desde o dia 13 de maio, não consta no site o mais importante: os valores pagos pela Prefeitura de Juazeiro aos prestadores de serviço, fornecedores, diárias...
 
Lembro ao Prefeito Isaac que as cidades que não cumprirem com a obrigação prevista na Lei da Transparência podem deixar de receber recursos de transferências voluntárias, e os prefeitos correm o risco de ser enquadrados na Lei de Improbidade Administrativa, com a perda da função pública e suspensão dos direitos políticos por um período de três a cinco anos. A prefeitura também fica impedida de receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de até três anos.
 
Não faço aqui uma crítica gratúita, nem quero que àqueles defensores do Prefeito percam o controle dos nervos e se façam de vítimas. O eleitor vota e paga impostos, portanto tem direito de saber onde o dinheiro da Prefeitura está sendo investido, que por sua vez, tem o DEVER e a OBRIGAÇÃO de detalhar as despesas custeadas pelo erário público.
 
Mandato eletivo ou cargo de confiança não é carta branca para dispor do dinheiro público como bem entender. O administrador que resiste em levar as contas públicas ao conhecimento do povo, não respeita a população, muito menos é digno dos votos que recebeu.
 
Fernando Júnior
..

ESPAÇO DO LEITOR: COMUNITÁRIO DO LOTEAMENTO ELDORADO AGRADECE AÇÃO DO PODER PÚBLICO

Leitor do loteamento Eldorado, Luciano Medrado insistiu, insistiu e acabou conseguindo da administração municipal a limpeza da comunidade. El, no entanto, reitera apelo à Secretária de Desenvolvimento Urbano, Célia Regina, para que realize o calçamento das ruas do loteamento conforme promessa de outros membros do governo Isaac Carvalho. Confira:

Olá Geraldo,..

É TENDÊNCIA MUNDIAL

A descentralização e a interiorização de capitais e investimentos são sem sombra de dúvida, uma tendência mundial. E como fato e tendência tão abrangente que é, vem atingindo várias cidades do nosso planeta que tem propensão de crescimento. O mercado consumidor, a disponibilidade de mão de obra, a especulação imobiliária, a infra-estrutura, a matéria-prima, a isenção fiscal, entre outros; são fatores que influenciam na dispersão de investimos em escala global, nacional, regional e local.

Diante os avanços verificados nos setores de transporte, comunicação e de informatização, as condições necessárias para a integração de regiões foi favorecida; propiciando assim, a concretização dessa tendência...

ESPAÇO DO LEITOR: FALTA DE CIDADANIA OU POLÍTICA LITERALMENTE SUJA?

Prezado Geraldo,

Fico indignado com o comportamento de alguns “cidadãos” da nossa querida cidade. Estou falando de cidadania, não de política. Frequentemente solicito a Secretaria de Serviços Públicos para realizar limpeza num local próximo a minha casa...

ESPAÇO DO LEITOR: O JARDIM DAS FLORES DO RECESSO

 

A eleição do atual prefeito suscitou um desespero nas antigas oligarquias de Juazeiro. Quando se viram longe do poder, entraram em parafuso, fazendo oposição a qualquer custo, de todo modo, com ataques pessoais, numa tentativa de desqualificar o trabalho que vem sendo realizado pelo prefeito Isaac Carvalho. É como se todos os problemas da cidade, que são muitos, é verdade, tivessem surgido de dois anos para cá. Logo eles, que se locupletaram dos cargos públicos durante um período que chega há meio século. Agora se utilizam de flores do recesso, buscando holofotes da imprensa, com notícias sem valor, criadas.

Fica claro que os opositores não brigam por uma Juazeiro desenvolvida, com os seus problemas resolvidos como falta de calçamento, melhorar a infraestrutura urbana. Eles brigam é por Poder! A nossa cidade, oficialmente, têm 350 km de ruas, sendo apenas 150 pavimentadas, destas cerca de 80 % precisam de reparos. O prefeito tem divulgado freqüentemente essa informação, para que as pessoas saibam que, com 133 anos de cidade, é assim que Juazeiro foi tratada. O atual prefeito tenta reparar esse déficit com um programa para pavimentar mais de 100 ruas da cidade. Espero que consiga, pois já vi na imprensa que as primeiras ruas foram inauguradas, mas espero também que não tenha sido motivado apenas pelas comemorações do aniversário da cidade...

ESPAÇO DO LEITOR: SEM PERDÃO

Ao poucos os filhos de Juazeiro e outras pessoas comprometidas com o futuro da nossa terra estão sendo afastadas do poder municipal. Parece até que o objetivo do governo é afastar todos e tudo que, de alguma forma queiram o bem da terra e do povo de Juazeiro.

Primeiro foi o PV. Partido ficha limpa que abriga nas suas fileiras uma grande maioria de juazeirenses que sonham em transformar a nossa terra no lugar dos nossos sonhos, dos nossos filhos e futuras gerações. Depois foram derrubando pessoas que, no governo dariam uma grande contribuição ao desenvolvimento do município...

OS ERROS HUMANOS E OS ERROS DESUMANOS (JUAZEIRO TEVE DISSO, TEM DISSO?!)

Onde mais aprendemos: com os erros ou os acertos? Tendencionamo-nos por natureza aos dois lados. A historicidade comprova. A dialética razão diferencial de o ser humano e de o ser desumano. Se atentarmos bem na existência haverá o enxergamento de que os erros conduzem, controlam, monitoram, dão os rumos de todas as vertentes e tendências da psicologia, sociologia, ideologia e fé.

Os acertos, coitados, correm pianinhos.

Sugiro, madrugada dessas leitor, que cá consigo, sofazei-se acerca dos erros. Por certo chegará às suas duas vertentes: OS ERROS HUMANOS HUMANOS E OS ERROS HUMANOS DESUMANOS...

JUAZEIRO NA RAMPA DO ATRASO!

Há décadas atrás, a cidade de Petrolina-Pe construía o viaduto Barranqueiro, que na época foi objurgado por muitos petrolinences como um verdadeiro absurdo, na ocasião muitos achavam um desnecessário uso do erário público, no entanto, não sabiam estes que quem projetara o viaduto pensava em uma Petrolina com mais uma alternativa viária moderna, que décadas depois comprovaria sua acentuada importância para o desenvolvimento metropolitano da cidade.

Em outro plano de desenvolvimento, a cidade juazeiro-Ba investia na construção de rampas, que surgiam à esquerda e à direita da imponente barreira que divide a cidade, conhecida popularmente como “Banca”, tendo as rampas como finalidade permitirem o acesso de veículos (carroças) e transeuntes da juazeiro “oriental” à Juazeiro “ocidental”, e vice e versa. Com o passar dos tempos, com o acréscimo natural de veículos e de pessoas, novas rampas surgiram, enquanto outras antigas eram nulificadas, e como justificativa ao aumento do número de rampas, figura a busca incessante pelo poder público por alternativas com o intento de desafogar o transito na cidade...

UMA LUZ QUE SE APAGA

A emoção me impediu de elaborar o texto logo após a ocorrência do verdadeiro tsunami que se abateu sobre Uauá, durante esta semana. Nada poderia ser mais trágico. A estrutura emocional das pessoas desabou nesta última semana acompanhada de profunda dor, como se fosse um pesadelo. 

A vida reserva às pessoas modificações repentinas de trajetória, cujos fatos fogem ao controle natural das decisões próprias que se espera de cada uma. Nessas circunstâncias, vontades e planos são repentinamente alterados de forma aleatória, fazendo com que o curso da vida se defina em direção a se evitar a ocorrência das tragédias ou se projetar em sua direção. Quantas histórias são contadas de pessoas que perdem o embarque em viagens que logo depois resultam em acidentes fatais e outras que não estavam programadas e são levadas ao embarque em direção à morte! Há os que afirmam que está escrito no livro da vida, que o dia da partida já está lançado e não tenho como contrariar essa afirmação. ..