RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 159 registros para a palavra: sisu

Sisu: começou hoje prazo de adesão de instituições públicas de educação

Começa nesta segunda-feira (8) - e vai até a próxima sexta-feira (12) - o prazo de adesão de instituições públicas de educação superior ao primeiro processo seletivo de 2021 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O edital contendo o cronograma e procedimentos do primeiro processo seletivo de 2021 do Sisu foi publicado no Diário Oficial da União de 22 de janeiro.

A seleção dos candidatos às vagas é feita por meio dos resultados obtidos pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), referente à edição de 2020...

Divulgado resultado parcial de homologação das matrículas do 3º Remanejamento do Sisu 2020

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou nensta quarta-feira (3) o resultado parcial da homologação das matrículas do 3º Remanejamento do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020, por meio da Portaria Nº 40/2021.

Os candidatos que não obtiveram a homologação da matrícula podem interpor recurso por meio do sistema Sase, na aba Recurso, até as 23h59 desta sexta-feira  (5)...

Univasf divulga 3º Remanejamento do Sisu 2020

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou a relação de convocados no 3º Remanejamento do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020. Os candidatos devem confirmar o interesse na vaga até as 23h59 desta segunda-feira, 25 de janeiro, conforme estabelece a Portaria nº 34/2021, como parte do processo de matrícula nos cursos presenciais de graduação.

Os documentos necessários para a matrícula já foram postados pelos candidatos na etapa da CPLE online e serão analisados pela Comissão Gestora do Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos de Graduação Presenciais (PS-ICG 2020). Se faltar algum documento ou houver problemas de legibilidade, a Comissão Gestora solicitará por e-mail a complementação dos documentos, que deverá ser feita obrigatoriamente pelo Sistema Sase...

UNEB retoma cronograma de matrículas (3ª chamada) do SISU 2020.1 a partir de 07/12

A UNEB divulga a retomada das convocatórias para validação documental (acesso pelo Sistema de Cotas) e para efetivação de matrículas dos candidatos classificados em processos seletivos para cursos de graduação presencial da instituição. 

Assim, a universidade convoca para matrícula os aprovados, em 3ª chamada, pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU 2020.1), do Ministério da Educação (MEC), nos cursos de graduação oferecidos pela universidade. ..

UPE aprova bônus regional de 10% na nota do ENEM para os cursos de medicina, odontologia e direito

Benefício será concedido aos candidatos do Sisu já no próximo ano. O estudante precisa ter feito ensino médio e morar nas regiões onde os cursos são ofertados.

A Universidade de Pernambuco (UPE), órgão ligado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), irá conceder bônus de 10% na nota do Enem para estudantes do Estado que se inscreverem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e que forem concorrer aos cursos de Medicina, Odontologia e Direito...

Matrículas para a primeira chamada do Sisu terminam amanhã

Termina nesta terça-feira (21) o período de matrícula dos candidatos selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020.2. Amanhã também é o último dia para os candidatos que não foram convocados para nenhuma das duas opções de curso selecionadas declararem interesse na lista de espera das vagas remanescentes. Para a lista de espera serão adotados os mesmos critérios anteriores de classificação da primeira chamada. O resultado será no dia 24 de julho. A segunda edição do Sisu recebeu 814.476 inscritos.

Esta é a primeira vez que há vagas pelo programa em cursos de graduação na modalidade de ensino a distância (EaD). Os candidatos que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e se cadastraram no sistema disputaram 51.924 vagas, ofertadas em 57 instituições públicas de educação superior do país. ..

Resultado do Sisu do segundo semestre já está disponível no site

O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2020 já está disponível no site oficial do Sisu. Para fazer consulta, o candidato deve informar o número de inscrição e a senha. O período para matrícula da chamada regular será de 16 a 21 de julho. O resultado foi divulgado na manhã desta terça-feira (14), pelo Ministério da Educação (MEC).

Ao todo, mais de 814 mil inscrições foram feitas. Segundo o MEC, mais da metade desses estudantes – 424.991 mil – disputam 51.924 vagas ofertadas em 57 instituições públicas de educação superior do país...

MEC diz que resultado do Sisu sai nesta terça (14)

Em todo país, mais de 814 mil estudantes estão na expectativa pelo resultado da primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que sai nesta terça (14). 

Segundo o Ministério da Educação (MEC), mais de 50% desses estudantes - 424.991 mil - disputam 51.924 mil vagas ofertadas em 57 instituições públicas de educação superior do país. O período para matrícula da chamada regular será de 16 a 21 de julho...

UNEB oferta 454 vagas e 225 sobrevagas pelo SISU para ingresso no semestre 2020.2

As inscrições pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), terminam nesta sexta-feira (10). Os interessados em participar devem realizar inscrição no site oficial do Sisu.

Para o segundo semestre letivo de 2020, a UNEB vai ofertar 454 vagas e 225 sobrevagas, distribuídas em 45 opções de cursos da modalidade graduação presencial...

Terminam hoje inscrições para o Sisu

Estudantes que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem se inscrever, até esta sexta-feira (10), para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do meio do ano. Serão oferecidas mais de 51 mil vagas em instituições de ensino superior do país.

Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020.2 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Além de ter feito o Enem de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar...

Começam hoje inscrições para o Sisu

A partir de hoje (7), estudantes que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem se inscrever para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do meio do ano. Até sexta-feira (10) serão oferecidas mais de 51 mil vagas em instituições de ensino superior do país. 

Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020.2 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Além de ter feito o Enem de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar...

INSCRIÇÕES SISU: Candidatos devem ter cadastro no gov.br para concorrer às vagas

Os interessados em disputar uma vaga no ensino superior pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem ficar atentos! O período de inscrições para o Sisu do segundo semestre (2º) deste ano terá início na próxima terça-feira (07), e será encerrado na sexta-feira (10).

Os candidatos só terão esse período para escolher as vagas e se inscrever no Sisu, por isso, é bom se preparar para não ter problemas no ato da inscrição, quando é exigida a senha do cadastro no portal de serviços do Governo Federal. ..

Univasf realiza processo de heteroidentificação de matriculados na Chamada Regular do Sisu 2020 nesta terça (3) e quarta-feira (4)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) convoca os candidatos às vagas reservadas a pretos e pardos (Grupos L2, L6, L10 e L14), por meio do Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos de Graduação Presenciais (PS-ICG) 2020, para realizar o procedimento de heteroidentificação.

Veja a íntegra da matéria AQUI..

Apesar de decisão, batalha judicial sobre o Sisu continua

A batalha nos tribunais com questionamentos ao resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) prossegue, apesar de o governo Jair Bolsonaro ter conseguido na Justiça a liberação dos aprovados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

O número de ações tem aumentado desde que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu no dia 18 de janeiro erros na divulgação das notas dos participantes do exame. Até a sexta-feira (31), a Advocacia-Geral da União (AGU) atuava em 50 processos com pedidos para a revisão dos resultados.

Responsável pela prova, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) afirma que 5.974 participantes receberam notas com erros. Segundo o órgão, a pontuação desses candidatos já foi corrigida.

O desempenho no Enem é usado pelo Sisu para selecionar estudantes para universidades de todo o país.

Desde terça-feira (28), quando o Superior Tribunal de Justiça (STJ) atendeu ao governo e derrubou ação que suspendia a divulgação das listas de aprovados, são mais nove processos sobre os resultados.

Há ações em 17 estados. Do total, quatro delas foram indeferidas e sete, individuais, concedidas. Não entra na conta a ação já derrubada no STJ, movida pela Defensoria Pública da União. A AGU afirmou que recorreu de todas as decisões até agora.

Apesar de alguns participantes terem conseguido liminar para a reavaliação dos resultados, o Inep ainda não atendeu essas determinações. A reportagem questionou o instituto sobre isso, mas não obteve resposta.

A primeira decisão foi concedida no Pará, na quinta-feira passada (23). A Justiça Federal determinou a revisão da correção da prova objetiva de uma estudante, autora da ação, nas áreas de linguagens e ciências humanas.

O prazo para o atendimento da ordem era de 48 horas. O Inep recorreu, com o argumento de que não houve prejuízo aos participantes, mas até agora não cumpriu a decisão. Na quarta-feira (29), uma nova decisão no Pará reforçou a obrigação de o Inep revisar as notas da candidata.

No despacho, o juiz Jorge Ferraz de Oliveira Junior afirma que deferiu o pedido para que "se afaste eventual dúvida quanto à limitação geográfica da divergência entre o caderno de prova e o gabarito oficial".

Mais de 95% dos quase 6.000 participantes do Enem afetados pelo erro reconhecido pelo Inep estão concentrados em quatro cidades: Viçosa, Ituiutaba e Iturama, em Minas Gerais, e Alagoinhas, na Bahia. Entretanto, há casos específicos espalhados por todo o Brasil, com exceção dos estados de Roraima e Amapá. O Inep não explicou por que há essa dispersão.

A decisão do juiz do Pará determina ainda a expedição de mandado, a ser cumprido por oficial de Justiça, para que o Inep comprove o cumprimento da decisão no prazo de 72 horas. O não atendimento está sujeito a pena de multa diária de R$ 500.

"O que estão fazendo com todos é um absurdo, ainda mais quando o ministro beneficia um aliado pelo Twitter", diz o advogado Toya Alexsandro Santos, que defende a filha nessa ação.

A Folha de S.Paulo revelou no domingo (26) que Weintraub determinou nova análise da prova do Enem de uma candidata após receber por rede social uma reclamação do pai dela, que nas sua publicações se mostra alinhado ao governo Bolsonaro.

Weintraub divulgou imagens de conversas com o presidente do Inep, Alexandre Lopes, em que ambos tratam do caso. O órgão disse na ocasião que "não realizou nenhuma revisão individual a pedido do ministro, somente comunicou a ele o resultado das análises previamente feitas".

Na mensagem recebida por Weintraub, entretanto, o presidente do Inep relata informações específicas da participante, como o seu local de prova. "Fez a prova em Ribeirão Preto/SP. Conferido com a aplicadora", diz a mensagem.

O MPF (Ministério Público Federal) em Minas Gerais havia entrado com uma ação civil pública pedindo revisão das notas e interrupção do Sisu. Essa ação foi indeferida pela Justiça, e a Procuradoria ainda avalia se vai recorrer.

O erro nas notas foi causado porque, segundo o governo, houve troca de gabaritos devido a uma falha na gráfica que imprime o Enem desde o ano passado. Dessa forma, provas de uma cor foram corrigidas de acordo com o gabarito de avaliações de outra cor.

De acordo com informações da gráfica Valid, duas fases dos protocolos de controle falharam e não identificaram erros nos códigos dos gabaritos.

A Folha de S.Paulo revelou na quarta-feira (29) que o Inep abriu mão de fazer um recálculo nos parâmetros das questões da prova.

Como o Enem usa uma metodologia chamada TRI (Teoria de Resposta ao Item), o cálculo da nota final do candidato depende do grau de dificuldade das questões e do padrão de acertos --se o candidato acertou questões difíceis e errou as fáceis, a pontuação é menor, porque o modelo considera que ele chutou.

Para que a metodologia funcione, a prova precisa ser calibrada com o resultado de uma amostra de alunos para que seja atribuído o peso das questões. Mas, após a identificação de notas com erros, o Inep não refez esse procedimento. Funcionários do MEC e do instituto afirmaram à reportagem que, dessa forma, eles não têm 100% de confiança nos resultados.

Como esse cálculo exigiria mais tempo para ser concluído, o governo Bolsonaro o deixou de lado para dar uma resposta rápida aos erros e manter o cronograma do Sisu.

O Inep defende a confiança dos resultados e diz garantir que não há mais casos de erro. À Justiça o instituto ainda argumentou que tem evidências técnicas de que esse recálculo seria uma medida inócua.

Para chegar ao número de afetados, o órgão inicialmente identificou quatro casos com erros e fez cruzamentos em uma amostra de participantes que tinham divergências de notas parecidas --casos com grande diferenças entre os resultados das provas do primeiro e segundo dia.

O Inep então cruzou os gabaritos corretos e também as outras opções de cor para encontrar inconsistências. Após esse processo, chegou ao número final de 5.974 casos.

O governo recebeu 172 mil reclamações de notas. Participaram do Enem 2019 cerca de 3,9 milhões de estudantes...

Matrículas dos aprovados no Sisu 2020 para a Univasf vão até terça-feira 4

Do dia  (31) até terça-feira (4), a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) estará mais movimentada do que costuma ser devido ao período de realização das matrículas dos candidatos aprovados na Chamada Regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020. Este ano, 1.610 vagas serão preenchidas nos 30 cursos de graduação presenciais ofertados pela Instituição em todos os sete campi, nos estados de Pernambuca, Bahia e Piauí.

As matrículas estão sendo realizadas presencialmente no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h, no campus onde é ofertado o curso selecionado pelo candidato (exceto os convocados para os cursos ofertados nos campi de Petrolina e Juazeiro, cujas matrículas serão concentradas no Campus Sede, no Centro de Petrolina). Os candidatos devem comparecer aos locais de matrícula com a documentação exigida no Edital N° 1 do PS-ICG 2020. No Campus Sede, o clima na manhã de hoje foi de tranquilidade e alegria. Muitos candidatos vieram acompanhados pela família e amigos, compartilhando juntos a conquista de entrar em uma universidade federal...

Em meio a crise no Sisu e Enem, secretário de Educação Superior do MEC pede demissão

O secretário de Educação Superior do MEC (Ministério da Educação), Arnaldo Lima Junior, pediu demissão nesta quinta-feira (30). Ele alegou motivos pessoais para deixar o cargo. Lima Junior apresentou o pedido de demissão por meio de carta, obtida pela reportagem. O agora ex-secretário era um dos principais auxiliares do ministro Abraham Weintraub. 

A saída dele se dá em meio a crise após a divulgação de notas do Enem com erros. A prova é usada para selecionar estudantes para universidades de todo o país por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Na carta, Lima Junior afirma que se desliga da secretaria do MEC "para abraçar um novo propósito profissional"...

UNEB CONVOCA COTISTAS APROVADOS NO SISU 2020.1 PARA VALIDAÇÃO DE MATRÍCULA

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) de Juazeiro convoca os candidatos cotistas aprovados no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020.1 para validar a matrícula. O prazo termina nesta sexta-feira (31/01) e os selecionados devem apresentar alguns documentos. A lista com a documentação necessária está disponível no site do SISU/UNEB e no edital de matrícula.

No Departamento de Ciências Humanas (DCH) a validação acontece na sala da UATI, no horário das 8h às 12h. Já no Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS), o atendimento é no prédio administrativo. Essa fase de validação é obrigatória e eliminatória para o acesso dos candidatos ao sistema de cotas da universidade.   ..

Univasf divulga aprovados na Chamada Regular do Sisu 2020 e convoca para matrícula a partir de sexta-feira (31)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou, ontem (29), a lista de candidatos aprovados na Chamada Regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020 para Ingresso nos Cursos de Graduação Presenciais (PS-ICG) 2020. As matrículas serão realizadas nas próximas sexta-feira (31), segunda (3) e terça-feira (4).

Os candidatos deverão observar atentamente o local de matrícula dos cursos para os quais foram aprovados e a documentação exigida para o procedimento. A Univasf disponibiliza neste processo seletivo 1.610 vagas para 30 cursos de graduação em sete campi, localizados nas cidades de Petrolina e Salgueiro (PE), Juazeiro, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso (BA) e São Raimundo Nonato (PI)...

Estudantes de Juazeiro e Petrolina vivem apreensão em relação à divulgação dos resultados do Sisu

Estudantes pernambucanos e baianos estão apreensivos em relação ao futuro acadêmico. Em Juazeiro, a candidata, Francisca Paiva, 47 anos é uma das que espera ansiosa a decisão. De acordo com a estudante "é um descuido e falta de respeito um erro destes que coloca em risco toda a confiança no Enem". 

Gabriel Marques, 17 anos, disse que o pior de viver a expectativa pelo resultado do Sisu é a ausência de um posicionamento oficial do MEC sobre o assunto. “Tem sido muito estressante. A gente fica pensando em mil possibilidades do que pode acontecer”, afirmou. Ele busca uma vaga na licenciatura em história da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)...

STJ libera divulgação do resultado do Sisu

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, decidiu hoje (28) liberar a divulgação do resultado das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A divulgação pelo Ministério da Educação (MEC) estava prevista para esta terça-feira, mas foi suspensa por uma liminar da Justiça de São Paulo, que também impediu o início das inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni).

A decisão do presidente foi motivada por um recurso protocolado na noite de ontem (27) pela Advocacia-Geral da União para derrubar a liminar proferida pela desembargadora Therezinha Cazerta, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), que decidiu manter em vigor outra liminar concedida pela primeira instância da Justiça Federal para suspender a divulgação, sob alegação de que o governo ainda precisa dar um posicionamento “seguro e transparente” sobre a correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. As notas no exame são usadas pelos estudantes para fazer inscrição no Sisu e concorrer a vagas em universidades públicas em todo o país...