RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 953 registros para a palavra: professores

Aprovada a exigência de curso superior para professores da educação básica

A exigência de curso superior para professores da educação básica foi aprovada no Plenário do Senado, nesta quarta-feira (7). O substitutivo ao projeto de lei que prevê tal exigência (PLC 280/09) volta para a Câmara, já que o Senado modificou o texto aprovado naquela Casa.

A versão aprovada em Plenário, modificada pela senadora Fátima Cleide (PT-RO) na Comissão de Educação (CE), permite que os professores com formação de nível médio - na modalidade Normal - que não tenham nível superior continuem a atuar na educação básica, desde que obtenham o respectivo diploma no prazo de seis anos.

Quando foi enviado ao Congresso pela Presidência, o projeto, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), exigia nível superior (em curso de licenciatura realizado em universidades ou institutos superiores de educação) para os professores da educação básica. Apenas nas localidades onde comprovadamente não houvesse formados em nível superior é que seria admitida a contratação de professores com nível médio para a educação infantil e as quatro séries iniciais do ensino fundamental. A alteração flexibiliza essa imposição...

Professores comparecem em grande número ao Terceiro dia do Seminário Direito à Diversidade

Dando continuidade às atividades do VI Seminário de Formação de Gestores e Educadores do Programa Direito à Diversidade, promovido pela Prefeitura de Juazeiro, aconteceu na manhã desta quarta-feira (7) no auditório do Grande Hotel mais uma palestra para discussão e aprofundamento do tema.

Com um auditório lotado de profissionais de vários municípios do Norte da Bahia, a professora Mércia Melo, abordou “A educação de pessoas com deficiência na perspectiva dos direitos humanos”, discutindo questões legais exemplificadas com situações reais. “Muitas vezes o problema não está na criança com alguma diversidade, mas em nós. Será que estamos preparados? Então quanto mais investimos, mais podemos esperar em troca”, afirmou a professora.

O objetivo do evento que acontece até sexta-feira (9) é discutir a política nacional da educação especial garantindo atendimento diferenciado para alunos com necessidades especiais. A proposta agradou aos professores que fazem atendimento educacional especializado.

Em Juazeiro existem aproximadamente 600 crianças com necessidades especiais que estudam em salas comuns de ensino e tem um atendimento especializado em horário oposto onde trabalham individualmente com os professores de AEE acompanhados também por médicos e pelos pais. Dentro da programação do seminário ainda haverá palestras, oficinas, mesas redondas e apresentação do resultado final do evento. ..

Professores do DCH III retornam às aulas no dia 28 de Junho

Professores do Departamento de Ciências Humanas, campus III, em reunião realizada sexta-feira (18) decidiram aprovar um calendário de retorno às aulas letivas na graduação para o dia 28 de Junho, em virtude da dificuldade de mobilizar alguns alunos para o retorno, pois alguns deles retornaram as suas cidades de origen e de já haver um recesso letivo programado para o dia 22 até o dia 27, decretado pelo Governo do Estado face aos festejos juninos. Nos dias 19 e 21, professores do Departamento ficarão responsáveis por ações administrativas como a realização de duas bancas de Seleção Pública para professor substituto.
..

Professores fecham acordo com o executivo e encerram greve em Uauá

Depois de duas semanas com as atividades paralisadas em Uauá, os professores da rede municipal de ensino voltaram às aulas. Os sindicatos dos professores APLB e o SINDISMU fecharam acordo com o prefeito de Uauá Jorge Lôbo, após reunião na última sexta-feira (11), realizada na Secretaria de Educação. No acordo ficaram definidas as seguintes metas:

1. Aprovação do plano de cargos e salários em Julho
2. Pagamento do retroativo dos graduados em junho
3. Pagamento de 1/3 de férias agora em junho;
4. Caixa extra para as escolas bancarem suas festinhas (sem pedir ajuda ao professor, pais e alunos);
5. Boas condições de trabalho: Professor não vai mais ficar em salas que prejudiquem sua saúde e dos alunos.
6. Material para desenvolvimento do trabalho: Cadeiras, birô, etc...
7. Acompanhamento do ajuste do FUNDEB 2009, Através da folha de pagamento mensal e anual dos profissionais efetivos em educação, sendo que haverá um balanço ao final do ano letivo, obtendo restos dos 60 % anuais. ..

Univasf abre inscrições para Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Matemática do Ensino Médio‏

Estão abertas até hoje (15), as inscrições para o terceiro módulo do Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Matemática do Ensino Médio (Papmem), organizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) em parceria com diversos cursos de Matemática do País. Em Petrolina a parceria é com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), através do Colegiado de Engenharia Mecânica. As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas na Univasf, na Pró-reitoria de Integração (Proin) ou por meio eletrônico. Neste caso o candidato deverá preencher a ficha de inscrição que está disponível no endereço www.proin.univasf.edu.br, e enviar para o e-mail papmem.cirino@gmail.com.

Para este terceiro módulo são oferecidas 60 vagas destinadas a professores de Matemática do ensino fundamental e médio, bem como estudantes matriculados em cursos de licenciatura e bacharelado em Matemática. Os participantes deverão apresentar no primeiro dia do curso, documentação que comprove a atuação profissional em sala de aula, ou se estudante, o comprovante de matrícula em curso de graduação na área exigida.

O curso será ministrado no período de 19 a 23 de julho de 2010, na Univasf (sala 17/campus Petrolina Centro) por professores do Impa, através de vídeoconferência. O programa também disponibilizará material didático.

Além das videoconferências realizadas pela manhã, as atividades seguirão no turno da tarde com trabalhos em grupo e resolução de exercícios sob a orientação dos professores da Univasf, Alexandre Ramalho, Edson Araújo Leite, Lino Marcos e Severino Cirino de Lima Neto, coordenador local do projeto. A Programação do Papmem pode ser obtida no endereço eletrônico http://www.proin.univasf.edu.br/.
  ..

Professores da Uneb entram em greve por tempo indeterminado

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) entraram em greve por tempo indeterminado nesta sexta-feira, 11. As outras universidades estaduais (Uesf, Uesc e Uesb) encontram-se em estado de greve e farão assembleia para decidir se aderem ao movimento iniciado pela Uneb, de acordo com Abraão Félix, integrante do Comando de Greve da unidade. Os docentes querem que o governo abra a mesa de negociação e alegam que já tiveram encontros com representantes da Secretaria de Educação do Estado, mas que a conversação não foi iniciada de fato. "O que queremos é negociar. A pauta foi protocolada no ano passado e o governo propõe que a gente só comece isso (negociar) em 10 de novembro. Para a pauta que já foi entregue (à mesa de negociação), já deveria ter acontecido", diz Abraão Félix. ..

PROFESSORES DE CASA NOVA AMEAÇAM NOVA GREVE DEPOIS DO RECESSO JUNINO

A APLB Sindicato de Casa Nova realizou na última quarta-feira, dia 09, uma assembléia geral da categoria que contou com a participação do corordenador geral licenciado, da secretária de organização Ivone Azevedo, do Diretor Regional Ailton Ribeiro Rodrigues, do Coordenador do núcleo de Sento-Sé José popular Guara e de Ana Paulas, também de Sento-Sé.

A assembléia teve uma participação de mais de 200 pessoas e ficou decidido que, caso não haja sinalização para reajuste salarial ainda este mês, os professores e demais trabalhadores em educação, farão greve após o recesso junino. Maria Rocha, dirigente sindical disse que "O FUNDEB vem aumentando seus recursos consideravalmente e a prefeitura alega sempre que foi ultrapassado o limite de pessoal, o que não convence, tendo em vista, que não houve aumento de pessoal. Nós então aprovamos esse indicativo de greve". ..

Uneb seleciona 73 professores e oferece 200 vagas para curso em EaD

A Universidade do Estado da Bahia (Uneb), por meio da Gestão de Projetos e Atividades na Modalidade a Distância (Gead), está com inscrições abertas, até 14 deste mês, para seleção simplificada de professores-tutores para os cursos de pós-graduação, aperfeiçoamento e extensão na modalidade de educação a distância (EaD) da instituição. Estão sendo disponibilizadas 73 vagas, sendo 45 para tutores a distância – que vão atuar em Salvador – e 28 para a tutoria presencial, distribuídas em 11 polos no interior. A oportunidade é voltada para profissionais graduados, preferencialmente com experiência em EaD ou nas áreas de direitos humanos e educação ambiental, de acordo com o edital da seleção.

Os interessados devem preencher formulário on-line de inscrição e indicar o link para currículo na plataforma lattes. O processo seletivo consiste em análise curricular e entrevista. O resultado está previsto para ser divulgado em 22 deste mês. Os aprovados vão receber bolsa mensal de R$ 765. O tempo de duração da tutoria varia de acordo com o calendário acadêmico de cada curso. Concomitantemente ao processo seletivo para tutores, a Gead está realizando seleção para a primeira turma do Curso de Formação em Educação a Distância.

Estão sendo oferecidas 200 vagas para coordenadores, professores e tutores em atuação nos cursos de graduação e especialização da Uneb na modalidade EaD. Os pré-requisitos para concorrer às vagas estão detalhados na chamada interna da seleção. As inscrições, gratuitas, estão abertas desta segunda (7) até sexta-feira. Os interessados devem enviar ficha de inscrição preenchida e link do currículo lattes para o e-mail formacaoprofessoresunebead@gmail.com...

Professores de Petrolina vão apresentar projetos de socialização

No período de 02 a 20 de agosto, será realizado na Secretaria Municipal de Educação o II Intercâmbio Interdisciplinar: Dialogando com a Prática. Participam da ação, professores das áreas de educação infantil da Rede Municipal de Ensino. Durante o encontro, os professores estarão desenvolvendo projetos que visam promover a socialização no contexto educativo. As atividades serão realizadas nas salas de aula através da seleção e apresentação. As atividades deverão ser multiplicadas posteriormente para outros professores que não estarão no curso.

Professores de outras áreas como ensino fundamental, Educação de Jovens e adultos – EJA também podem participar. Cada professor pode inscrever até dois projetos desde que cumpra as exigências do regulamento. Precisa apenas preencher um formulário de inscrição para cada projeto. O período de inscrição é de 02 a 20 de agosto na própria Secretaria Municipal de Educação – SMEP (setores de ensino e educação infantil). De acordo com Maria Aparecida Freire, uma das coordenadoras do projeto, cada trabalho pode ser inscrito em uma das seguintes modalidades: educação infantil, ensino fundamental (anos iniciais e finais) e EJA vivenciados em 2009(que não tenha sido inscrito no primeiro intercâmbio) e no primeiro semestre de 2010. “O trabalho poderá ter vários co-autores, porém apenas um fará a apresentação”, ressaltou.

Na primeira fase, no período de 13 a 17 de setembro, das oito às treze horas, na SMEP, os professores irão apresentar os trabalhos para uma banca examinadora que irá selecionar os melhores projetos. Na segunda fase, os dez melhores projetos farão uma apresentação pública com a entrega dos prêmios que acontecerá num a solenidade no dia oito de outubro de 2010, ás oito horas da manhã no auditório do SEST/SENAT. ..

Procurador do Município, Max Ribeiro envia nota de esclarecimento sobre a Greve dos Professores em Uauá

Primeiramente, há que se registrar que no dia 27 de maio (quinta-feira) a APLB local, sem qualquer tentativa preliminar de negociação, simplesmente comunicou que iria paralisar os serviços no dia 31 (segunda-feira), elencando quatro reivindicações (que, repise-se, jamais tinham sido postuladas formalmente), quais sejam: a) rateio de 60% do ajuste do FUNDEB de 2009, creditado em abril deste ano; b) instituição do novo plano de carreira do magistério; c) reajuste dos salários dos graduados; e d) cumprimento do acordo sobre o terço de férias, feito em 2006.

Somente no dia da paralisação, pela tarde (e já depois de toda a movimentação ocorrida nas ruas da cidade), é que a APLB veio solicitar uma reunião com o Prefeito Municipal, sendo que este imediatamente a marcou para as 17h, ou seja, a reunião acabou acontecendo no mesmo dia 31/05, E NÃO NO DIA 1º/06, como divulgado por toda imprensa.

Nessa reunião, da qual participaram o Prefeito, a Secretária de Educação, os Secretários de Administração e de Planejamento e Finanças, este Advogado do Município, dois representantes da APLB acompanhados de dois advogados, e um vereador, ficou acordado que tanto a Prefeitura quanto a APLB iriam consultar o TCM e o MEC para saber da obrigatoriedade ou não de se ratear o “Ajuste FUNDEB 2009” imediatamente. O MEC (através do FNDE) já foi consultado pela Prefeitura e até já nos respondeu, assegurando que esse ajuste deve ser contabilizado como receita do exercício financeiro vigente (e não de 2009), o que não obriga a Administração a ratear 60% desse valor extra agora, pois esse índice deve ser alcançado anualmente, o que só poderá ser apurado em dezembro deste ano. Precisando chegar no índice de 60%, aí sim a Prefeitura ratearia entre os professores os recursos do FUNDEB não utilizados, sob a forma de abono, no final do ano...

TOPA MOVIMENTA A CIDADE DE CURAÇÁ EFETIVANDO A FORMAÇÃO DE PROFESSORES‏

Curaçá vive a agitação comum em dias de grandes realizações. Encontram-se na cidade, cerca de 170 professores, das diversas localidades do município, que receberão formação para atuar como professores alfabetizadores,  em classes de alfabetização de adultos do Programa TOPA- Todos pela Alfabetização. 

A capacitação sob a responsabilidade da UNEB- Universidade da Bahia, Departamento de Ciências Humanas/Juazeiro, será feita em dois momentos. No primeiro período até 04 de junho serão capacitados os professores alfabetizadores, vinculados ao Convênio com a Prefeitura e com a APLB- Sindicato; no segundo momento, de 09 a 13 de junho serão capacitados os alfabetizadores vinculados a convênios com outras entidades. 
 
O investimento na alfabetização de jovens e adultos sela o compromisso do Governo Municipal, em parceria com os Governos Federal e Estadual, nesta luta que, além de reduzir os elevados índices de analfabetismo, promove a inserção dos envolvidos em novos mercados de trabalho e geração de renda.
..

PROFESSORES SEM DIPLOMA AUMENTAM NO BRASIL

O número de “professores leigos” no Brasil – que só concluíram o ensino fundamental ou o ensino médio regular – aumentou em todas as etapas da educação básica. Dados do Censo Escolar 2009 mostram que 152.454 profissionais dão aulas sem a formação adequada para alunos matriculados em creches, pré-escolas, ensino fundamental e até ensino médio nas cinco regiões do País. Eles representam apenas 7,7% dos docentes que atuam hoje nas escolas brasileiras. O total é de 1.977.978. Mas, para os especialistas, as estatísticas são chocantes, porque, após a chamada “Década da Educação” iniciada com a promulgação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação em 1996, a quantidade de profissionais sem qualificação necessária para dar aulas não diminuiu e, sim, cresceu. Em 2007, eles eram 6,3% do total de professores da educação básica. O primeiro censo realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para traçar o perfil desses docentes, divulgado no ano passado, mas feito com dados de 2007, revelou que 15.982 dos profissionais sem formação ideal tinham apenas o diploma do ensino fundamental. Em 2009, a mesma categoria de docentes caiu para 12.480. ..

Professores do Departamento de Ciências Humanas mantém atividades amanhã

Professores do Departamento de Ciências Humanas (DCH) decidiram em reunião, ontem, não suspender, de forma integral, as atividades letivas, como indicativo proposto pela Associação dos Docentes Universitários do Estado da Bahia (Aduneb). Os professores irão manter as aulas no período das 14h às 16h; e das 18h30 até 20h30. Após esse horário, haverá uma reunião ampliada com todos os professores e os alunos de Pedagogia e Comunicação Social, nos turnos respectivos, para apresentar a pauta de reinvidicação da categoria, relacionada à campanha salarial, progressão e promoção na carreira docente, orçamento para universidade; a discussão sobre a representação sindical no Campus III, e outras demandas que possam surgir. Os professores convidam técnicos e estudantes para participar da reunião a fim de discutir os interesses de toda a universidade e os futuros indicativos que possam ocorrer da reunião da ADUNEB e da Secretária de Educação. ..