RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 56 registros para a palavra: indigenas

Ciclo de diálogos aborda em 3º encontro estudos e a formação de indígenas, quilombolas e povos tradicionais no semiárido

O 'Ciclo de Diálogos Formativos: Educação, História e Direitos dos Povos Indígenas e Quilombolas do Semiárido Pernambucano' vai realizar na próxima quarta-feira (13) o terceiro encontro.

O tema da mesa-redonda desta edição é 'Opará e PPGECOH-UNEB/Laboratório de Etnologia: estudos e formação sobre indígenas, quilombolas, comunidades de religiões afro-brasileiras e demais comunidades tradicionais no Semiárido'...

Ciclo de Diálogos: Educação, História e Direitos dos Povos Indígenas e Quilombolas do Semiárido acontece na quarta (13)

Encontram-se abertas as inscrições para o terceiro encontro do 'Ciclo de Diálogos Formativos: Educação, História e Direitos dos Povos Indígenas e Quilombolas do Semiárido Pernambucano'.

O objetivo é promover conhecimentos nas áreas de Educação, História e Direito sobre os povos Indígenas e Quilombolas habitantes do semiárido pernambucano e contribuir com reflexões e consequente ressignificação sobre os povos originários, como também possibilitar a efetivação da Lei 11.645/08...

Indígenas do norte da Bahia realizam protestos contra o projeto do Marco Temporal que propõe novas regras para demarcação de terras

Indígenas protestaram e realizam atos para chamar a atenção contra o "marco temporal", que define novas regras para demarcação de terras. Os Tumbalalá ocupam uma área ao norte do estado da Bahia, entre os municípios de Curaçá e Abaré, na divisa com Pernambuco e às margens do rio São Francisco.

Os tumbalalá, através de suas principais lideranças, participam hoje dos fóruns de discussões sobre as políticas indigenistas e estão em contato com líderes indígenas de diversas partes do país. O cacique Miguel disse que os povos indígenas tem sido vítimas dos governos nos últimos anos. "Somos sobreviventes e vamos resistir. Na margem do Rio São Francisco somos mais de 10 mil indígenas e continuaremos na luta para continuar existindo"...

Relator vota contra marco temporal para demarcação de terra indígena

O ministro do  Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin votou hoje (9) contra a tese do marco temporal para demarcações de terras indígenas. Para o ministro, que é relator do caso, a proteção constitucional das áreas indígenas independe do marco ou disputa judicial na data da promulgação da Constituição. Após o voto, a sessão foi suspensa para intervalo e será retomada em seguida.

Há duas semanas, o STF julga o processo sobre a disputa pela posse da Terra Indígena Ibirama, em Santa Catarina. A área é habitada pelos povos Xokleng, Kaingang e Guarani, e a posse de parte é questionada pela procuradoria do estado...

Indígenas venezuelanos pedem ajuda nas ruas de Juazeiro e Petrolina

Indígenas venezuelanos têm chamado a atenção da população de Juazeiro e Petrolina. Trata-se de indios nos semáforos das ruas e avenidas centrais do municipios pedindo ajuda.  Sem abrigos e acolhimentos indígenas da etnia Warao que migraram da Venezuela enfrentam uma série de dificuldades e invadem praças e semáforos das avenidas de Juazeiro e Petrolina em busca de ajuda financeira.

Nesta segunda-feira (06), a reportagem da REDEGN conversou e fotografou, Inácio, da etnia Warao, que estava com um cartaz pedindo ajuda. De acordo com ele, a condição de vida é difícil, com três filhos para alimentar...

Indígenas pataxós fecham trechos da BR-367, em Porto Seguro, sul da Bahia, na manhã desta quarta-feira (1)

Indígenas pataxós fecharam três trechos da BR-367, em Porto Seguro, sul da Bahia, na manhã desta quarta-feira (1). O ato é um protesto contra a derrubada de imóveis de indígenas no local e também reivindica que o STF não considere o "marco temporal” como critério para demarcação de terras indígenas.

O julgamento dessa matéria será retomado nesta quarta...

Indígenas ateiam fogo em 'caixões' na Esplanada dos Ministérios em protesto contra marco temporal para demarcação de terras

Indígenas de diversas regiões do país voltaram a protestar na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, nesta sexta-feira (27), contra o chamado "marco temporal" para a demarcação de terras. O tema chegou a entrar na pauta de julgamentos do Supremo Tribunal Federal (STF), na quinta-feira, mas foi adiado para o dia 1º de setembro (entenda mais abaixo).

Por volta das 11h30, os manifestantes atearam fogo em um "caixão" feito de papelão, em frente ao Palácio do Planalto, na Praça dos Três Poderes. A representação do caixão tinha dizeres como "marco temporal, não", "fora garimpo", "fora grileiros" e "condenação ao genocida"...

Ciclo de Diálogos Formativos: Educação, História e Direitos dos Povos Indígenas, Quilombolas do Semiárido de Pernambuco acontece nesta quinta (12)

Acontede nesta quinta-feira (12), o Ciclo de Diálogos Formativos: Educação, História e Direitos dos Povos Indígenas, Quilombolas do Semiárido de Pernambuco. O evento acontece a partir das 19hs em transmissão ao vivo.

A realização é uma parceria do Instituto Cultural Raízes e Instituto Federal Sertão de Pernambuco..

Petrolina segue com aplicando segunda dose e vacinando gestantes, puérperas, comórbidos e indígenas

Nesta semana, além da aplicação da segunda dose da Astrazeneca e da Coronavac, a cidade de Petrolina-PE está vacinando contra a covid-19, com a primeira dose da Pfizer, as gestantes, puérperas, comórbidos e indígenas. Não será necessário o agendamento na plataforma. 

A Secretaria de Saúde está com três polos abertos das 8h às 17h, sem intervalo para almoço. As gestantes, puérperas, comórbidos e indígenas devem procurar o polo do SESC, no Centro. Já para a população em geral que vai tomar a segunda dose, a equipe está atendendo no SESI, na Vila Mocó. Para os profissionais de saúde, a segunda dose está sendo disponibilizada na Univasf...

Primeira dose para gestantes, puérperas, comorbidos e indígenas segue durante fim de semana em Petrolina

A Secretaria de Saúde segue com a vacinação contra a covid-19 em Petrolina durante o fim de semana, e vai imunizar, com a primeira dose, pessoas com comorbidades, indígenas, gestantes e puérperas. A secretaria destinou um polo exclusivo - o SESC, no Centro da cidade - para atender estes públicos. Não é obrigatório realizar o agendamento, e a vacinação ocorre das 8h às 17h.

Para receber a vacina é preciso estar munido de documento oficial com foto, CPF ou cartão SUS, comprovante de residência. No caso das gestantes e puérperas, deve ser apresentada a caderneta da gestante. As pessoas com comorbidades precisam levar o laudo médico descrevendo a doença. No caso dos indígenas, o documento apresentado deve ser o registro da FUNAI ou declaração. ..

Preservação da cultura e desenvolvimento socioeconômico de aldeias indígenas marcam Dia do Índio na Bahia

Na Bahia, famílias indígenas de diversas etnias, distribuídas no estado, têm motivos a mais para comemorar o Dia do Índio. Essas famílias, organizadas em associações selecionadas a partir de editais de chamada pública do Governo do Estado, passaram a contar com uma série de investimentos nos últimos anos.

Esses recursos específicos foram destinados a ações como as de infraestrutura para produção, aquisição de insumos, apoio à gestão de empreendimentos e assistência técnica e extensão rural (Ater), dentre outras...

#AbrilIndígena: MPF promove webinário para debater riscos da mineração em terras indígenas

Em homenagem ao Dia do Índio e contra os retrocessos na política indigenista brasileira, o Ministério Público Federal (MPF) promove na próxima segunda-feira, 19 de abril, às 10h, o webinário Riscos da Mineração em Terras Indígenas.

O evento virtual reunirá procuradores da República, lideranças indígenas e especialistas para debater o Projeto de Lei 191/2020, que pretende regulamentar a exploração da atividade econômica em terras indígenas. O webinário será transmitido ao vivo pelo Canal do MPF no Youtube...

Projeto "Encontros Digitais de Diálogo com os Indígenas" acontece de 01 a 10 de abril

Acontece de 01 a 10 de abril o evento "Encontros Digitais de Diálogo com os Indígenas", a atividade faz parte do projeto "Sabedorias Indígenas em Ação", iniciativa que visa contribuir com a salvaguarda dos patrimônios culturais imateriais indígenas e também difundir e valorizar  a diversidade em diálogo como caminho para coesão social e a paz.

O evento tem apoio do Projeto de Extensão Oficina de Comunicação Comunitária da Estácio Bahia, coordenado pela professora Antoniella Devanier e será realizado na plataforma Zoom de 1° a 10 de abril. Os horários serão definidos com cada grupo de inscritos...

Rio São Francisco: Falta de informação sobre construção de Usina Nuclear preocupa a população das comunidades tradicionais, quilombolas e indígenas

O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT) solicitou ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, informações sobre o projeto de construção de uma Central Nuclear, com seis reatores, no município sertanejo de Itacuruba, localizado a 470 quilômetros do Recife.

Desde 2007 que o assunto foi posto em discussão, mas existe uma grande dificuldade em obter informações do Governo Federal, que mantém o estudo sob sigilo. No final de 2019, o pedetista chegou a pedir a realização de uma reunião pública, mas em razão da pandemia da Covid19 no ano seguinte, o encontro não pôde acontecer. ..

Mais 462 unidades habitacionais serão construídas em comunidades indígenas, quilombolas e assentamento rural 

Um evento virtual, realizado nesta terça-feira (22), com transmissão ao vivo pelo canal SDRBahia no Youtube, marcou simbolicamente a assinatura de Termo de Parceria e Cooperação (TCP) entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e a Caixa Econômica Federal, para a construção de 462 unidades habitacionais em comunidades indígenas, quilombolas e de assentamento rural. 

A ação integra o Projeto Viver no Campo, executado pela CAR, em parceria com a Caixa Econômica Federal, Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Secretaria de Planejamento (Seplan)...

IF Sertão-PE abre inscrições para seleção de professor formador do Programa Ação Saberes Indígenas na Escola

Estão abertas as inscrições para a seleção de professor formador para o Programa Ação Saberes Indígenas na Escola do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE).

As inscrições seguem até o dia 30 de novembro por formulário eletrônico disponível em https://forms.gle/ATTYM6UKu3c77v547. A bolsa é de R$ 1.100 e os interessados devem ter experiência comprovada, formação em áreas correlatas aos eixos do Programa e capacidade de elaborar materiais didáticos para uso nas escolas indígenas. ..

Brasil tem 2.177 candidaturas indígenas concorrendo às Eleições 2020

O Brasil tem 2.177 candidaturas indígenas concorrendo às Eleições 2020 – 0,4% do total, segundo levantamento do Elas no Congresso. Este número é relativamente proporcional à população indígena brasileira, que representa 0,4% (900 mil) da população total (209 milhões de pessoas).

Em 2020, a maioria das candidaturas de mulheres indígenas é ao cargo de vereadora nas câmaras municipais (683), o que significa que a cada 250 candidatas à vereança, uma é mulher indígena. Parece pouco, mas nas prefeituras a disparidade é ainda maior: 1 a cada 417 candidaturas de mulheres às prefeituras do país é de uma indígena. Ou seja, são só 6 candidatas à prefeitura em todo o Brasil. Em 2016, 28 vereadoras indígenas assumiram o posto em todo o país e apenas uma prefeita. ..

Técnico do Bahia, Roger Machado publicará 50 livros de negros e indígenas

O treinador do Bahia, Roger Machado, é o mecenas de um projeto que irá publicar 50 livros de autores negros e indígenas nos próximos cinco anos, e ainda tem como meta à longo prazo tornar-se uma editora.

Já em 2020 serão lançados 10 livros da coleção Diálogo da Diáspora, financiada pelo Projeto Canela Preta, do técnico, que serão vendidos a um preço acessível para a parcela mais carente da população brasileira, formada por negros em sua maioria...

Documentário produzido por indígenas será exibido neste sábado na TVE

Neste sábado (25) a TVE exibe o documentário "Bimi, Shu Ikaya", às 20h. A obra produzida por cineastas da etnia indígena Huni Kuin, também conhecidos como Kaxinawá, retrata o universo de Bimi, a primeira mulher indígena de seu povo a organizar sua própria aldeia, uma atividade até então exclusiva dos homens.

Os Kaxinawá habitam a fronteira brasileira-peruana na floresta amazônica, próximos ao estado do Acre, e tem os cantos xamânicos como sua expressão cultural e identitária...

OMS: indígenas estão particularmente em risco por causa da covid-19

 As comunidades indígenas, que somam meio milhão de pessoas em todo o mundo, estão particularmente vulneráveis à pandemia do novo coronavírus devido às condições de vida precárias, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que em 6 de julho havia mais de 70 mil casos contabilizados de covid-19 entre povos indígenas nas Américas, com mais de 2 mil mortes...