RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 636 registros para a palavra: homicidio

JUAZEIRO GANHA DELEGACIA DO DEPARTAMENTO DE HOMICÍDIOS E PROTEÇÃO À PESSOA

Para reduzir o número de homicídios e aumentar a elucidação de crimes no estado, o governo da Bahia, por meio da Secretaria da Segurança Pública (SSP), inaugurou esta semana, em Salvador, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil. A criação do departamento faz parte do programa Pacto pela Vida, desenvolvido pelo governo baiano.

A estrutura vai permitir a criação de 11 delegacias especializadas, sendo que seis vão funcionar no departamento, localizado no bairro da Pituba. As outras cinco serão implantadas no interior até o fim do ano, responsáveis por cinco grandes regiões da Bahia: Norte, em Juazeiro, Sul, em Itabuna, Leste, em Feira de Santana, Oeste, em Barreiras, e Sudoeste, em Vitória da Conquista...

SALVADOR está em 4º LUGAR EM HOMICíDIOS NO PAíS

Salvador é a 4ª colocada no ranking nacional de homicídios. Chegou a esse status após a década entre 1998 e 2008, período em que foi a capital brasileira onde a violência mais cresceu.  Segundo o levantamento Mapa da Violência 2011, divulgado nesta quinta-feira (24) pelo Instituto Sangari, o número de homicídios na capital saltou de 351 para 1.771 em dez anos - o crescimento foi de 404,6%, maior entre todas as capitais. Em 1998, Salvador era a 25ª colocada. No primeiro ano da pesquisa, a proporção de assassinatos por grupo de 100 mil habitantes era 15,4. Em 2008, foi de 60,1 - maior do país. Salvador está atrás apenas de Maceió, Recife e Vitória.

..

HOMICÍDIOS CRESCERAM EM 2010 NA BAHIA

De acordo com dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública (SSP), 4.859 pessoas foram assassinadas na Bahia em 2010. O dado é 0,6% superior ao registrado em 2009, quando houve 4.825 homicídios dolosos. Já os dados de apreensão de armas de fogo ilegais na Bahia mostram uma diminuição, no ano passado. Foram apreendidas, em 2009, 5.182 armas e, no ano passado, 3.749, ou seja, 27,7% a menos. Informações do A Tarde.

..

DOIS HOMICÍDIOS EM PETROLINA NO PRIMEIRO DIA DE 2011

Petrolina começou 2011 registrando dois homicídios. O primeiro aconteceu na madrugada de sábado (01), na rua Pau Ferro, bairro Gercino Coelho. Por motivos desconhecidos, Gerônimo Manoel Felisberto da Silva, 43 anos, se desentendeu com Cleber dos Santos Gomes, 18 anos, e o primeiro de posse de uma faca tipo peixeira desferiu vários golpes contra Cleber que faleceu no local.

O acusado foi detido por populares que o espancaram até a chegada da guarnição. Em seguida Gerônimo foi conduzido ao Hospital de Traumas, onde foi medicado e posteriormente entregue na 1ª Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante delito. ..

ÍNDICE DE HOMICíDIOS AUMENTOU NA BAHIA

Como é menos violento mais pessoas estão morrendo? Em balanço, o secretário de Segurança Pública, César Nunes, comemora a redução dos índices de violência na capital e interior. Mas o principal indicador de violência, o número de homicídios dolosos, cresceu em comparação com o mesmo período do ano passado. De janeiro a novembro de 2009, foram registrados 4.340 homicídios em todo o estado. Já em 2010, no mesmo período, ocorreram 4.420 homicídios. Nunes realizou uma coletiva na sexta-feira (10) para apresentar os dados de 2010. O gestor admitiu que, apesar de ter contratado 9.519 novos servidores, é grande a necessidade de aumentar o efetivo de policiais. “Temos seis delegacias criadas no papel que não foram instaladas ainda por falta de efetivo”, explicou. Informações do Correio. ..

SETE MIL HOMICÍDIOS NA BAHIA ESTÃO SEM SOLUÇÃO

A Bahia é o quarto estado do país em número de homicídios que estão há mais de três anos sem solução. Ao todo, são mais de sete mil inquéritos policiais abertos até dezembro de 2007 e até hoje não concluídos. Os dados são de pesquisa do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). É a partir da conclusão do inquérito policial, que deve identificar o autor do crime, que o Ministério Público pode denunciar o caso à Justiça para que haja a punição. Em Salvador, o número de inquéritos sem conclusão supera o de homicídios registrados entre 2007 e 2009. A capital concentra 68% dos homicídios sem solução do Estado, com 4.823 inquéritos. Nas cidades do interior, o Ministério Público (MP-BA) encontrou, até o momento, outras 2.202 investigações sem conclusão, o que totaliza 7.035 no Estado. Informações do A Tarde. ..

Preso cigano autor de quatro homicídios

Está recolhido na cadeia pública de Bom Jesus da Lapa, o líder da comunidade cigana de Ibotirama, Adarlan Silva Brito, conhecido como “Rogê”, que vinha sendo procurado há cerca de um mês por investigadores da 24ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia) e policiais militares do Pelotão Tático Operacional da PM, ambos com sede em Ibotirama. Acusado da autoria de dois duplos homicídios, um na cidade de Cristópolis e outro em Xique-Xique, onde chegou a ser decretada sua prisão preventiva, Adarlan possui uma extensa ficha criminal, incluindo além dos homicídios e de tentativas de homicídio, receptação, porte ilegal de arma, ameaça e maus tratos a animais. A prisão de Adarlan foi decretada pelo juiz Oclei Silva, da Vara Crime de Ibotirama.

Segundo o coordenador da 24ª Coorpin, delegado Antônio Carlos Santana, a prisão do líder cigano é a conclusão de uma operação iniciada há 45 dias, quando foram presos em flagrante a esposa de Adarlan, Maria José Ferreira Moreira, conhecida como “Zeza”, os ciganos Juvanilton Castro Dourado, o “Branquelo”, e Antonio Castro Dourado, pai deste último. Com os dois foram apreendidas duas espingardas calibre 12, ambas modelo 586, e farta munição de diversos calibres.

Na residência do casal cigano “Rogê” e “Zeza”, os policiais encontraram 43 relógios, a maioria Rolex, colares, pingentes, brincos, braceletes e joias diversas. Foram encontrados também grande quantidade de munição, inclusive de uso restrito, carregadores para pistola 9mm, mira telescópica, coldres e dezenas de armas brancas. No imóvel foram apreendidos ainda 331 cheques de bancos diversos, 97 notas promissórias, 26 fragmentos de cheques e 21 talões de cheques. No quintal da casa havia uma arena para briga de galo e vinte baias com animais confinados...

HOMICÍDIO NO BAIRRO SANTA LUZIA EM PETROLINA

Denilson Araujo Alencar, 21 anos, desempregado, residente no bairro Santa Luzia em Petrolina, foi assassinado ontem (24), por volta das 21 e 20hs, com vários disparos de arma de fogo no tórax e na cabeça.

Os policiais quando chegaram à rua 12 do bairro Santa Luzia já encontraram a vítima sem os sinais vitais ao lado da sua motocicleta. Os elementos autores dos disparos fugiram em outra motocicleta de cor e placas não identificadas. O IC esteve no local e removeu o corpo para o IML.  ..

Piloto do barco que afundou será indiciado por homicídio culposo

O piloto do barco que afundou no Lago de Sobradinho, em Pilão Arcado, será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, pelo acidente que levou a óbito onze pessoas, entre crianças e adolescentes, segundo informações da TV São Francisco. Ailton Lopes de Andrade, dono do barco que estava com 18 pessoas a bordo, vai ser inidiciado porque a polícia entende que ele assumiu o risco de transportar crianças e adultos excedendo em seis vezes a carga limite de sua embarcação. Ailton, que era padastro de uma das crianças mortas e tio de outras, admitiu que conduzia irregularmente o barco com a ajuda do irmão, Raimundo Lopes de Andrade. O comandante da capitania, Marcelino Cibelino, informou que o barco de Aílton não tinha registro. ..

HOMICÍDIO EM PETROLINA

Givaldo Vicente de Luna, 41 anos, casado, foi assassinado com dois tiros noite passada na rua 57, bairro João de Deus. Os policiais alegam que após denúncias de populares, o encontraram caído em via pública, ao lado da sua motocicleta sem os sinais vitais. A vítima foi alvejada na altura do peito direito e na cabeça, disparos efetuados por elementos não identificados, que tomaram destino ignorado. No momento do delito a rua se encontrava deserta, por isso o fato não foi presenciado por ninguém. O corpo foi removido pelo IC até o IML. ..

CASO BRUNO:ACUSADO DE HOMICÍDIO PODE SER CONDENADO SEM QUE SE ENCONTRE O CORPO DA VÍTIMA?

Em regra, isto é, normalmente, a comprovação da morte da vítima exige prova direta. Na ocorrência de homicídio, tentado ou consumado, a materialidade (existência do corpo de delito) e a autoria (o conhecimento de quem praticou o delito) são indispensáveis para se atribuir a alguém o crime de homicídio. Se JOÃO é acusado de ter matado MARIA, tem que aparecer o corpo de MARIA e tem que aparecer provas de que JOÃO tenha sido o autor de sua morte.

Em regra é assim. Excepcionalmente, não. Para compreendermos melhor essa situação vamos raciocinar sobre um caso concreto e escolhemos o mais recente, o Caso Eliza Samúdio (do goleiro Bruno, do Flamengo), como exemplo para facilitar a nossa compreensão...

TAXA DE HOMICÍDIOS CRESCE 32% EM 15 ANOS

A taxa de homicídios no país cresceu 32% em 15 anos, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (1) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da publicação Indicadores de Desenvolvimento Sustentável de 2010. Segundo o estudo, a taxa de mortes por homicídio no país aumentou de 19,2 em 1992 para 25,4 em 2007 a cada 100 mil habitantes, alta de 32%. Os dados são do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, segundo o IBGE. As mortes por homicídios atingiram, em média, 10 vezes mais os homens do que as mulheres no período, diz o relatório. Só em 2007, o índice era de 47,7 para eles e de 3,9 para elas, uma proporção, nesse caso, 12 vezes maior. Em 1992, era de 35,6 para os homens e de 3,2 para as mulheres. Segundo a pesquisa, o coeficiente geral de mortes, que cresceu de 1992 a 2003, apresenta uma tendência de queda a partir de 2004. Informações do G1. ..

HOMICÍDIO EM PETROLINA

A polícia de Petrolina continua em busca de um popular conhecido apenas por Valdomiro, morador da rua 07, comunidade Terra Sul, que ontem por voltas das 19 horas desferiu vários golpes de arma branca no tórax e abdômem de Raimundo Manoel dos Santos, 60 anos, pedreiro, que residia à rua 08 n° 39 e que morreu no local.  O autor do homicídio evadiu-se tomandoi destino ignorado. As Viaturas GATI e 26115 fizeram incursões em vários bairros e nos projetos a fim de capturar o homicida, porém, sem sucesso. ..

Souto credita à tolerância de Wagner com o crime aumento de homicídios no interior

“A tolerância do atual governo com o crime, além de transformar Salvador numa das capitais mais violentas do Brasil, com índices superiores ao do Rio de Janeiro e São Paulo, acabou com o sonho de morar com tranqüilidade e segurança no interior da Bahia”, comentou o candidato ao governo do estado pela coligação “A Bahia Merece Mais”, Paulo Souto, sobre o aumento de 18% no número de homicídios, no interior do estado, noticiado pelo jornal A Tarde.

Para Souto, a escalada da violência no interior não é surpresa. “O governo atual tolera, não reage, e a violência hoje está presente em municípios grandes, médios, pequenos e até na zona rural. A criminalidade se espalhou pelo estado e 60% das ocorrências de homicídios já são no interior, de acordo com dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública”, observa Souto.

Para evitar a violência no interior, Paulo Souto lembra que, em seu governo, criou as Companhias Especializadas do Cerrado, da Mata Atlântica, do Semi-Árido, do Paraguaçu, do Sudoeste e da Região Cacaueira. “Essas tropas especiais com contingente de 100 homens cada uma eram devidamente equipadas com armamento e veículos adequados e ganharam grande prestígio junto às comunidades às quais prestavam serviço”. Segundo Souto, o que se sabe é que houve, no atual governo, um desaparelhamento dessas companhias, com diminuição de efetivo e sucateamento de equipamentos e veículos, numa demonstração de total insensibilidade com a falta de segurança em que vive atualmente toda a Bahia...

HOMICÍDIOS CRESCEM 18,4% NO INTERIOR DA BAHIA

Os assassinatos de produtores rurais cometidos nas duas últimas semanas, nos municípios de Barreiras e Vitória da Conquista (a 857 km e 509 km da capital, respectivamente), ilustram o avanço da violência no interior do Estado – que fica mais evidente conforme as estatísticas da própria Secretaria da Segurança Pública (SSP). Os dados disponibilizados no site da pasta mostram que foram registrados 1.207 homicídios dolosos (quando há intenção de matar) no interior da Bahia, entre janeiro e maio deste ano. No mesmo período de 2009, a SSP contabilizou 1.019 casos nas cidades do interior (um aumento de 18,4%). Os números não incluem municípios que integram a Região Metropolitana de Salvador. As deficiências no policiamento são apontadas como as principais causas do crescimento da criminalidade. “Tem cidade de 50 mil habitantes que só conta com um policial militar”, disparou Marco Prisco, presidente da  Associação dos Praças da Polícia Militar. ..

BA: com 156 mortes em 2010, Feira supera recorde de homicídios

Nos primeiros nove dias de maio foram registrados 22 homicídios na cidade de Feira de Santana (a segunda maior do Estado da Bahia). No ano passado, ocorreram 366 mortes, o maior número já registrado na história da cidade. Neste ano, 156 pessoas foram assassinadas em 129 dias, superando a média de uma morte por dia do ano passado.

No último fim de semana, 12 pessoas foram assassinadas. Apenas um caso teve características de crime passional. Nos outros 11, as vítimas foram executadas.

"O número de policiais civis é praticamente o mesmo de 20 anos atrás", disse o delegado Matheus Souza, titular da 1ª Delegacia. Ele afirma que, independentemente das dificuldades, as equipes de investigação se desdobram para identificar os autores dos crimes. "Neste momento, todas as equipes de todas as delegacias estão nas ruas", afirmou...