RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 36 registros para a palavra: empreendimentos

Mais de 70 empreendimentos da agricultura familiar estão cadastrados na Vila da Economia Solidária

Clique aqui ? para saber quais são os empreendimentos solidários selecionados para expor na 3ª Edição da Vila da Economia Solidária.

Artesanatos, polpas e sucos de frutas, geleias e doces orgânicos de frutas nativas da Caatinga, além de produtos derivados do peixes, mel, mandioca, cacau e do licuri serão expostos na 3ª edição da Vila da Economia Solidária, que vai acontecer durante o SemiáridoShow 2015. Nesta edição, 76 empreendimentos da agricultura familiar com base na economia solidária, vindo de vários estados do Nordeste vão proporcionar aos visitantes da Feira uma variedade de produtos e alimentos, disponíveis também para a comercialização...

Cesol em Monte Santo beneficia empreendimentos da economia solidária em 23 municípios

Geleias e compotas de umbu, maracujá do mato e acerola, doce de leite, polpa de frutas e artefatos para cozinha feitos de barro. Expostos e comercializados no Centro Público de Economia Solidária (Cesol), em Monte Santo, no nordeste baiano, esses itens são uma pequena amostra da produção dos empreendimentos solidários que serão apoiados pelo equipamento, inaugurado no sábado (5), pelo Governo do Estado, Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no municípío. 

O novo equipamento, onde foram investidos R$ 3,2 milhões, atenderá empreendimentos de 23 municípios dos Territórios de Identidade Piemonte Norte do Itapicuru e Piemonte da Diamantina, além de Cansanção, Itiúba e o próprio Monte Santo. A unidade ficará sob a responsabilidade operacional da Associação Regional dos Grupos Solidários de Geração de Renda (Aresol), organização social selecionada por meio do Edital 03/2013. Ao longo de dois anos serão beneficiados 128 empreendimentos solidários.

Presente na inauguração, o secretário do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, que representou o governador Rui Costa nas atividades em Monte Santo, destacou a prioridade do Governo do Estado ao segmento da economia solidária. “Este equipamento é um dos 10 novos Cesol’s que serão entregues até o final do ano, espalhados em por toda Bahia”. Estão previstas também a implantação de outros Centros Serrinha (nordeste), Teixeira de Freitas (extremo sul), Irecê (centro norte), Barreiras (oeste), Paulo Afonso (Vale do São Francisco), Gandu (sul), Vitória da Conquista (sudoeste) e Praia do Forte (RMS). 

O Cesol de Monte Santo tem um espaço para comercialização dos produtos, e a função de articular oportunidades na geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na Economia Solidária. Na estrutura de atendimento, tem uma equipe de profissionais com as especialidades mais diversas para acompanhar os empreendimentos oferecendo, diretamente ou por meio da articulação com outros parceiros, os alicerces teórico e prático que permitam o fortalecimento dos grupos da Economia Solidária. Participaram ainda da solenidade de inauguração o prefeito de Monte Santo, Jorge José de Andrade, o superintendente de Economia Solidária da Setre, Milton Barbosa, e outras autoridades. O secretário Álvaro Gomes aproveitou a ocasião para visitar a Escola Agrícola do Sertão, na zona rural de Monte Santo, que atende 400 jovens de 28 municípios da região.

Nova sinalização de trânsito 

O município de Monte Santo e o distrito de Pedra Vermelha também passaram a contar, no sábado, com um novo sistema de sinalização de trânsito. As obras foram executadas pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) e tiveram investimento R$ 366 mil, com a instalação de 766 placas de regulamentação, de advertência e educativas, além de dispositivos de controle de tráfego. “A orientação do Governo do Estado é sinalizar todos os municípios baianos, para racionalizar o trânsito, controlar o fluxo de veículos e a velocidade nas vias, com o objetivo de preservar vidas", disse o diretor-geral do Detran, Maurício Bacelar. O agricultor José Andrade Silva, 51 anos, comemorou a sinalização .“Nos deslocamos de moto para transportar as nossas mercadorias, e muita gente não sabia como chegar às cidades vizinhas, porque não existiam placas indicando o caminho. Era tudo muito confuso. Com a nova sinalização, não desperdiçamos gasolina nem perdemos tempo”. Para o prefeito José de Andrade, com a ação, "mais de 55 mil habitantes do do município terão um trânsito seguro e organizado". ..

Empreendimentos buscam regularização do alvará sonoro junto à AMMA

Do início do ano até agora, a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) emitiu doze alvarás sonoros para empreendimentos que utilizam som mecânico ou apresentações musicais como forma de atrair clientes. Além destas, outras liberações estão em análise pelo setor de Licenciamento do órgão ambiental. "A obtenção do alvará sonoro é importante tanto para o empreendimento, que estará funcionando de acordo com os padrões estabelecidos na lei 2556/13; quanto para a vizinhança que não estará sofrendo com a poluição sonora", pontua a gestora da AMMA, Denise Lima.

O alvará sonoro deve ficar em evidência e ser apresentado durante fiscalização. O descumprimento de qualquer termo descrito no documento implica na imediata suspensão do alvará. "Reforçamos que a ideia não é proibir a música como lazer, a atividade de músicos, o incremento de bares e restaurantes; afinal tudo isso gera emprego e renda para nosso município. Da mesma forma que algumas pessoas desenvolvem atividades noturnas, outras precisam descansar para o dia seguinte e, o som excessivamente alto, pode causar problemas graves de saúde", destaca Denise...

Empreendimentos da Agricultura Familiar poderão vender produtos direto para escolas estaduais

Cerca de 20 empreendimentos de municípios do Território Sertão do São Francisco participaram de uma reunião na tarde desta quinta-feira (16) com representantes da Secretaria de Educação da Bahia para conhecer uma nova forma de fornecer produtos da Agricultura Familiar para escolas da rede estadual. Frutas, polpas, sucos, doces, sequilhos, legumes, hortaliças, derivados do peixe, carnes, entre outros produtos, poderão ser entregues diretamente nas escolas pelos empreendimentos ou agricultores/as individuais credenciados na Secretaria de Educação da Bahia. Para se credenciar é preciso entregar documentação na referida secretaria e após habilitados os empreendimentos ficam aptos a fornecerem os produtos conforme a demanda apresentada pelas escolas à Secretaria de Educação, através da Superintendência de Organização da Rede Escolar e da Coordenação de Alimentação Escolar.

Segundo a coordenadora de Alimentação Escolar no estado, Amanda Andrade, o objetivo é “fortalecer essa comercialização de produtos da agricultura familiar no Território, fazendo um elo com o Programa de Alimentação Escolar”. Na reunião, que aconteceu na sede do Irpaa, em Juazeiro, as/os participantes conheceram o funcionamento do Programa e o procedimento necessário para se credenciar. Integrante da Associação de Apicultores/as de Sento Sé (Aapssé), Jaciara Ladislau, avalia que esta oportunidade “só vem a acrescentar mais uma forma de comercialização dos empreendimentos da Rede Sabor Natural do Sertão e melhorar a renda dos agricultores familiares do Território Sertão do São Francisco”. Jaciara fala ainda da importância de divulgar para outros grupos a importância de fazer o credenciamento...

Audiência discutirá segurança pública no distrito de Poço de Fora

O distrito de Poço de Fora, município de Curaçá, sediará no próximo dia 05, a partir das 9h30 no Colégio João Francisco Félix, uma audiência pública para discutir ações de segurança na região.

Durante o encontro serão entregues as demandas dos moradores as autoridades competentes. Na ocasião contecerá também uma palestra sobre os perigos das drogas que terá como palestrante o Capitão da Polícia Militar José Carlos Santana.  Na ocasião,..

Empreendimentos devem ficar atentos com relação a obtenção de alvará sonoro

Conhecida por sua produção na fruticultura irrigada, Petrolina tem se destacado também no quesito entretenimento. Bares, restaurantes e casas de eventos se multiplicam na cidade com o intuito de oferecer lazer e diversão aos públicos os mais diferenciados possíveis. E a música - da caixa de som até a de grupos musicais - pode fazer a diferença na hora de atrair o cliente. O que os empreendedores precisam ter ciência é que a utilização de som em estabelecimentos deve ser previamente autorizada pela Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA). É o órgão ambiental que fica responsável pela liberação do alvará sonoro. Ir de encontro com essa prerrogativa, é agir contrariamente à lei municipal 1164/02, que dispõe sobre a emissão de sons.

Para obter o alvará sonoro, o empreendedor deve procurar a AMMA e ter em mãos os seguintes documentos: cópia do alvará de funcionamento; cópia da licença ambiental; cópia da licença sanitária, cópia do atestado de regularidade do bombeiro; projeto de acústica e cópia do Termo de Anuência liberado pela Ordem Pública do município. Se durante uma fiscalização for constatado que o ambiente não possui o alvará, o proprietário ou responsável será notificado...

Centro Cultural João Gilberto, em Juazeiro, recebe curso de Gestão de Empreendimentos e Projetos Criativos

O escritório Bahia Criativa - fruto de um convênio firmado entre o Ministério da Cultura e o Governo do Estado da Bahia, e gerido pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA) -, em parceira com da Diretoria de Espaços Culturais da SecultBA, oferece a formação estruturante em “Gestão de Empreendimentos e Projetos Criativos”, o primeiro módulo acontece entre os dias 19 a 21 de março, 01, 02, 29 e 30 de abril. Voltado para produtores, proponentes de projetos culturais, coordenadores executivos e/ou gestores de empreendimentos criativos, o curso é gratuito e acontece no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro.

Em formato avançado, dividido em quatro módulos, o curso terá carga horária de 92 horas. A composição dos módulos também inclui aulas expositivas, oficinas, palestras, painéis, visita guiada e orientação de projetos. O objetivo é promover a capacitação sistemática para que empreendedores e profissionais possam atuar como dirigentes, empresários ou técnicos qualificados...

Fernando Bezerra Coelho articula empreendimentos para Pernambuco

O ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, está em Lisboa onde busca novos investimentos para Pernambuco. Ele teve reunião com o presidente da Galp para o Brasil, Ricardo Peixoto, e com o CEO mundial da empresa, o engenheiro Ferreira de Oliveira. A Galp é uma das mais importantes empresas de energia da Europa e atua na exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural. A Galp está presente em 15 países, distribuídos por 4 continentes. Fernando Bezerra conheceu os diretores da companhia durante o período em que esteve à frente da secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, entre 2007 e 2010. Mesmo não fazendo mais parte da gestão, ele é considerado um interlocutor entre o Estado e a Galp.

Fernando Bezerra discutiu com os executivos da multinacional a possibilidade de utilizar o porto de Suape como ponto de transbordo para o óleo cru produzido na bacia de Santos. O transbordo é a técnica de transferência direta de mercadoria de uma embarcação para outra, posicionadas lado a lado. Atualmente esta operação é feita no Uruguai. Outro interesse da Galp é com o gás natural. Os portugueses mantêm negócios com o continente africano e estão em busca de um terminal que possa servir como apoio para a exportação do produto...

Cesol viabiliza espaço para empreendimentos solidários e agricultura familiar na Feira Livre de Juazeiro

O Centro Público de Economia Solidária, Sertão do São Francisco (Cesol-SSF), em parceria com o Sindicato de Trabalhadores Rurais e a Prefeitura Municipal de Juazeiro, viabilizou um espaço na Feira Livre de Juazeiro, para a comercialização dos produtos dos empreendimentos da economia solidária e agricultura familiar.

A nova feira foi inaugurada no último sábado (27) pelo prefeito Isaac Carvalho, após passar por uma ampla reforma. A coordenadora Virginia Brito e a equipe técnica do Cesol participaram do evento. “Agora os produtos dos empreendimentos solidários e da agricultura familiar terão um espaço para comercialização. Viabilizamos oito bancas e um box, onde os empreendimentos que acompanhamos poderão vender produtos orgânicos, doces e biscoitos caseiros, hortifruti e artesanato da região. Nosso objetivo também é oferecer assistência técnica a todos os feirantes, acredito que vamos realizar um bom trabalho aqui na feira”, ressaltou a coordenadora do Cesol...

Empreendimentos de Juazeiro participam de Feira de Economia Solidária em Salvador

Empreendimentos solidários de Juazeiro acompanhados pelo Centro Público de Economia Solidária, Sertão do São Francisco (Cesol-SSF) participam da VII Feira Estadual de Economia Solidária e Agricultura Familiar, que acontece de 04 a 07 de julho no Jardim dos Namorados, em Salvador. Representantes das Associações da Casa do Artesão, dos Produtores da Agricultura Familiar (APAF), das Artesãs do Vale do São Francisco (AVASF) e dos Garimpeiros do Médio São Francisco (AGAMESF) irão comercializar os seus produtos durantes os quatro dias do evento.

De acordo com a coordenadora do Cesol, Virgínia Brito os quatro empreendimentos solidários, que produzem doces caseiros e artesanato, vão divulgar e comercializar seus produtos. “Além da assistência técnica que oferecemos em diversas áreas, apoiamos a comercialização dos empreendimentos. Esta Feira vai proporcionar oportunidadesde vendas, e de troca de experiências entre os participantes de vários municípios da Bahia”, ressaltou a coordenadora do Cesol. Cerca de 150 grupos de produção coletiva, como cooperativas, associações, grupos informais, culturais e comunidades tradicionais participarão da Feira, com o objetivo em gerar oportunidades e dar visibilidade aos empreendimentos, assim como fortalecer as políticas públicas do setor...

Cesol realiza Oficina de Crédito para empreendimentos em Remanso

Empreendimentos solidários do município de Remanso participaram na última sexta-feira (07), no Centro Comunitário Madri Cabrini, da Oficina de Orientação ao Crédito. A Oficina foi realizada pela a equipe técnica do Centro Público de Economia Solidária Sertão do São Francisco – (Cesol-SSF), em parceria com o CrediBahia  e o Crediamigo. A coordenadora do Cesol, Virgínia Brito iniciou as atividades com uma dinâmica de grupo, e depois fez uma apresentação sobre a atuação do Cesol e também explicou de que maneira o crédito orientado pode fortalecer os empreendimentos individuais e coletivos. “Remanso foi o primeiro município a receber esta Oficina, onde os participantes tiveram oportunidade de tirar as dúvidas sobre os créditos oferecidos para os empreendimentos solidários. Foi muito importante a participação das equipes do CrediBahia e do Crediamigo, são nossos parceiros”, afirmou a coordenadora do Cesol.

Mais de 10 empreendimentos de vários segmentos estavam presentes no evento. Dona Niolene dos Santos, do Grupo Nova Vida agradeceu a vinda do Cesol para Remanso. “O apoio de vocês no nosso município será fundamental, precisamos muito de treinamento para melhorar nossos produtos. Hoje nosso grupo tem 23 mulheres que trabalham na confecção de vários artigos como: tapetes, bonecas de pano, bolsas, peças com material reciclável e muito mais. Dessa maneira melhoramos nossa renda familiar”,  disse Dona Niolene...

Novos empreendimentos do “Minha Casa, Minha Vida” em Petrolina terão creches, escolas e clube do bairro

A Prefeitura de Petrolina determinou que em cada um dos novos empreendimentos do programa “Minha Casa, Minha Vida”, realizado pelo Governo Federal em parceria com o Município, que forem se instalando na cidade, as construtoras responsáveis terão que dar como contrapartida uma escola de seis salas de aula, uma creche e um clube do bairro. Com isso, as próximas famílias beneficiadas com as unidades habitacionais em Petrolina passarão a ter mais benefícios, além das casas construídas com um maior orçamento, R$ 63 mil por habitação, e a redução nos valores pagos por cada prestação, passando de 10% da renda bruta familiar para 5%, devido a mudanças promovidas pela presidência da república.

Até o final do ano, Petrolina começará a construir mais 5 mil casas do programa, e essa iniciativa é pioneiras entre as cidade beneficiadas com o “Minha Casa, Minha Vida”. De acordo com a secretária de Planejamento e Urbanismo de Petrolina, Marlize Mainardes, a medida adotada pela Prefeitura foi vista com bons olhos pelos gestores do Ministério das Cidades. “Essas medidas são importantíssimas, pois pensamos na educação das crianças e no social”, acrescentou a secretária...

CMMA concede licença ambiental a empreendimentos em Juazeiro

Foi realizada nesta quinta-feira (19), na sede do INEMA em Juazeiro, reunião Ordinária do Conselho Municipal de Meio Ambiente (CMMA), para apreciação de licença ambiental dos seguintes empreendimentos: empresa Paisartt Construtora LTDA e empresa Mercantil Rodrigues Comercial LTDA. Presidida pelo secretário de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Juazeiro, Agnaldo Meira, a reunião reuniu representantes do Ministério Público, Sub- Procuradoria do município, IRPAA, SEDUC, INEMA, UNEB, CODEVASF e SESP. A empresa Paisartt requereu junto a SEADRUMA licença ambiental para a construção do empreendimento Comercial – AGROSHOPPING, localizado no entroncamento da BR-407 com a BA-210, distrito Industrial de Juazeiro. Segundo o parecer técnico o empreendimento terá 29 pontos comerciais e de serviços destinados a frutas, produtos veterinários, agrícolas e defensivos.

Os membros do Conselho, após avaliação de todas as condicionantes decidiram aplicar a licença somente para a implantação da empresa, devendo cada um dos empreendimentos a ser instalados, fazer sua regularização ambiental junto ao órgão ambiental competente. Já a respeito da empresa Mercantil Rodrigues que requereu licença para a construção de um empreendimento comercial tipo “varejista atacadista”, localizado na BR 235 – João Paulo em Juazeiro, teve sua licença aprovada mediante condicionantes apresentadas e inclusas pelos membros. Na ocasião foi reafirmado pelos conselheiros presentes que todos os relatórios emitidos pela empresa, deverão possuir o ART (Anotações de Responsabilidade Técnica) dos profissionais...

Reunião discute novos empreendimentos para Juazeiro

O prefeito Isaac Carvalho esteve ontem (25) em seu gabinete no Paço Municipal com a superintendente da Codevasf, Ana Angélica, empresários e secretários municipais para discutir projetos para o desenvolvimento da cidade. Entre os assuntos abordados estiveram a criação da Plataforma Logística do São Francisco e a transformação do Mercado do Produtor em um Centro Agroalimentar. 
 
Em uma apresentação sucinta, o secretário de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Neiva, expôs os benefícios que a plataforma trará para Juazeiro e toda a região do Vale do São Francisco, entre eles a integração de hidrovias, ferrovias e aeroporto. Segundo Neiva, Juazeiro é considerada um pólo de desenvolvimento por ser grande exportadora de frutas, produtora de biocombustivel, além de região produtora de vinhos, entre outros. Ainda de acordo com o secretário, a intenção da administração municipal é levar o projeto ao conhecimento do governo do estado para que posteriormente o mesmo seja colocado em prática. “É necessário pensar a cidade com tudo que está previsto para chegar”, completou.
 
Após uma breve exposição da evolução dos Ceasas pelo mundo e sua geração ao longo da história, foi abordada a reestruturação do Mercado do Produtor e sua transformação num Centro Agroalimentar. Para o prefeito Isaac Carvalho, é preciso criar uma nova concepção para a estrutura. “Não cabe mais reforma no entreposto comercial, é preciso que sejam feitas mudanças significativas, potencializando o centro”, afirmou o prefeito sendo completado pela superintendente da Codevasf, Ana Angélica. “Não é possível discutir desenvolvimento sem pensar em todos esses eixos de crescimento”, ressaltou. Para o empresário Auremilton Costa é importante trazer esses grandes investimentos para Juazeiro. “É interessante realizar essa reorganização e consequentemente atrair cada vez mais produtores para a cidade”, destacou.
 
Com a implantação do Centro Agroalimentar, o Mercado do Produtor de Juazeiro que hoje recebe 150 mil pessoas por mês, será o primeiro do mundo com características de meio de inclusão produtiva e social, produtor de desenvolvimento regional e de novas tecnologias. ..

Convênio entre Sebrae e Fundação Banco do Brasil viabilizou empreendimentos em Caém

Dezenas de famílias que produzem beiju de tapioca nas comunidades Bom Jardim e Monteiro, na zona rural da cidade de Caém, no norte do estado, receberam duas unidades produtivas de derivados da mandioca, inauguradas no último sábado, 19. Os cinco fornos que estão prontos para funcionar obedecem aos padrões de higiene exigidos pela Vigilância Sanitária e vão proporcionar melhores condições de trabalho para quem sobrevive dessa atividade tradicional. 

Os empreendimentos são fruto de um convênio firmado entre o Sebrae e a Fundação Banco do Brasil que disponibilizou mais de 134 mil reais em recursos não reembolsáveis para a construção das unidades. “Faz parte de nossa missão fomentar a geração de emprego e renda, contribuir para a estruturação de cadeias produtivas em comunidades tradicionais da nossa região”, afirmou o gerente regional em Desenvolvimento Sustentável, do Banco do Brasil, Armando Soares. O convênio entre as instituições foi firmando em junho do ano passado, durante o seminário “Sebrae Bahia e Fundação Banco do Brasil: uma parceria de sucesso”, realizando na Costa do Sauípe. ..

Conic investirá R$ 940 milhões este ano. Dois empreendimentos serão em Juazeiro-Bahia

Olá Geraldo,

Trago boas novas aos juazeirenses. Nossa querida cidade de fato contará com um grande shopping. Será um dos maiores do interior do nordestino. Encontrei essas informações no site da Empresa Conic Souza & Filho.

..